Dilma ataca a Lava Jato, que foi consequência realista do mar de corrupção

Resultado de imagem para dilma em harvard

Dilma, mais uma vez denegrindo o país no exterior

Pedro do Coutto

Em palestra na semana passada na Escola de Administração de Harvard, cidade de Boston, a ex-presidente Dilma Rousseff – reportagem de Isabel Fleck e Marcos Augusto Gonçalves, Folha de São Paulo de domingo, dirigiu ataque à Operação Lava-Jato que, a seu ver constitui peça de uso político. No mesmo dia, o juiz Sérgio Moro realizou sua palestra duas horas depois, mas não se encontraram. Sergio Moro condenou o uso do caixa 2 para campanhas políticas.

A ex-presidente da República não se referiu à existência de uma corrupção que se generalizou e que deu origem à Operação Lava-Jato. Pode-se mesmo dizer que a insatisfação das ruas contra seu governo foi uma decorrência de uma revolta popular causada pela corrupção que envolveu empresas, políticos e executivos de seu governo. A corrupção assim, numa visão realista, foi consequência e não causa da crise que teve uma de suas etapas na saída de Dilma Rousseff do Planalto.

GENERALIZADA – A corrupção, vê-se hoje claramente, generalizou-se, estendendo-se a vários estados da Federação e contribuindo para o desequilíbrio das contas públicas. Como seria de supor, já que corruptos e corruptores se uniram numa tarefa, que, no fundo, não só atingiu valores morais da sociedade brasileira como também fomentou uma espécie de anarquia, tudo isso levou a uma situação de descontrole.

Nada mais negativo a qualquer política de distribuição de renda. Pelo contrário, a corrupção torna-se um processo profundamente ilegal de concentração dessa renda. Administrações públicas foram desacreditadas e a consequência, está evidente, foi um descontrole acentuado nas faixas governamentais. Além da Petrobrás podemos incluir na anarquia o governo do estado do Rio de Janeiro.

IMPEACHMENT – A queda de Dilma Rousseff foi uma das consequências das ações que falsos amigos desenvolveram ao seu redor. Ela, assim, deve culpá-los e não à Operação Lava-Jato. Porque, no fundo da questão, a Operação Lava-Jato, na realidade, iluminou e puniu vários protagonistas dos atos ilegais. Não os construiu. Não adianta negar sua existência, sobretudo porque encontram-se aí expostos aos olhos e à consciência coletiva.

O trabalho agora é o de reconstruir panoramas devastados pela vontade de enriquecer sem limites. Essa reconstrução, claro, vai demorar, sobretudo porque é muito mais fácil destruir do que construir. A divisão do tempo político brasileiro pode ser medida em duas etapas: antes e depois da Operação Lava-Jato. A prova mais concreta do que aconteceu no país encontra-se registrada na esfera da Odebrecht e nas contas bloqueadas por iniciativa do Ministério Público da Suiça.

21 thoughts on “Dilma ataca a Lava Jato, que foi consequência realista do mar de corrupção

  1. Para aquelas pessoas que pensaram em tornar Dilma uma espécie de mártir e heroína nacional, espero que essa notícia seja uma adequada ducha de água fria.
    O PT não é alternativa aos malfeitos atuais, na verdade contribuiu muitíssimo para quase todos eles. Mas isso não impede o partido de se arvorar em palmatória do mundo.

  2. Dilma já era… é apenas o eco de um tempo que permanece por um tempo para que não esqueçamos dos erros cometidos. Esse eco vai sumir no silêncio, esperamos que apenas não esqueçamos os erros.

  3. Certamente é possível construir uma nova política fora desta política abjeta e deletéria desta atual, que comanda o país e povo!

    Impossível será corrigir defeitos graves existentes com esta mesma gentalha e sistema que os preserva e mantém no poder, a menos que sejam extirpados de suas funções de meros ladrões da população e do erário público!

  4. O país realmente está muito doente. Deixamos de ser uma nação. Quando uma figura dessas, que não tem um mínimo de cultura ou sabedoria, continua a falar e tem gente que ouve enxergamos como faltam valores ao país. O Brasil é uma vergonha até na América Latina, países como Chile, Peru, Uruguai são mais equilibrados que a Banânia.

  5. Essa figura é ouvida e aplaudida pelo mundo. Pois reconhecem nela a voz dá resistência democrática. Para arrepiu de seus detratores. Saiu ainda maior dá fraude do impeachment.

    • Bem, o Alex Cardoso deve viver em um planeta diferente do nosso. Quando ainda agora, passado tanto tempo do impeachment vem alguém fazer apologia ao crime e ainda dizer que a criminosa é ouvida e aplaudida ou é muito bem remunerado para andar pelos blogs publicando asneiras deste quilate ou é muito burro. Aliás o Brasil é o país que tem 50% da população entre analfabetos e semi analfabetos.

      • Que foi golpe não resta dúvida, afinal se a lei de responsabilidade fiscal fosse aplicada muitos governadores não estariam no cargo. Mas era o golpe ou morte econômica do país, devido a tanta besteira e corrupção do governo petralha. Não tinha mais como deixar esta Maria Louca no comando do país.

  6. Não basta servir de chacota dentro do Brasil. Ela faz questão de nos envergonhar pelo mundo afora. Será que ela imagina que passará para história como alguém digno de alguma referência, a não ser da imbecilidade dos eleitores que a (re)elegeram ? Como a ignorância campeia solta, ombreando a arrogância desta triste figura. Precisamos de um D. Juan Carlos para pedir-lhe que se cale!

  7. O triste é que ela tem assessores, motoristas, carros, tudo pago pelo povo. E o povo continua a reclamar, reclamar, reclamar, reclamar. Toma-lhe!

  8. O impeachment foi realizado pelo que há de pior do cenário político brasileiro. Inevitavelmente este Poste crescerá, e muito.
    Curiosamente o Sr. Alex possui toda razão, a ex presidente transformou-se na voz da resistência democrática, figurino este, que lhe cadê mais adequadamente que o de presidente.

      • Esta é minha opinião.
        Dentro do seu conceito de Democracia existe a possibilidade de alguém externar uma opinião contrária a sua?
        Sim, prefiro uma boa mortadela que presunto.
        Agradeço a atenção.

  9. Coitada. Digna de compaixão. Tbém pudera: em poucos meses despencou do cume do Everest e se alojou na fossa das Marianas, em vertiginosa queda quase-livre.

  10. Como todos sabem, Dilma não tem noção do ridículo. Além do mais, aprendeu a mentir o tempo todo, e sobre tudo. Pois a mentira faz parte da cartilha lulopetista.

    Então é por isso que esse seu novo “tour” pelos EUA está sendo assim: repleto de mentiras e de colocações ridículas.

    Mas os estadunidenses têm sendo de humor e estão se divertindo bastante com esses shows da “mulher mandioca”. Risadinhas e piadinhas têm sido ouvidas pelos quatro cantos desses auditórios por onde ela passa.

    Até o Lula deve ter se arrependido por ter gerado essa “criatura política”. Pois nem ele consegue que a monstra fique calada!

    Huahuahuahua…

  11. As pessoas podem escrever aquilo que quiserem e sobre quem decidirem, mas há um detalhe que deve ser obedecido:
    Precisam dizer a verdade!

    Não há espaço para sectarismo político barato, enganador, manipulado, pois na razão direta que registra asneiras receberá resposta à altura, justamente pela falta de respeito com o leitor e comentaristas, pelo menos deste blog.

    Dito isso, rotularem a corrupta e desonesta, incompetente e imbecil, Dilma Rousseff, de resistência democrática não é ser jocoso e hilário, porém mal intencionado!

    A presidente que permitiu que a Petrobrás fosse roubada;
    Que comprou uma usina em Pasadena, USA, por valores superfaturados;
    Que manipulou dados econômicos mentindo à população;
    Que não soube conduzir o país porque desastrada e ineficiente;
    Que teve como assessores ministros ladrões, escolhidos exatamente para roubar, dilapidar o patrimônio nacional e explorar o povo;
    Uma pessoa enganadora e mentirosa, que declarou publicamente que lutara pela democracia na ditadura quando, na verdade, transformara-se numa assaltante de bancos, sequestradora, cúmplice de assassinos e sequestradores;
    Eleita com a fama de administradora, porém destruiu a contabilidade do país pois desconhecia se uma dúzia era doze;
    Que deixou o governo como responsável pela maior taxa de desemprego já registrada na história e inadimplência, em decorrência, de mais de sessenta milhões de brasileiros, indiscutivelmente quem ainda encontra meios de elogiar esta pessoa nociva e nefasta, perniciosa e venal, pertence à quadrilha petista, trata-se de um apologista de ladrões e desonestos, e quer impor a sua verdade distorcida à Tribuna da Internet, que combaterei com muita … resistência!

    Decididamente não consigo imaginar alguém que, de sã consciência, veja em Dilma algo positivo, talvez em caráter pessoal, tipo uma boa avó, mãe, amiga … agora, na condição que ostentou de presidente e seus fiascos quando tentava articular qualquer frase publicamente, repudio que se coloque esta senhora em um pedestal de “resistência” democrática, se até a sua eleição foi uma farsa, adulterada, efetivada através de ameaças e de milhões de votos adquiridos pelo Bolsa Família!

    Dilma cuspiu nessa democracia, portanto, rotulá-la como exemplo de “vigor” democrático, estou diante de uma ofensa à minha inteligência e uma agressão imperdoável à verdade, à realidade dos fatos com relação à sua péssima administração, à sua permissividade com criminosos, às suas más escolhas de ministros, e à sua aproximação com o chefe da sua quadrilha petista, o infame Lula!

  12. Pedro do Couto, nós viemos de muito longe e temos visto e convivido com os dramas sociais e políticos pelo que tem passado o Brasil. Primeiro devemos analisar o que disse uma jornalista há pouco tempo no Blog do Naciff: Que os movimentos de 2013 não foram espontâneos. Pois muitos jornalistas assim como ela foram contratados por Caiado e Aécio que pelas redes sociais incitaram o povo contra o governo Dilma. Paralelamente a Câmara presidida por Cunha não deixava passar nada de interesse do governo. E ainda a recheiava com “pautas bomba”. Independente de tudo Dilma ficou prisioneira da turma do PT que passou a apoiar as reclamações do PMDB. Quando acordou já era tarde. O golpe foi dado e Dilma foi vítima duas vezes. Primeiro sendo cercada por “uma cambada de pilantras do PT” e depois pelo golpe dado pelo PMDB com o auxílio do PSDB. Dilma não é santinha, mas sua orígem política não indica que ela seja corrupta. Quando Dilma critica a Lava Jato está claro que se refere aos métodos. Qualquer cidadão de bom senso sabe que Moro tem se excedido. Em nenhum código do mundo primeiro se prende para depois investigar. Se eu disser que você Pedro deixou de pagar o sorvete que toma na Sorveteria Itália em Ipanema, eu não posso mandar prendê-lo seja por qual razão for sem que ao menos você saiba de que é acusado. A Lava Jato é muito importante para o momento que estamos vivendo com o Brasil mergulhado em corrupção. Mas o cidadão tem o amparo da constituição que deve ser respeitada. Depois que for comprovada com provas robustas que o indivíduo é culpado ele será processado. Permanecendo a “presunção de inocencia”. Para não esquecer: pede ao Naciff que te dê o nome da jornalista que fez essa denúncia dizendo que foi contratada, mas que agora está arrependida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *