Dilma vai a casamento em São Paulo e é recebida com panelaço

Manifestantes protestam contra a presidente no casamento do cardiologista Roberto Kalil, em SP

Quando Dilma chegou, as panelas a esperavam (foto Fábio Braga)

Gustavo Uribe
Folha

A presidente Dilma Rousseff foi recebida com vaias e um panelaço em sua chegada ao casamento do cardiologista Roberto Kalil Filho com a endocrinologista Claudia Cozer, na noite deste sábado (9), em São Paulo.

Com panelas e apitos, um grupo de cerca de 30 manifestantes gritou palavras de ordem contra a presidente e seu partido. Foram ouvidos cantos como “Fora, PT” e “Dilma Ladra”.

A petista, que chegou atrasada, era uma das madrinhas do casamento –o cardiologista é médico de Dilma e de outros políticos, como o ex-presidente Lula.

Segundo a Folha apurou, o protesto pôde ser ouvido pelos convidados durante a cerimônia, mas não durante o jantar –realizado em outro espaço do bufê.

“Eu acho um despropósito, nesse momento de crise, a presidente participar de uma festa como essa”, disse o administrador Luiz Alberto, 51, que carregava uma panela e uma colher de pau.

VIZINHOS ADERIRAM

Com o panelaço, moradores de prédios vizinhos e frequentadores de bares da região próxima ao bufê aderiram ao protesto – que começou com pouco mais de dez pessoas e chegou a reunir 30 manifestantes. O Leopolldo, onde se realizou o casamento, fica no Itaim, bairro de classe alta na zona oeste da capital paulista.

Um dos manifestantes, o empresário Eduan Pinheiro, 34, que se identificou como membro do movimento Acorda Brasil, disse que mais integrantes do grupo participavam da manifestação.

Com um cartaz na mão, com frases contra o apoio do governo brasileiro ao venezuelano Nicolás Maduro, a hoteleira Celene Salomão, 49, criticou a postura da presidente em não recriminar a prisão de líderes oposicionistas do país vizinho.

“Isso é um absurdo, o Brasil não merece esse governo federal”, dizia ela, que se disse membro do Movimento Brasil Livre.

SERRA FOI COBRADO

Políticos da oposição também foram alvo dos manifestantes. O senador José Serra (PSDB-SP) foi cobrado a ingressar com um pedido de impeachment contra Dilma. “Eu votei no senhor e o senhor está nos decepcionando”, gritou Adriano Cantelli, 33, funcionário de cartório.

21 thoughts on “Dilma vai a casamento em São Paulo e é recebida com panelaço

  1. O Partido dos Trabalhadores vive dias turbulentos. Depois do processo da Lava Jato, que constatou um esquema de corrupção na Petrobras, desta vez, é o ex-presidente Lula e o marqueteiro das campanhas eleitorais de Dilma Rousseff, João Santana, que estão sob a mira dos agentes fiscalizadores. A Procuradoria Geral da República, em Brasília, abriu no último dia 21 o que no mundo jurídico se chama notícia de fato, uma investigação preliminar sobre o papel do ex-presidente Lula nos negócios fechados no exterior pela empreiteira Odebrecht.

    Um dos procuradores do núcleo de Combate à Corrupção do órgão entrou com uma representação, anexando matérias publicadas na imprensa, para levantar se há indícios de tráfico de influência na atuação do ex-presidente junto a governos internacionais, entre 2011 e 2014, para facilitar as parcerias com a Odebrecht em outros países na execução de obras de infraestrutura. “Ainda não há prova nenhuma, e isso não foi convertido em investigação”, explica Mirella Aguiar, procuradora responsável por avaliar o processo e decidir se ele tem consistência para se transformar numa investigação de fato. Ela tem até o dia 20 de maio para decidir sobre o andamento do processo, ou arquivá-lo, inclusive.

    O assunto foi levantado este final de semana pela revista semanal Época, em reportagem que questionou as viagens de Lula, custeadas pela Odebrecht, a países como Gana ou República Dominicana, onde a empresa depois fechou contratos de execução de obras, financiadas posteriormente pelo BNDES, o banco público que financia obras de infraestrutura, inclusive no exterior. Se for alvo de inquérito formal, tanto as viagens para o exterior, que mostram o contato de Lula com líderes de outros países, como o eventual papel do ex-presidente para a liberação de crédito à Odebrecht, poderiam ser objeto de avaliação da PGR.

    Em outra frente, a Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros da Polícia Federal abriu inquérito sobre o publicitário João Santana. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o objetivo é apurar a suspeita de que ele teria trazido ao Brasil 16 milhões de dólares, oriundos de Angola, em 2012, no que poderia ser uma operação de lavagem de dinheiro para beneficiar o PT, segundo o jornal. Santana atuou, naquele ano, em duas campanhas eleitorais: em São Paulo, para o então candidato Fernando Haddad, que venceu o pleito para prefeito da capital, e em Angola, onde assessorou o partido MPLA, cujo então candidato, José Eduardo dos Santos, venceu as eleições presidenciais. De acordo com a Folha, o dinheiro devido em Angola pode ter sido pago por empreiteiras que atuavam naquele país ao marqueteiro a título de custear a campanha de Haddad.

    • Vejamos aqui quem é o amigo de Lula, o ditador de Angola José Eduardo dos Santos. Tudo a ver com Lula:

      Do presidente para a sua família: a vala de drenagem

      O Presidente da República converteu o OGE no principal, mas não único, instrumento do seu enriquecimento ilícito. Pelo seu artigo 11, basta-lhe invocar a segurança interna ou externa do país para criar quantos fundos quiser, quantas empresas lhe apetecer para acomodar familiares, cortesãos e a cada vez mais extensa lista de bajuladores. Por Alfredo Muvuma Maka Angola.
      15 de Dezembro, 2013 – 10:12h

      Welwitschea “Tchizé” dos Santos e o seu irmão José Paulino dos Santos “Coreon Dú”
      Se perguntados, todos ou quase todos os dirigentes do MPLA manifestarão, com cinismo e cobardia, a sua ignorância sobre a origem do escandaloso enriquecimento do presidente José Eduardo dos Santos, sua família e cortesãos.

      Anos atrás, um dirigente de topo do MPLA evocou o génio empreendedor dos filhos de José Eduardo dos Santos. Mais recentemente, o Jornal de Angola elegeu Isabel dos Santos como empresária do ano de 2012.

      Nos dois casos, pretendeu-se transmitir a ideia de uma suposta genialidade empresarial da família Eduardo dos Santos na acumulação de uma riqueza colossal. A Forbes coloca Isabel dos Santos como a primeira mulher africana cuja fortuna chega ao bilião de dólares, com base apenas nas suas participações na UNITEL, no Banco BIC e nos seus investimentos em Portugal.

      Todavia, o Projeto de Lei do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2013, aprovado há dias na generalidade pela Assembleia Nacional, destapou a farsa: não há nenhum mistério por detrás do enriquecimento do clã Dos Santos e seus cortesãos. O Artigo 11 do OGR explica, em parte, como o presidente angolano e os seus fazem fortunas sem suar às estopinhas e muito menos sobrecarregar os neurónios.

      Maka Angola detalha aqui o propósito do referido artigo. Em resumo, enquanto chefe do Poder Executivo, autor da proposta orçamental, José Eduardo dos Santos solicitou e a Assembleia Nacional emitiu-lhe o cheque em branco para continuar a gerir os dinheiros públicos como lhe aprouver e sem qualquer preocupação de transparência.

      No mundo atual, com a provável e honrosa exceção da Coreia do Norte, é quase impossível encontrar um outro país cujo presidente tenha solicitado e obtido licença para saquear os cofres públicos à luz do dia e à vista de todos. De saque se trata, na verdade.

      Para atender a demanda de dinheiro de um filho ou de outro parente próximo, JES não terá mais que dar voltas à cabeça: bastar-lhe-á invocar a segurança interna ou externa do país. Sob esse extenso cobertor, o Presidente da República poderá criar quantos fundos quiser, quantas empresas lhe apetecer para acomodar familiares, cortesãos e a cada vez mais extensa lista de bajuladores. Pode criar fundos com mais dinheiro do que o próprio OGE. O artigo mencionado não impõe qualquer restrição ou limite a José Eduardo dos Santos.

      O Presidente da República converteu o OGE no principal, mas não único, instrumento do seu enriquecimento ilícito.

      José Eduardo dos Santos não precisou de uma autorização tão explicita da Assembleia Nacional para criar o Fundo Soberano Angolano, cuja gestão e bolsa de US $5 biliões entregou ao seu filho Filomeno “Zenú”. O enriquecimento da família presidencial nada tem a ver com empreendedorismo ou talento empresarial, mas sim com esquemas de efetiva privatização do Estado.

      De forma caprichosa usa, frequentemente, a sua condição de Presidente da República para aprovar contratos de investimentos que beneficiam a sua própria família.

      Quando não é por via do investimento alheio, a chantagem política e económica tem funcionado também para fazer com que negócios bem sucedidos sejam obrigados a ceder consideráveis percentagens aos interesses económicos da família presidencial. O Banco de Fomento Angola (BFA) esteve na iminência de perder os depósitos das mais importantes instituições e empresas públicas angolanas. Para contornar o risco, o BFA teve de ceder 49% das suas ações à UNITEL, detida maioritariamente por Isabel dos Santos. Desde então, a primogénita de José Eduardo dos Santos é administradora do referido banco.

      O ajuste direto, ou seja, a adjudicação de contratos de prestação de serviços e bens ao Estado sem qualquer concurso público é outro modelo preferido para o enriquecimento ilícito do clã. É ao abrigo dessa modalidade que o Canal 2 da Televisão Pública de Angola (TPA), assim como o seu Canal International, foram praticamente doados a Welwitschea “Tchizé” dos Santos e ao seu irmão José Paulino dos Santos “Coreon Dú”.

      O Orçamento Geral do Estado (OGE), a ser aprovado a 14 de Fevereiro, atribui a dois filhos do Presidente (os já mencionados Tchizé e Coreon Dú) quase US $60 milhões. Esta verba chegará aos entes de José Eduardo dos Santos por via do GRECIMA. O GRECIMA é o Gabinete de Revitalização e Execução da Comunicação Institucional e Marketing da Administração, tutelado pela Presidência da República e dirigido por Manuel Rabelais. Pende contra este dirigente um processo-crime por atos de corrupção durante os seus anos como ministro da Comunicação Social. O Presidente José Eduardo dos Santos conferiu, assim, imunidades a Manuel Rabelais, ora investido no cargo de Secretário de Estado. O GRECIMA é uma estrutura que usurpou grande parte das competências do Ministério da Comunicação Social e, na prática, Tchizé e Coreon Dú são os seus verdadeiros patrões. Por sua vez, O GRECIMA transfere os fundos para a Semba Comunicação, a empresa dos filhos do Presidente, contratada para melhorar a imagem do regime, conforme anteriormente denunciado pelo Maka Angola.

      O mesmo OGE deposita nas mãos da dupla Tchizé-Coreon Dú outros 50 milhões de dólares para os dois filhos do Presidente da República continuarem o seu entretenimento favorito, que é brincar às televisões. Por via do abuso de poder, os filhos do Presidente controlam o Canal 2 e o Internacional da TPA, cabimentados com o referido orçamento.

      A TPA e GRECIMA, juntos, por via da contratação da Semba Comunicação, colocam sob gestão dos herdeiros de Dos Santos quase US $110 milhões de dólares. Este é um valor superior aos US $90 milhões que o Ministério da Comunicação Social tem de repartir com a RNA, TPA, ANGOP, Jornal de Angola, Centro de Imprensa, CEFOJOR e outras estruturas sob sua tutela.

      Esta é mais uma chocante demonstração da pilhagem do dinheiro de todos os angolanos, pessoalmente comandada por José Eduardo dos Santos. Esfumam-se, cada vez mais, as esperanças dos ingénuos e dos que teimavam em acreditar que o Presidente teria condições de levar a nau angolana a porto seguro.

      No ordenamento jurídico de países modernos, o saque e a delapidação de riquezas públicas são crimes. Em Angola, o saque, delapidação e a opacidade , apesar de também constituírem crimes, levam o selo de garantia de deputados eleitos pelo povo. Ignoram uma das suas principais missões, que consiste no asseguramento da boa gestão da rés pública.

      Assim, os deputados do MPLA, que detêm o poder exclusivo de aprovar ou chumbar leis, servem apenas de carregadores legais da corte presidencial que rouba o país já de forma insana. São os monangambés dos tempos modernos.

      http://makaangola.org/2013/01/24/do-presidente-para-a-sua-familia-a-vala-de-drenagem

  2. Essa burguesada sonegadora de impostos vai longe.
    A região onde habitam os dignos paneleiros (lá em Portugal paneleiro quer dizer outra coisa)., os prédios de apartamentos maiores que algumas casas de pobres chegam mais de 1 milhão por unidade,, obviamente uma sonegadinha, aqui outra ali outra acolá dá para comprar até mais de um…..(eh!eh!eh)
    O apartamento onde o bufão corrupto mora, segundo ele, comprou por uma pechinha de um grande empresário chega á casa de 10 milhões de reais.p/un.
    Tudo isso com o salário de aposentadoria de professor aposentado (sem nunca ter sido, tudo mundo sabe que o THE CAVIAR não gosta de trabalhar).,
    Os Patriotas burguesões vivem na maior cidade do Páis e da América Latina, Terceira do Planeta cheia de problemas.
    Trânsito caótico, sem transportes público, carnificina diária, assassinatos, roubos , furtos, explosões de caixa-eletrônicos, mortes em série de policiais civis e militares jamais vistos em outro Páis.
    A dengue do gerardo efeagacê virou epidemia, mas a blindagem e proteção ao grande gênio continua intacto. , sem um respingo no grande Gênio Administrativo deste Planeta.
    Corrupção então nem se fale, 28 anos (4 montoro)., des-comandando o Estado de São Paulo a mão de ferro, tipo aquelas DITADURAZINHAS DA ÀFRICA, só faltou o bigodinho de ditador, estaria completo…….
    Obras faraônicas , como o Roubanel que nunca acaba,(20 anos)., segundo alguns é o maior roubo dos cofres públicos paulistas , são 4 super-estradas, mais uma vai de lambuja, ou brinde as empreiteiras, algo em torno de bilhões., a proposito, Sr. Newton, são as mesmas empreiteiras atoladas no Lava-Jato…
    Outras obras de Metrô, nunca terminadas, 28 anos , e não conseguiram fazer e acabar uma única Linha de Trens para o zépovão, , como todos sabem os patriotas burguesões paneleiros não “andam” de Metrô….
    Hospitais, Escolas, tudo caindo aos pedaços, deterioradas e decadentes desde que a Quadrilha do Efeagace tomou de assaltou o Estado….
    E Sr. Newton, engraçado que não vejo os mesmos patriotas burguesões paneleiros invadiram suas varandas gourmets para bater panelas contra o Partidão da Extrema-Direitona-Facínora e seus quadrilheiros corruptos do efeagacê……..
    Vai entender…..

    PS. Dizem que o Sultão de Paris, Efeagacê nao pôde participar ontem da manifestação das panelas contra a Governanta, mas mandou dizer que lá de Paris, saiu no mesmo horário, do seu Apertamento na Avenue Foch, comprado com o suor do trabalho e foi a sua varanda gourmets bater panelas, como um bom patriota burguesão paneleiro…..

    • TÁ AÍ DEFENDENDO OS PETRALHAS! BOTE UMA CAMISA VERMELHA COM ESTRELA E SAIA AS RUAS GRITANDO APOIO DILMA E APOIO LULA! ABAIXO FHC E OS TUCANOS!
      VIVEMOS NUMA DEMOCRACIA VOCE TEM TODO O DIREITO DE FAZER ISSO!

    • Quem é você pra falar em sonegação? Petralha não tem moral pra criticar quem quer que seja. O PT saqueou a Petrobras, levou o Brasil à ruina de tanto roubar, Lula e Dilma levam vida de reis às custas do sacrifício do povo! Os dias desses ladrões corruptos estão contados!

  3. Os marqueteiros do PT estão em pânico. No início do governo a Dilma submergiu, e sua popularidade caiu. Os Santanas da visa mandaram ela aparecer diariamente nos jornais, papagaiando sobre qualquer assunto, vieram os panelaços e a sua popularidade despencou. Nos bastidores já se fala claramente que a Maizena está acabando e o Pudim de Pinga derretendo. Em breve veremos a Tia falar aquela patética frase do Collor: ” Não me deixem só” !

  4. CRITICAM TANTO A ELITE BRANCA MAS NÃO ABRE MÃO DE PARTICIPAR DAS MORDOMIAS BURGUESAS!
    É ISSO AÍ MESMO, NÃO TEMOS QUE DAR SOSSEGO PRINCIPALMENTE A ESSA MALDITA RAÇA DE PETRALHAS E MAIS AINDA A ESSA ANTA PRESIDANTA!

    • Isso mesmo, esse pessoal que mora em cobertura em SBC, tem triplex de R$ 47.000,00 ( sonegação?) ou como o Palocci que mora em um Ap. na Alameda Tiete, com valor declarado de R$ 6,6 bilhões, tem de parar de explorar o proletariado !

  5. O suntuoso casamento, com buffet de luxo, num dos lugares mais nobres e caros de São Paulo, teve a participação do hoje riquíssimo ex- presidente Lula, como padrinho do casamento, e da presidente Dilma, em caro vestido feito por estilista, programada a cerimônia e o buffet para 400 convidados da alta burguesia, mostra, com clareza a que classe social Dilma Roussef e Lula hoje pertencem. Pertencem à alta burguesia nacional. Veja-se abaixo:

    Elegantemente vestida em um longo azul marinho, com detalhe na cintura e nos punhos, a presidente Dilma teve como par outro importante médico, o infectologista David Uip, e foi muito elogiada pela magreza. O champanhe da noite foi o Barons de Rotshchild. Um fortíssimo esquema de segurança foi montado no local e a impressão que se teve é que praticamente todo o Palácio da Alvorada se mudou para São Paulo, tamanha a quantidade de poderosos – todos pacientes do Dr. Kalil – presentes na cerimônia. Um show do cantor Tiago Abravanel animou os convidados após a cerimônia. E tem mais:

    Neste sábado foi o casamento civil do cardiologista Roberto Kalil Filho com a endocrinologista Claudia Cozer, na casa deles na Quinta da Baroneza, interior de São Paulo. Apenas a família e amigos mais próximos estavam presentes. A festa pra valer acontece no próximo sábado, no Leopolldo, na capital paulista. Entre os convidados, políticos, banqueiros, poderosos e afins.

    Depois, vem uns malucos a comentar que o PT é um partido de esquerda. Pode? O PT é aliado da grande burguesia, governa para os bancos e para os especuladores do mercado financeiro, enfim, para a direita nacional. Alguém já viu um representante da esquerda ser convidado para uma festa no Leopolldo, junto com banqueiros, poderosos e afins? Tomando champagne Barons de Rotshchild ?

    Ora, o PT é o mais expressivo partido da direita. Sugiro aos comentaristas que não mais se refiram ao PT como esquerda, nem aos petistas como esquerdopatas. Porque não são.

  6. Muita falta de educação mesmo. Usaram colher de pau invés de concha de prata pra baterem na frigideira. Com concha de prata o barulho era mais alto. 🙂

  7. Não se esqueçam que Lula também foi. Eles nos causaram todo este inferno? Agora aguenta a reação…. pisou fora de casa, panelaço neles!

    E viva o PT! Viva em Cuba que o pariu!

  8. Por que não fazem o casamento em Itaquera? Lula diz que lá não tem panelaço…. Será, pai dos pobres, mas com a conta trilionária…. Cara de pau! #panelaNELLES

  9. Até acho o local inadequado para vaias, casamento não é palanque nem horário gratuito. Fora os outros convidados que nada tem a ver com isso ( e talvez odeiem a Dilma ) . Mas depois de 12 anos cansa ver tanta corrupção e incompetência

  10. É como aquele caso do bandido menor de idade amarrado ao poste, que a Raquel Sherazade disse ser compreensível a atitude. A diferença é que naquele caso, descobriu-se mais tarde, eram traficantes que amarraram o ladrão. Agora a bandida Dilma foi vaiada por cidadãos honestos.

  11. Falta de educacao e completa grosseria, mas estando escaldado, vou aguardar para ver se nenhuma das otoridades usou aviao da FAB para comparecer no evento.

  12. QUAL O MOTIVO QUE LEVA OS SIMPATIZANTES DO PT A ACHAR QUE TODOS SOMOS SONEGADORES….ACORDO TODOS OS DIAS AS 6H00 E TRABALHO DE SEGUNDA A SÁBADO…E NÃO SOU UM SONEGADOR BURGUÊS…
    UM DIA FUI PETISTA, HOJE, TENHO ASCO ÀQUELES QUE ESTÃO NO PODER E VÊ A SITUAÇÃO DO POVO BRASILEIRO NA FILA DOS SUS, SEM SEGURANÇA E LONGE DA PÁTRIA EDUCADORA…
    SE ALGUÉM ACREDITA QUE SÃO TODOS INOCENTES NESTE ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO, ESTÃO NO PAIS ERRADO….
    ESTAMOS NO PAÍS DE ALICE ?????

  13. Presente ao casamento do médico Roberto Kalil Filho, o jornalista político Ricardo Noblat fez uma incursão no mundo Caras e registrou diversas cenas em seu Instagram; postou que Dilma está “magérrima”, disse que a ela “fez o sinal da cruz direitinho” e registrou até uma selfie de sua esposa, Rebeca, com a presidente que costuma criticar com frequência em suas colunas; atacando agora de colunista social, Noblat registrou até um minipanelaço, diante do restaurante O Leopoldo, promovido por SEIS manifestantes.
    (247)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *