Dilma Rousseff está vendendo caro a sua cabeça

Antonio Santos Aquino

José Vaccari Neto, Tesoureito do PT, tendo dupla nacionalidade, pode, sim, fugir para Itália e lá invocar sua dupla cidadania e dizer como Pizzollato que está sendo perseguido e que não lhe deram o direito defesa. Entretanto, cabe uma pergunta: Por que a Polícia Federal não toma as devidas providência para impedir que este “cidadão” seja impedido de evadir-se?

Na verdade, devemos ir à raiz do problema. Dirceu é quem armou todos os esquemas do Mensalão e do Lava Jato. Possivelmente, outros esquemas. Lula não está ausente de nada do que está acontecendo. Porém, seu alcance, acredito, não chega a compreender e esquematizar tão grande esquema de corrupção.

Quanto a Dilma, desde o período da Tribuna “Impressa”, lá se vão 10 anos, eu faço dura críticas tanto a Lula como a Dilma. Tenho muitas reservas ideológicas, mesmo porque Dilma esteve por 21 anos no PDT e depois deu uma “rasteira” no Brizola e um arrastão no partido levando para o PT 504 pedetistas qualificados. Ensejando que Brizola dissesse: “Ela nos trocou por um prato de lentilhas”.

REFLEXÃO

Não quero aqui defender Dilma, apenas sugerir uma reflexão. Sendo os poderes da República o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, excluindo-se o Judiciário por ser um órgão técnico, temos a obrigação cívica de perguntar: Por que só o Executivo (presidente Dilma) é responsável pelos graves acontecimentos de corrupção que, como se fora uma “peste negra”, alastrou-se em quase todas os órgãos e instituições?

O Legislativo, que tem o dever de fiscalizar, está fora desse imbroglio? Convenhamos, mesmo tendo nossas convicções políticas e preferências pessoais. devemos procurar o melhor ângulo de crítica, para não sermos injustos. Quando somos injustos com alguém, também somos injustos com nós mesmos.

Até agora, sem que haja prova de que Dilma locupletou-se da corrupção, particularmente entendo que jogaram (o PT) em suas mãos uma bomba. Que, se não explodisse, tudo bem; se explodisse, explodiria em sua mão. Dilma, no meu entender, está “vendendo caro sua cabeça”.

Qualquer um de nós não iria para o cadafalso sem espernear. Dilma está sozinha na arena e surpreendentemente reagindo bem. O PT fugiu e a deixou no meio dos leões. Como cidadão quero a verdade, que é melhor para o Brasil.

6 thoughts on “Dilma Rousseff está vendendo caro a sua cabeça

  1. Não concordo com a possibilidade aventada.

    Quem têm a caneta tem tudo… todo um vasto e especializado arsenal administrativo, fiscal, policial, para saber a quantas anda as verdades, mentiras e boatos que porventura sejam atribuídas ao governo.

    Nos seguidos casos de corrupção, todos os caminhos levam aos dois mandatários: Lula e Dilma: para piorar, para eles, os dois foram alertados em diversas oportunidades do que estava acontecendo no governo.

    Se é que já não estão, os dois já deveriam estar sendo, discreta mas oficialmente questionados, no mínimo, por omissão. O “eu não sabia”, é a própria piada de salão…

  2. O judiciário é um órgão técnico, no legislativo, os beneficiados pela corrução
    jamais iriam abrir a boca para denunciar a corrupção da qual era beneficiário e os não beneficiados, tinham muito menos condições de saber de toda a corrupção do que o executivo. Quando um Presidente da República é sério e a qualquer denúncia
    manda de imediato apurar e punir, impõe respeito, inibe a corrupção, pode até haver
    um caso ou outro isolados de corrupção, mas não gigantesca, colossal , como nunca houve
    na história do país. O que se pode esperar de um governo, como fez o Lula no caso do mensalão ao defender os corruptos, alegando que não havia provas, era denuncismo etc. A Presidente
    Dilma não defende, mas também não ataca, apenas falácia: punir doa a que doer, mas só depois
    que toda a corrupção foi descoberta.

  3. EXPECTATIVA DE GRANDES TRANSFORMAÇÕES PARA O PAÍS

    Ao retornar ao Brasil após participar de um encontro mundial de líderes populares com o papa Francisco, no Vaticano, o líder do MST – João Pedro Stédile – se mostra revigorado para a luta e acredita que o país passará por grandes transformações nesta nova fase de sua história, com o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

    “Estamos vivendo um período de transição, que sempre é tensionado pelos grupos que querem influenciar o próximo governo”, diz ele. Sobre o personagem Francisco, enfatiza que “surpreendeu pela simplicidade, coragem e sabedoria”, encerrando sua longa entrevista concedida ao Brasil 247. Das respostas, copiei doze pontos que considero importantes para análise e reflexão da conjuntura brasileira, transcritos a seguir.

    1. Os tucanos chamaram mobilizações de protestos dia 15 de novembro, que são normais na democracia. E lá se infiltraram algumas viúvas da ditadura militar, que não merecem crédito, que não têm base na sociedade. Até os tucanos ficaram com vergonha.

    2. A mídia no Brasil faz campanha permanente na sociedade mantendo a hegemonia da visão de mundo burguesa, defendendo os interesses dos privilegiados e os falsos valores do individualismo, egoismo e consumismo, como se fossem valores da liberdade e da democracia.

    3. Defendemos que todos os casos de corrupção sejam investigados à exaustão e denunciados, sobretudo os corruptores, que na maioria das vezes saem impunes. Todos os que cometeram algum delito devem pagar por eles.

    4. Não acredito em desestabilização do governo. Estamos vivendo um período de transição do primeiro para o segundo mandato, que sempre é muito lento e tensionado, pelos grupos que querem influenciar o próximo governo. Esse período de transição é sempre de debates e de expectativas.

    5. Nenhum governo do mundo, federal, estadual ou municipal funciona sem a pressão do povo. Os problemas de moradia, transporte público, especulação imobiliária, juros estratosféricos, falta de terra e vagas restritas na universidade estão ai, pedindo soluções urgentes.

    6. O Congresso brasileiro infelizmente tem se revelado um balcão de negócios. O financiamento privado das campanhas deformou sua representação em relação à sociedade. Apenas dez empresas elegeram 70% dos parlamentares nestas eleições.

    7. Nós temos uma plenária nacional com mais de 400 movimentos, entidades e organizações, organizamos mais de 2 mil comitês populares em todo o país. Recolhemos quase 8 milhões de votos de eleitores, exigindo a convocação de uma assembleia constituinte.

    8. Sabe-se pela imprensa que esse esquema está montando na Petrobras desde os tempos do governo FHC. É uma vergonha que muitos diretores se locupletaram e desviaram milhões. Uma vergonha que as empresas pagassem esse pedágio e certamente incluíam depois no custo das obras.

    9. Os corruptos e corruptores não tem partidos, têm apenas interesses pessoais. O salutar seria que todas as empresas estatais, do governo federal e de alguns grandes estados como Minas, São Paulo e Rio, também passassem por esse pente fino.

    10. Os governos em geral sempre são muito burocráticos e desvinculados da vida real. Como dizia um mestre: ”os governos em geral são surdos e cegos” para as demandas populares. Daí a necessidade do povão se organizar e lutar por seus direitos.

    11. A Igreja Católica passou os últimos trinta anos imersa numa visão conservadora do mundo. Isso levou o Vaticano a uma grave crise econômica, política e moral. Por isso, Ratzinger teve coragem de renunciar para encontrar uma saída para a crise.

    12. E a saída foi escolher um cardeal progressista, e pela primeira vez em dois mil anos, o primeiro Papa representante da América Latina e do Hemisfério Sul. O papa Francisco demonstra ter consciência das mudanças que precisam ser feitas.

    FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/161000/St%C3%A9dile-%E2%80%9CGolpe-destamparia-a-revolta-popular%E2%80%9D.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *