Dilma e Marina, por motivos diferentes, atacam Aécio no arremate final

                       
Pedro do Coutto
Reportagens de O Globo e da Folha de São Paulo de sábado focalizaram com grande destaque as investidas de Dilma Rousseff e Marina Silva contra Aécio Neves no arremate final das urnas do primeiro turno. A reportagem de O Globo foi de Silvia Amorim, Sergio Roxo, Germano Oliveira, Maria Lima e Miguel Cabalero. A da Folha de São Paulo é de Valdo Cruz e Natuza Nery. Os motivos são diferentes, o objetivo comum, entretanto, tanto é convergente quanto divergente.
O objetivo de Marina Silva é assegurar a vantagem de três pontos que, segundo o Datafolha, mantem em relação ao Senador mineiro. Essencial para conduzi-la ao segundo turno contra Dilma Rousseff no pleito de 26 de outubro.
A intenção da atual presidente é a de enfrentar Marina Silva no desfecho final. Assim ela prefere confrontar com a ex-senadora do que com o senador mineiro. Nos dois casos as razões são simples. Relativamente a Marina, as razões já foram expostas. Quanto a Dilma Rousseff, a preferência pela adversária baseia-se no fato de o PSB não possuir estrutura partidária tão sólida quanto a do PSDB e este aspecto é fundamental em matéria de eleições presidenciais.
O PT, o PMDB e o PSDB são os únicos partidos que estão presentes, e possuem representação, em praticamente todos os municípios brasileiros, não sendo este o caso do Partido Socialista Brasileiro. Esta diferença é fundamental e caso o segundo turno seja entre Dilma e Marina, favorece muito a possibilidade da reeleição. Não só é esta a diferença, mas com base nela evidencia-se uma outra: a atuação das militâncias partidárias.
A militância do PSB não é tão intensa quanto a do PT. Marina Silva assim, para vencer o pleito, necessitaria desenvolver um desempenho muito superior ao de Dilma Rousseff nos horários políticos da televisão. A vantagem, portanto, penderia mais para a atual ocupante do Planalto.
CAMPANHA EM BH
No caso de Aécio Neves, Dilma teria que enfrentar tanto o desempenho na TV, quanto a estrutura partidária dos tucanos. Esta diferença ficou realçada inclusive com mais nitidez, porque como acentuaram Valdo Cruz Natuza Nery na FSP o comando da campanha de Dilma deslocou o último ato de sua campanha, de uma caminhada com Lula pela cidade de São Paulo para uma caminhada pelo centro de Belo Horizonte.
Ainda a respeito do primeiro turno das eleições deve-se assinalar que o índice dos que pretendem votar branco ou anular desceu a escalas surpreendentemente muito baixas, principalmente levando-se em conta o pouco entusiasmo que as campanhas dos candidatos despertaram nas ruas. Não chega à escala de 10%, faixa que inclui também os eleitores e eleitoras indecisos.
Provavelmente efeito da presença da televisão a veiculação das mensagens. Além do mais, como sempre ocorre, parcela substancial do eleitorado define-se nos momentos finais do roteiro para as urnas. São estes que vão decidir entre Marina Silva e Aécio Neves.

9 thoughts on “Dilma e Marina, por motivos diferentes, atacam Aécio no arremate final

  1. ESSAS PESQUISAS, MANIPULADAS PARA A FRAUDE DAS URNAS ELETRÔNICAS, PARA SAIR VENCEDOR O “SAFADO(A), PARA NÓS, É CRIME CONTRA O CIDADÃO(Ã), CUJA PENA MÍNIMA SERIA 100 ANOS.
    CIDADANIA NO BRASIL É UTOPIA, O CIDADÃO(Ã), SE CONTENTA COM PÃO E CIRCO, COPA 14, COM SEUS BILHÕES, E SAÚDE, EDUCAÇÃO,SEGURANÇA,TRANSPORTE, COM A MIGALHA DE TOSTÕES, SOBREVIVENDO NO ME ENGANA QUE EU GOSTO, E A CANALHADA ENRIQUECENDO COM A MISÉRIA DE UM POVO SEMI ANALFABETO, E SENDO OBRIGADO PELO VOTO, A COMER CAPIM, ENQUANTO ELES COMEM CAVIAR.
    POBRE NAÇÃO!!!
    MUDAMOS ESSE SISTEMA ELEITORAL, OU CONTINUAR NA M…, DEPENDE DE NOSSA VONTADE.
    HOJE, DIREMOS OBRIGATORIAMENTE O QUE DESEJAMOS.

    • Theo esseéo projeto daCasa Grande com seu jetinho NEOLIBERAL ondetem como hospedeiro Partideco Direeitóde de Extrema Direita com seu grande Cappo FhCaponee seu quadrilha de franco-tucanos-suiços.
      Milionários viramda noite para o dia BILIONÀRIOS e ospobres ficamcada vezmais MISERÀVEIS…..

  2. Caro CN … Bom dia!

    1 – Marina errou, desde Eduardo Campos, ao rejeitar o PMDB.

    2 – O apoio chamado AEZÃO finalmente teria funcionado??? aguardemos o resultado do RJ.

    3 – Aécio foi o único a agradecer apoio dos aliados (lembrando que meu PMDB apoiou o que de bom fez FHC).

    4 – Não vi Dona Dilma se referir ao PMDB; nem vi Michel Temer junto com ela!!!

    5 – Marina sempre estava com seu Vice – parabéns aos dois.

    6 – Quem vencerá??? O PMDB de Dona Dilma com Temer … ou o PMDB de Aécio com uns 45% dos convencionais??? ??? ???

    7 – Voltará a se unir o PMDB??? ou a sangria nos Sarney servirá de lição aos outros caciques??? ??? ???

    8 – Lembrando que Sarney deixou de apoiar Serra, com vice Rita Camata – então PMDB-ES, para eleger Lula em 2002. Agora Sarneys foram abandonados???

    9 – Lembrando


  3. 8 – Lembrando que Sarney deixou de apoiar Serra, com vice Rita Camata – então PMDB-ES, para eleger Lula em 2002. Agora Sarneys foram abandonados???

    9 – Lembrando que Lula pediu apoio de Cabral em 2006 para se reeleger … e agora lançou Lindberg!!! e o PMDB-RJ mostra sua força no RJ.

    10 – Veremos quem se mostrará como maior partido do Brasil … continuará a ser o PMDB??? continuará o aperfeiçoamento da CIDADANIA??? DEMOCRACIA??? SOCIOCAPITALISMO de MOISÉS??? ??? ???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *