Dilma assume perseguição aos aposentados e pensionistas

Antonio Ranauro Soares

A máscara da mentira cai e mostra a verdade para todos. Vejam como D. Dilma é dúbia: o que ela  critica dos outros países é a mesma política que aplica em cima do povo brasileiro.
Segue abaixo a noticia para fazer cair a sua máscara.

Dilma veta aumento real
para aposentados em 2013

Planejamento fala em “gastos excessivos” com servidores

Péssima notícia: os aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que recebem acima de um salário mínimo (hoje, R$ 622) deverão ter reajuste apenas pela inflação, prevista em 4,5%, no ano que vem.

A presidente Dilma Rousseff vetou da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), a prévia do Orçamento para 2013, a proposta que previa a valorização dos benefícios da Previdência -que seria discutida entre o governo e os sindicatos de aposentados e pensionistas.

O presidente da Cobap (Confederação dos Aposentados e Pensionistas do Brasil), Warley Martins, já considera improvável que o reajuste maior seja concedido pelo governo. “Eu acho que está difícil. Na Câmara e no Senado, a gente pode até conseguir incluir no Orçamento, mas a presidente vai acabar vetando de novo”, disse, acrescentando que a última esperança dos aposentados é a inclusão de uma emenda na proposta da LOA (Lei Orçamentária Anual).

Diante da greve generalizada de várias categorias, o governo vê a despesa com a folha de pagamentos dar saltos impressionantes a cada ano. Nos últimos oito anos, o governo aumentou em 133% a despesa com a folha de pagamento dos servidores federais.

Dados do Boletim Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento apontam que as despesas subiram de R$ 64,7 bilhões, em 2003, para R$ 151 bilhões no final do ano passado. No acumulado do ano, os gastos com pagamento de pessoal somam R$ 182,2 bilhões. As despesas incluem salários de servidores militares e civis que estão na ativa, aposentados e pensionistas. Na contramão dos pleitos dos sindicalistas, que reivindicam reestruturação de carreira, o professor da Faculdade de Economia da Fundação Armando Alvares Penteado (Faap), Roberto Macedo, sugere cautela e acende o alerta para o grau de “endividamento” do governo federal.”

(fonte: Agora.uol.com)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “Dilma assume perseguição aos aposentados e pensionistas

  1. a sigla do pt deve ser tirada deste partido pois significa partido dos trabalhadores mas deve ser p p a partidoe dos perseguidores de ex trabalhadores ou e t exterminadores de es trabalhadores so alegao que Fernando enrique e quen prejudicou os aposentados mas fernado enrique e do psdb e não do pt que se diz partido dos trabalhadore que nada fez ou fara pelo mesmos não votem no pt poi seu chefe lula não chama os aposentados de vagabundo mas os mata a mingua tirando o direito de anos de trabalho ou não reconhecendo o mesmo

Deixe um comentário para luiz carlos schmitt Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *