Dilma, sensata por estratégia ou convicção?

Helio Fernandes

Presidente, tem sido surpreendente, nada agressiva, até conciliadora, o que nunca foi. Será trajetória circunstancial, antes de assumir o Planalto-Alvorada? Ou é reflexo apenas da transição, uma espécie de transação? Mudará depois que for mesmo presidente, não apenas presidente eleita?

Mas não é muito positivo ou esperançoso ter que negociar com os lobistas-terroristas do PMDB. De qualquer maneira, temos que esperar.

***

O ESTRATEGISTA JOSÉ DIRCEU

Não deram destaque à sua declaração, mas é importante e definitiva. Textual: “O PT e o PMDB estão “condenados” (as aspas são dele) a governarem juntos”. Prestem atenção na mudança de comportamento. Abandonou a arrogância da Casa Civil, incorporou a amenidade da “adjacência” do Poder.

Perguntinha ingênua, inócua, inútil, que não consigo responder. É um recado para Dilma, “sou capaz” de união? Ou é um recado dela para o PMDB, “aceito união sem blocão”? Com José Dirceu como porta-voz? Isso é mais surpreendente do que o “conteúdo” do texto.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *