Dilma e Obama, cortes orçamentários

Helio Fernandes

A presidente do Brasil cortou 50 BILHÕES, foi criticadissima, embora também não fosse caso de elogio, e sim de analise isenta. Agora, Obama anuncia que cortará 4 TRILHÕES DE DOLARES, ou seja, mais ou menos 5 TRILHÕES E 400 BILHÕES DE REAIS.

Não houve criticas, nem do seu Partido, Democrata, nem do adversário, Republicano. O seu está de acordo. O outro não quer provocar repercussão favorável. Principalmente quando Obama está em campanha, e não conseguem um único nome para enfrentá-lo.

***

ORÇAMENTO IMPOSITIVO

Na Camara começam a falar nisso, não conseguirão o menor sucesso. A OPOSIÇÃO (?) não conseguirá aprová-lo. A BASE (?) tem numero para manter tudo como está, Orçamento AUTORIZATIVO.

A grande figura que foi Afonso Arinos, na Camara e no Senado, durante anos e anos insistia na questão. E dizia da forma brilhante de sempre: “AUTORIZATIVO não é coisa alguma, o Presidente faz o quer. IMPOSITIVO além de ser relevante, cumpre a determinação constitucional: Legislativo, Executivo e Judiciário, são harmônicos e independentes entre si”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *