Dilma chora pela Petrobras?

Ruth De Aquino
Época

Entendo que a presidente Dilma Rousseff chore pelo trauma da tortura e da prisão durante a ditadura militar. Queria ver a presidente chorando também, com sinceridade, pelas revelações da “outra” Comissão Nacional da Verdade. Uma verdade investigada e denunciada pelo Ministério Público e pela Polícia Federal.

Quantas mentiras foram ditas pela senhora, presidente, neste ano eleitoral? Algum dia veremos lágrimas de Dilma pela má gestão petista da Petrobras? Ninguém pede perdão no Brasil, nem os presidentes militares nem os civis.

Será que, no escurinho de seus aposentos no Palácio da Alvorada, Dilma já percebeu que Graça Foster está com os dias contados, porque seu comando na Petrobras se tornou indefensável, por conivência ou desleixo?

Será que Dilma chora às escondidas ao reconhecer, para si mesma, que a Petrobras deixou de ser o orgulho nacional para se tornar a vergonha nacional, processada até no exterior?

Será que Dilma chora pelas perdas de todos os pequenos investidores enganados pela empresa?

ORGULHO DOS BRASÍLEIROS

“Roubaram o orgulho dos brasileiros”, afirma o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre o escândalo. Janot defende a demissão de toda a cúpula da Petrobras pelo “cenário desastroso na gestão da companhia”. Dilma escuta Lula dizer que tem de “botar o dedo na cara” da oposição.

Se Dilma chora pelas 434 vítimas do golpe militar – e nos emociona -, será que chora de tristeza, vergonha e, quem sabe, arrependimento por não ter detido a roubalheira na maior estatal do país, por não ter impedido a compra da Refinaria de Pasadena, por ter deixado rolar os desvios bilionários que sucateiam nossos serviços públicos e punem a população?

A lama já chegou ao Congresso. Logo teremos a lista de políticos no “corredor da cassação”. O deputado fanfarrão André Vargas, recém-cassado, diz ser “apenas um cisco” na Lava Jato. Sabemos que é verdade. Vargas foi um dos anéis defenestrados para o partido manter os dedos. Haverá outros. Em abril, Lula já dizia: “No final quem paga o pato (da amizade de com o doleiro preso Alberto Youssef) é o PT.”

Será que um dia anistiaremos os bandidos?

“CAMPANHA NEGATIVA”

 

É um exercício didático lembrar o que Dilma falou, em abril, em Ipojuca, Pernambuco, numa cerimônia alusiva à viagem do navio Dragão do Mar. Ela criticou a “campanha negativa” de denúncias contra a Petrobras e discursou para os operários.

“Mais que uma empresa”, disse Dilma há oito meses, “a Petrobras é um símbolo da afirmação do nosso país, e um dos maiores patrimônios de cada um dos 200 milhões de brasileiros. Por isso, a Petrobras jamais se confundirá com qualquer malfeito, corrupção ou qualquer ação indevida de quaisquer pessoas, das mais às menos graduadas.”

Ela chora, hoje? Ou só a gente chora?

“Sabemos que (a Petrobras) é a maior empresa e a mais bem-sucedida deste país. Acreditamos na Petrobras, acreditamos na Petrobras mil vezes” afirmou Dilma ao encerrar o discurso em Pernambuco.

MENTIRAS E TRAIÇÕES

Mil e uma vezes, Dilma mentiu ou foi traída. Numa ação coletiva em Nova York, advogados dizem que acionistas da Petrobras foram enganados em “esquema multibilionário de corrupção, suborno e lavagem de dinheiro desde 2006”.

Sete em cada dez brasileiros acham que Dilma tem alguma responsabilidade na corrupção da Petrobras. A pesquisa é do Datafolha, nos dias 2 e 3 de dezembro. A maioria não acredita que Dilma seja inocente.

O ministro Jorge Hage, de 76 anos, pediu na semana passada a demissão da Controladoria-Geral da União (CGU). Saiu dizendo que as estatais no Brasil não são fiscalizadas. Estão “fora do alcance” da CGU, principal órgão federal de combate à corrupção.

Será que Dilma chora quando escuta isso ou se enfurece?

Não é só a Polícia Federal. Não é só o Ministério Público. Não é só a CGU. A penúria da economia real mostra direitinho quem pagará o pato pela incompetência. Não será o PT. Seremos nós. As metas foram mandadas para o inferno, e as contas e os impostos são aumentados com força total.

E OS HOSPITAIS?

Será que Dilma chora pelos “crimes contra a humanidade” nos hospitais públicos de Brasília, ali pertinho dela?

O programa Bom Dia Brasil da última sexta-feira expôs o descaso assassino com doentes, ambulâncias paradas por falta de combustível, hospitais sem equipamentos ou médicos, exames cancelados até o ano que vem, internet e telefone cortados. Funcionários com salários atrasados.

Falta de respeito e consideração com a classe trabalhadora. A gente limpa onde eles pisam, e não pagam a gente”, disse o auxiliar de serviços gerais de um hospital público, José Mário Romano. Famílias processam os hospitais de Brasília pela falta de socorro que provoca mortes.

Será que Dilma chora por esses crimes contra a cidadania? Se chora, ninguém vê.

(artigo enviado por Celso Serra)

13 thoughts on “Dilma chora pela Petrobras?

  1. A verdade, é que o Lula e a Dilma não tinham experiência, curriculum,
    qualificação, gabarito e discernimento para governar um país do tamanho
    continental, cheio de problemas como o Brasil. Se, tanto Lula como a Dilma, antes de ser Presidente, tivessem sido Prefeitos ou governadores, com certeza jamais ganhariam a eleição para Presidente.

  2. Chora-se pelos acontecimentos ocorridos durante o período do golpe militar. Mais de quinhentas pessoas mortas, de um lado e de outro. Mortas por uns e por outros. Quantas pessoas morreram em decorrência de falta de assistência médica, desnutrição, ausência de saneamento básico e segurança pública nos últimos doze anos? Quantas mortes, em decorrência desses fatores poderiam ter sido evitadas se essa brutal e criminosa sangria de dinheiro público não tivesse ocorrido? A fome, a morte lenta e agônica em hospitais imundos, as vidas perdidas por falta de higiene e água potável, as execuções de marginais e policiais nas favelas das grandes cidades, não seriam, a seu modo, formas palatáveis de tortura?

  3. A verdade é que agiram de má fé ao denunciar os esquemas na Petrobras. Foi a baixa política eleitoral, tudo pelo poder, com rolo compressor e taco de beisebol em cima do PT, da Dilma. Claro que o ministério público tem que dar uma resposta a sociedade, mas o PSDB atingiu gravemente a Petrobras para ganhar a eleição. Não ganhou, agora continua atrasando o Brasil. Dá nojo de tanta hipocrisia. Começaram a moralização do Brasil pela Petrobras, enquanto isso , no Rio, policiais militares envolvidos com crimes da pior espécie foram soltos, eles comandavam batalhões e são acusados de receber propina do crime. Foram direto na Petrobras porque a Petrobras paga royalties, desenvolve o país ao financiar investimentos, foi usada com sucesso no controle da inflação, a empresa foi atingida por político que conhecia bem o esquema, inclusive um ex presidente do PSDB está na lista do Paulo Roberto. O Collor, que sofreu impeachment, ficou o tempo necessário fora da política como manda a lei, voltou e continua com as mesmas práticas. Queriam mesmo era apagar as realizações do PT,o período de prosperidade que o PSDB nunca ofereceu aos brasileiros. O PSDB, por pura inveja, atinge a nossa maior empresa. E o Brasil continua o mesmo, só que mais pobre. Como acreditar que depois que a Petrobras sofrer todas as investigações, depois que desmoralizar o máximo a empresa, o Brasil vai deixar de ser corrupto ?

  4. Vamos torcer para que esse choro não seja com lágrimas de crocodilo. Que possa ser por arrependimento de tanto erro cometido na vida como o de aderir a uma ideologia nefasta e que ela sabia disso, pois seu tio na Bulgária sentia na pele seu horror.
    É claro que ela aderiu, na juventude, a essa ideologia para arranjar namorado, já que não reunia dotes suficientes para competir com as colegas no seu meio social.
    Enfim, que Deus e Nossa senhora Aparecida a ilumine para procurar uma vida mais honesta consigo mesma.
    Oremos.

  5. Gosto tanto da tribuna quanto da Ruth da Aquino mas essa coluna é da semana passada. Por que só agora dão destaque ?

    • Foi sugestão de um comentarista. E o artigo realmente merecia republicação.
      Abs.

      CN (também dou o cartão, mas no bom sentido…)

  6. Lula e a Dilma têm culpa, bastante culpa e devem pagar por seus erros.
    Mas minha convicção maior, que se transforma em tristeza profunda é que aqueles que prepararam a Nação brasileira para este estado lamentável em que se encontra, estão de fora, como se não tivessem nada com os atuais problemas. São muito pouco falados como reais preparadores dos crimes que ora detectamos: são eles, na ordem: Sarney, Collor e Fernando Henrique.

    Do primeiro, no mínimo por omissão, vem a Constituição fraudada no artigo 166, privilegiando um serviço da dívida que não foi tema discutido na Constituinte, mas vale rigidamente como Constituição. Em 2015 pagaremos R$ 1,35 TRILHÕES só pelo “serviço da dívida”, valor que não poderá ser sequer discutido no Congresso pois o citado artigo 166 nos veda esta possibilidade.
    Mas até hoje, de 1988 até 2015, o cara está aí na ativa corrupta, inserindo suas próximas gerações de corruptos, mandando e desmandando, corrompendo e votando em segredo democrático…

    Do segundo, palhaço, corrupto e “impichado” (mas senador atual!!!…) vieram as primeiras aberturas para a invasão de empresas estrangeiras e privatizações que ocorreram à margem de qualquer concordância da Nação. Corrupto e falastrão, perpetua-se em algum canto do comando na Nação.
    E dá-lhe serviço da dívida, de quebra!

    Do último, então, fantoche maior de interesses estrangeiros, apátrida, presunçoso e arrogante, herdamos os maiores e definitivos absurdos cometidos contra a Nação brasileira, com suas fajutíssimas privatizações que “beiravam a irresponsabilidade” segundo gravação da época, convenientemente abafada.
    Este pelo menos, oficialmente, está defenestrado definitivamente.
    Arrombou as futuros cofres da Nação, privatizou tudo para acabar com a Dívida e ela… aumentou!
    De R$ 90 bilhões para R$ 900 bilhões! E pagou R$ 2,1 TRILHÕES de serviço da dívida.
    E o imbecil ainda por cima acha que fez certo! E outros, por ele, também acham. Que tristeza…

    Acreditam os colegas que com as quadrilhas circulando fogosas pelos diversos governos citados, a Petrobrás estava “limpa” e só agora é que chegaram os malfeitores para arruiná-la? Ou as empreiteiras só agora se mancomunaram para corromper as licitações?
    Que ingenuidade, se assim pensarem!

    Os corruptos estiveram lá o tempo todo, acobertados pelas estruturas de não fiscalização montadas por estes criminosos acima citados.
    Os corruptos do PT, que vieram agora, só cometeram um erro, a meu ver: não dividiram o butim direito e agora vão levar chumbo grosso.

    Os petistas, estúpidos como só eles, pensaram que como todos roubaram e roubavam, também poderiam fazê-lo impunemente. E desdenharam os seus adversários.
    E se afastarem de quem poderia sustentá-los, se tivessem feito o trabalho correto, o povo.
    Tomaram na cabeça, agora.
    Derrubados pelos adversários e por si mesmos, agoira não têm quem os levante mais.

    Por isto, recordo minha decisão nestas últimas eleições:
    O PSDB fez a m… em que nos encontramos, toda ela, completa, ampla e irrestrita.
    PSDB fede como o FED. Abriu as portas e as pernas da Nação.

    O PT entrou em seu lugar, para limpar a m… deixada pelo PSDB, mas não o fez. Deixou feder. Que fazer?

    Àquela altura, então, minha decisão parecia simples:
    Votar nos que fizeram a m… inicial e mais fariam, se eleitos?
    Ou votar nos que ainda não limparam a m… existente?

    Porque só limpar me pareceu mais fácil e suficiente para recomeçarmos, tentei de novo a Faxineira.
    Pena que, antes até de pegar as pás, as luvas e os panos de limpeza da próxima legislatura, a limpadora infeliz, meteu as mãos pelos pés, e sem luvas andou e dançou, por cima e em cima da m…
    Até que….zzzzipppp!… Escorregou e o cachimbo caiu!

    E estamos todos na m…
    Uns de um jeito, outros de outro.
    Uns porque a fizeram, outros porque não a limparam e nela escorregaram e nós, porque temos que respirar. Enfim, sem exceção honrosa, todos na m…

    Bem dizia um sábio mineirinho, lá “nas roça” dos anos 60, vendo a população crescer como crescia…
    – “O mió negóço do mundo vai sê nóis tê uma fábrica de papegiênico”.
    – Porquê, sô?
    – Porque vai ter m… para todo lado, meu fio!

    Que visão!

  7. O Brasil esta anistiando bandidos todo dia prova cabal disso é os mensaleiros que ja foram soltos.E tem muito bandido rondando livre por ai.

  8. A fantoche “chorona” é a mesma que dizia em campanha sórdida que presidente da república tinha que ser forte e devia engolir o choro.

  9. e quando for a vez

    dos zinvestigador dos zistaduzunidos

    essa mulhé ainda vai chorar?

    é uma artista !!!!!!!!!!!!!!

  10. Ruth de Aquino ( meu bisavô dizia que a família dos Aquinos era uma só que se dispersou com a Proclamação da República indo para as diversas regiõs do país). Falo isso pois temo que sejas minha parente longínqua. Confesso Ruth, nunca ví tanto ódio. Eu particularmente acho que tanto o amor como o ódio deve ter conseqüência. Se eu em vida chegasse a ter tanto ódio de uma pessoa, tranqülamente lhe daria um tiro. Veja, estou falando eu. Você naturalmente deve curtir seu ódio como lhe aprouver.

Deixe uma resposta para Antonio Santos Aquino Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *