Dilma vai indicar dois ministros para julgar o Petrolão

Frederico Vasconcelos
Blog do Fred
Em artigo sob o título “Obstáculos do petróleo” o jornalista Merval Pereira trata, em sua coluna no jornal “O Globo“, de tema já abordado neste Blog: as atenções voltadas para a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, que deve julgar o processo do petrolão.

Dilma Rousseff deverá indicar dois novos ministros para as vagas de Joaquim Barbosa, que antecipou a aposentadoria, e de Celso de Mello, que completará 70 anos e deverá deixar a Corte até novembro.

“A partir de fevereiro, veremos um desfile de políticos com mandato fazendo ameaças ao Supremo e pressionando o Palácio do Planalto, especialmente na escolha dos novos ministros que comporão a Segunda Turma”, prevê o jornalista.

Merval acredita que as condições políticas deverão mudar o processo de aprovação dos nomes pelo Senado, “com a oposição também disposta a sabatiná-los duramente”.

“Um caso como o do ministro Dias Toffoli, indicado para o STF depois de ter sido advogado do PT e do ex-ministro José Dirceu, hoje teria dificuldade de ser aceito pelo Senado. Provavelmente nem mesmo o governo arriscaria mandar um nome tão ligado ao PT para análise do Congresso”.

Ainda segundo o colunista, as condições políticas hoje dificultam indicações como as de Luís Adams, advogado-geral da União, ou do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Não importa quem for nomeado para as duas vagas do Supremo, na Segunda Turma. O esquema de corrupção da Petrobras e das outras estatais etc. é tão grave que nenhum ministro terá ousadia e desfaçatez de arriscar sua carreira e sua reputação para inocentar os envolvidos ou reduzir as penas, como ocorreu no Mensalão. Podem apostar. (C.N.)

11 thoughts on “Dilma vai indicar dois ministros para julgar o Petrolão

  1. Agora é o vice do PT, Cantalice que está atirando na Tia !
    O vice-presidente do PT, Alberto Cantalice, condenou em postagem no Twitter o veto da presidente Dilma Rousseff (PT) à correção nas alíquotas sobre o Imposto de Renda (IR). “O veto à correção da tabela do imposto de renda foi um erro. O que se tem, é criar novas alíquotas para taxar os cidadãos de altas rendas”, disse o dirigente petista em postagem na rede social.

  2. Grande Newton, gostaria de ter a tua certeza.
    Da maneira como a falta de vergonha tomou conta de tudo, é bem capaz de indicarem mais dois companheiros para defendê-los de todas as acusações.
    Quanto a sociedade cobrar, também tenho minhas dúvidas. A cada mais consciente não vai às ruas. A que vai é carregada por alguns dirigentes malucos.
    Tomara estejas certo!

  3. Os poderes não são independentes, caramba estava enganado, como um poder judiciário vai julgar envolvidos no petrolão se não há independência, está difícil de acreditar nestes poderes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *