Dilma convidou Paulo Roberto para o casamento da filha

Dilma não gostava de Paulo Roberto, mas fez questão de convidá-lo para o casamento da filha

Carlos Newton

Não se pode contestar o ditado que diz “uma foto vale mais do que mil palavras”. Na verdade, a fotografia significa o flagrante, o instantâneo, como se dizia antigamente. E um flagrante jamais pode ser desmentido.

Existe uma foto, feita por Ed Ferreira, do Estadão, que mostra a familiaridade de Paulo Roberto Costa com o então presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff. O flagrante foi colhido em 2006 no Palácio do Planalto. Da direita para a esquerda, aparecem Lula, Dilma, o então presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, o diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, o presidente da Transpetro, Sérgio Machado (também envolvido na corrupção), e outra autoridade que não conseguimos identificar.

Hoje, a presidente Dilma repete que não gostava de Paulo Roberto Costa, mas não conseguia derrubá-lo. Essas declarações não correspondem à realidade, segundo o jornalista Lauro Jardim, da revista Veja. Diz ele:

De duas, uma: ou Dilma Rousseff gosta de ter em sua intimidade pessoas com quem não se bica ou suas incompatibilidades com o notório Paulo Roberto Costa não eram tão agudas como ela afirmou hoje na sabatina de O Globo. Basta relembrar que o diretor com quem Dilma diz não ter “afinidade” estava na seleta lista de convidados do casamento de Paula Rousseff, filha de Dilma, em 2008, em Porto Alegre”.

CONCLUSÃO

A foto pode ser considerada um belo flagrante, porque a ocasião foi reveladora. Presidente da República jamais despacha com diretor, só da audiência ao presidente da estatal. Da mesma forma, não despacha com vice-governador nem com secretário-geral de ministério, somente recebe ministros e governador, e isso nem ocorre frequentemente.

Como existem 39 ministros, muitos deles ficam meses (ou anos) esperando um chamado para audiência presidencial. Alguns jamais são chamados, nem conhecem direito o Palácio do Planalto. Ficam complexados, sentem-se rejeitados.

Mas o prestigiado diretor Paulo Roberto Costa, repetindo o genial filme de Peter Sellers, era um convidado muito especial e bem trapalhão.

14 thoughts on “Dilma convidou Paulo Roberto para o casamento da filha

  1. Ao ler a publicação mais recente sobre o caso – http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-capa-de-veja-ou-se-dilma-for-eleita-o-presidente-do-brasil-acabara-sendo-michel-temer-ou-alem-de-dizer-que-a-governanta-sabia-de-roubalheira-na-petrobras-doleiro-diz-que-pode-ajudar-p/ – veio-me à cabeça uma ‘profecia’ que circulava pela internet em 2010, referindo-se ao ‘Turco Branco’ que assumiria a presidência após o funeral da presidente, que se daria durante o carnaval. Na época especulou-se que seria em função do tal câncer, mas vendo com os olhos de hoje, acho que nessa “confabulação” poderia enquadrar-se como ‘doença invisível que a corrói por dentro’ a própria corrupção que já deu metástase neste governo conforme Mensalões, Petrolões e afins. A mesma ‘profecia’ usava “a filha distante de vermelho sem amor à nossa terra” para se referir à búlgara. Bom, neste caso ela tem razão pelo fato dela ser ‘vermelha’ e ter suas políticas orquestradas pelas diretrizes do Foro de São Paulo – tal qual as demais esquerdas latinas – segundo atas do mesmo.

    De toda sorte, não acredito em profecias que pra mim não passam de especulações ou conjecturas, mas às vezes as mesmas acabam acertando algo aqui ou acolá tal qual bilhete de loteria.

  2. Li em blog governista, via conceituado jornalista, que a luta de classes faria Dilma ganhar. De fato, estimularam e muito a questão dos pobres contra os ricos. Quem estuda Marxismo sabe que isso é o rolo compressor da História, difícil de controlar, caminhando-se para a Guerra Popular, como diria Mao Tsé Tung, resta saber, caso a presidenta Dilma seja mesmo reeleita se esta é a nova tônica do PT, em um país já dividido? Nos primeiros 12 anos era a conciliação de classes e agora, nos próximos 12 anos revolução?

  3. Pesquisa IstoÉ/ Sensus: Aécio 54,6% Dilma 45%.
    Quero lembrar, que IstoÉ/Sensus foi a única pesquisa que acerot a ida do Aécio ao Segundo turno.
    ……..
    Os blogs de esgoto já começaram a desqualificar a reportagem da VEJA.Estão afirmando que o advogado do doleiro desmentiu a revista.Esquecem que o cara está sob delação premiada: se mentir vai morrer na cadeia.

  4. Creio que o que a está fazendo ganhar é a radicalização da oposição a ela com agendas neoliberais. Os trabalhadores sempre enganados já sobrevivem com salários miseráveis, os aposentados do Regime Geral, então, pior ainda. Só em sentirem cheiro de mais arrocho, morrem de medo. Ademais, querem até que o Brasil desestabilize política e economicamente vizinhos no continente e se atrele cegamente aos interesses dos EUA e seus sócios europeus no Iraque e na Síria, se já não bastasse o serviço de limpeza que estamos a efetuar das sujeiras seculares deles no Haiti e com as consequências que estamos a sofrer com os problemas sociais de lá. A oposição vai lhe dar 4 anos mais de presente por ser radical e serviçal descarada de interesses econômicos e políticos dos EUA nessa campanha.

    • Desestabilizar vizinhos no continente? Quem?
      Só se você está falando da Bolívia com sua produção de cocaína e o Paraguai com a canabbis, pois a Argentina já se ferrou sozinha e o crescimento da Venezuela caiu de maduro.
      Chile , Peru e Colômbia estão muito bem sem o Mercosul.
      Essa “análise” é típica de adolescentes da UNE, desculpe a franqueza.

  5. Lula e Dilma, (o governo do PT) envergonham a nação (pelo menos aos que têm
    consciência política), com suas mentiras, arrogância, desfaçatez, suas atitudes
    grosseiras e sem ética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *