Dilma continua caindo e sua queda para 7,7% fez a Bolsa subir

Mariana Haubert
Folha

Mesmo diante da tentativa de recuperar a sua popularidade, a avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff atingiu o menor nível histórico na pesquisa CNT/MDA, marcando 7,7% de aprovação com quem o considera ótimo ou bom e com 70,9% que consideram seu governo ruim ou péssimo, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (21).

Outros 20,5% consideram o governo apenas regular e 0,9% não souberam responder. Em relação a um eventual pedido de impeachment da presidente, 62,8% dos entrevistados se disseram a favor da saída da petista enquanto 32,1% disseram ser contra. Nesta questão, 5,1% das pessoas não souberam ou não quiseram responder.

Na pesquisa anterior, de março, 64,8% dos entrevistados consideram o governo da petista ruim ou péssimo contra 10,8% que o avaliam como ótimo ou bom.

O pior índice registrado pela pesquisa até então havia sido em setembro de 1999, no segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Na época, o governo do tucano foi avaliado positivamente por apenas 8% dos entrevistados, e 65% fizeram avaliação negativa de sua gestão. O levantamento é feito desde julho de 1998.

Para 60,4% dos entrevistados, a crise econômica é a mais grave crise pela qual o país passa no momento. Já a crise política foi considerada mais grave por 36,2% das pessoas questionadas.

IMPEACHMENT

Em relação a um eventual pedido de impeachment da presidente, 62,8% dos entrevistados se disseram a favor da saída da petista, enquanto 32,1% disseram ser contra. Nessa questão, 5,1% não souberam ou não quiseram responder.

Para a maioria dos entrevistados (26,8%), a principal justificativa para um impedimento de Dilma seriam irregularidades nas prestações de contas do governo, as chamadas pedaladas fiscais, sendo seguido por outro motivo, o da corrupção na Petrobras (25%). Outra justificativa para o impeachment seria a comprovação de irregularidades nas contas de campanha presidencial de 2014, motivo considerado por 14,2% dos entrevistados.

A aprovação do desempenho pessoal de Dilma registrou 15,3% de aprovação, contra 79,9% de desaprovação. Nesta pergunta, 4,8% dos entrevistados não soube ou não quis responder. Este também é o menor nível histórico registrado pela pesquisa CNT/MDA para a avaliação pessoal da petista.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 estados nas cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, com 95% de nível de confiança.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
E lá vai a Dilma descendo a ladeira. Estimulada com a queda de Dilma, a Bolsa de Valores, que também estava caindo, se animou e subiu. Afinal, aqui é o Brasil, onde tudo funciona ao contrário. (C.N.)

8 thoughts on “Dilma continua caindo e sua queda para 7,7% fez a Bolsa subir

  1. …afinal de contas, Dilma impeachada, retirada, trombada, uma nova ditadura…quem ou o que estaria apto para assumir o fosso? Deixem nossa democracia capenga seguir e comecemos a usar a arma perfeita em 2016 e 18…

    • E tem gente que acredita. O Brasil está quebrado como a Grécia e a recuperação começa depois de 2020 se os Estados Unidos não crescerem muito e o dolar se manter num patamar relativamente baixo. A inflação vai a 20% no final de 2016 quando os juros estarão na casa dos 25%. Após, com mais um arrocho do Levy e com a economia com crescimento vegetativo, a inflaçao vai começar a cair para chegar aos 8% em 2020. O Temer já avisou que se for eleito presidente em 2018 vai manter o Levy (em 2018 ou na semana que vem).

  2. O povo votou e agora fica com mimimi. Tem que aguentar a Anta até o final pra sentir mesmo e não esquecer e cometer o mesmo erro em 2018. Todo castigo pra eleitor burro é pouco! Como diz na rádio peão ai afora: “e olha que a grossa ainda vai entrar”.

  3. Olhem que trecho interessante do despacho do Dr. Moro sobre o celular do ‘Marcelinho’..
    ” LJ é referência à Operação Lava Jato, segundo a Justiça. “O trecho mais pertubardor é a referência à utilização de ‘dissidentes PF’ junto com o trecho ‘trabalhar para parar/anular’ a investigação”, afirma o magistrado. Moro ressalta que o termo “dissidentes da PF” coloca uma sombra sobre o significado da anotação.
    Outras referências como “dossiê”, “blindar Tau” e “expor grandes” são igualmente preocupantes, afirma o juiz. Para ele, nada indica que os recados eram dirigidos às defesas e nem que eram originados de orientação dos advogados.
    ( Fonte G 1 )

  4. A senhora presidente da República quebrou com sua equipe economica a Economia Brasileira. No seu primeiro mandato fez tudo errado na condução da economia brasileira e agora que a situação do País encontra-se no fundo do poço ela quer que os salários e as horas trabalhadas dos trabalhadores brasileiros/as sejam reduzidas em até 30 por cento. Quer dizer os trabalhadores com medo de perderem o emprego vão aderir junto com suas empresas a este projeto. Ela desastrada e incompetente como sempre fez tudo errado no seu primeiro mandato e sua equipe economica ( Guido Mantega outro desastrado e incompetente ) seguiu suas órdens e agora quem está pagando a conta são os trabalhadores brasileiros.

    Mas reduzir o número de ministérios ( 39 MINISTÉRIOS ) e os gastos com cartão corporativo ela não quer e nem sua equipe economica atual. Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

    isto no dia 16 de agosto de 2015 ( Domingo mais uma vez ) todos os brasileiros e brasileiras devem voltar as ruas do Brasil para pedir a saída desta incompetente e desastrada presidente e de toda a sua turma. VEM PRA RUA NOVAMENTE E VAMOS TIRAR ESTA GENTE INCOMPETENTE DO PODER CENTRAL DO BRASIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *