Diplomatas dos EUA têm 48 horas para deixar Venezuela

%u201CApoiamos a defesa dos direitos humanos e as liberdades fundamentais, incluindo a liberdade de expressão e direito de reunião', declarou o porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki (Carlos Garcia Rawlins/ REUTERS)Agência Brasil

O chanceler venezuelano, Elías Jaua, informou que a partir desta segunda-feira os diplomatas americanos Breean Marie Mc Cusker, Jeffrey Gordon Elsen e Kristopher Lee Clark terão 48 horas para deixar o país, após terem sido declarados ontem personae non gratae na Venezuela, acusados de apoiar atos violentos das manifestações estudantis que ocorrem desde a semana passada.
Em pronunciamento, Jaua disse que o governo venezuelano teve acesso a cópias de e-mails trocados entre os funcionários americanos e estudantes, o que comprova que os Estados Unidos estão “financiando os grupos violentos que atuam nas manifestações”. O chanceler apresentou dados sobre um suposto plano da embaixada norte-americana, organizado e promovido para financiar os atos violentos e desencadear uma crise política no país. Ele mostrou três documentos do Wikileaks, pertencentes ao serviço de inteligência dos Estados Unidos, com data anterior aos atos desta semana, datados de 2010 e 2011.

“Os arquivos mostram que estudantes expressaram interesse em receber apoio dos Estados Unidos e que representantes do governo americano viajaram a Mérida [Oeste do país] para entrar em contato com líderes estudantis em 2010. Em 2011, outro documento mostra a intenção de Washington de aumentar em US$ 30 milhões o financiamento de processos desestabilizadores, devido à proximidade das eleições“, detalhou.

CRÍTICAS AOS EUA

Além de declarar a expulsão dos diplomatas, Jaua voltou a criticar os Estados Unidos por recomendarem ao governo venezuelano negociar com os setores opositores.“Ninguém pode dizer ao governo da Venezuela que mude sua forma de atuar contra os grupos violentos”, enfatizou.

O governo dos Estados Unidos qualificou as declarações da Venezuela como “falsas e sem fundamento” e disse que não está colaborando com os protestos no país. “Apoiamos a defesa dos direitos humanos e as liberdades fundamentais, incluindo a liberdade de expressão e direito de reunião – na Venezuela e em todos os países do mundo. Mas sempre dissemos que corresponde ao povo venezuelano decidir sobre o futuro político da Venezuela”, declarou o porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki.

19 thoughts on “Diplomatas dos EUA têm 48 horas para deixar Venezuela

  1. O governo Obama diferente muito pouco da política externa implementada pelo Bush, combate das maneiras mais espúrias a desestabilização de governos dos quais não rezam a sua cartilha de interesses. A Venezuela desde quando assumiu o governo eleito da coalização popular em 1999, sofreu três tentativas de golpes financiados através de ongs e grupos de extrema direita no intuito de desmontar todo esquema de estatização implementado do petróleo. Mesmo depois da farsa desmontada em 2002, os grandes setores midiáticos tentam vender uma falsa imagem de oposicionistas em prol da democracia em querer derrubar mais uma vez o presidente eleito Nicolas Maduro.

  2. Os governantes dos EUA se metem em todos os países. Desestabilizaram e derrubaram até o João Goulart aqui em 1964 e Mossadegh no Iran em 1953, como já confessaram. São abusadíssimos com aqueles que não se dobram aos seus interesses e não dispõem de poder de fogo para contê-los. Criam embargos e sanções unilaterais ameaçando até terceiros países que desejam comerciar livremente, Já jogaram napalm em camponeses vietnamitas durante anos, estão a matar impune e diariamente civis afegãos há doze anos que nunca fizeram nada contra o povo norte americano, alimentam no presente mercenários abertamente na Síria e pregam acintosamente a derrubada do governante lá, bombardeiam com drones o Paquistão, o Iémen, a Somália, corrompem os militares egípcios com dinheiro vivo para reprimir o povo lá, já bombardearam a antiga capital da iugoslávia, inclusive a embaixada chinesa. Só não se aventuram militarmente na Rússia, China, Coréia do Norte e Iran, porque sabem que a batata assaria para o seu lado. Eles são uma ameaça à paz mundial há muito tempo.

  3. Para que os bandidos que governam a Venezuela, que pensaram poderem implantar o comunismo com facilidade, sendo capachos dos irmãos Castro, graças à imensa riqueza natural do País – maior reserva mundial de petróleo – estão atordoados. Para que não fiquem colocando a culpa nos EUA, sugiro ao Obama que passe a municiar com armas pesadas o povo venezuelano, assim os carniceiros que se apoderaram da Venezuela não passariam por mentirosos. Quanto aos abutres que ficam criticando os EUA, morram com o seu veneno. Graças aos EUA e à Europa, esses ditadores sanguinários, que escravizam os trabalhadores, não conseguiram dominar o mundo. Gritem mesmo contra os americanos. Vocês nunca dominarão o planeta. Nós, cidadãos sérios e honrados, temos coragem suficiente para impedir a carnificina que vocês adoram praticar contra o povo.

  4. Não disse o comentarista acima um fato real sequer para contrapor as muitas ingerências e agressões dos dirigentes dos EUA mundo afora nas últimas décadas, incluindo aqui onde treinou torturadores brasileiros no Panamá para torturarem presos políticos brasileiros. Só trouxe adjetivos e subserviência aos interesses dos EUA.

  5. Que cidadãos sérios e honrados? Não têm coragem porra nenhuma! Se tivessem, não ficariam querendo que os Estados Unidos abastecessem “com armas pesadas” povo algum, principalmente o povo brasileiro, que já despertou e está causando medo nos tais “cidadãos sérios e honrados”.
    Você nada mais é que um covarde boquirroto, filhote da ditadura, como dizia Brizola, que vai se borrar nas calças se houver uma revolução popular no Brasil, como já está pintando!

  6. A Venezuela se tornou um país governado por bandidos e burros (e muitos por lá têm estas 2 qualidades juntas!).

    Tem talvez a maior reserva de petróleo do mundo, mas no entanto sua produção petrolífera diminui, ano após ano. Só este fato já fala por si.

  7. Para saber se um governo é bom ou ruim para seu país, é só verificar
    se o EUA é contra ou a favor, se for contra, é porque o governo do dito
    país defende os interesse nacionais e logo tratam-no como comunista.
    Simples assim.

  8. Uma correção: “manifestações violentas”…[ops, não é o Brasil black blocs] são manifestações de estudantes com vergonha na cara na Venezuela, reprimidas VIOLENTAMENTE pela polícia… o resto a covarde cumplicidade dos bolivarianos aqui e acola..

  9. Você nada entende de produção petrolífera, seu Juca Valo. Mas entende de burrice!
    Ter grande reserva de petróleo não implica em explorar totalmente tal reserva. Nenhuma nação com reservas gigantescas faz tal coisa.

  10. Essa, da culpa de tudo serem dos americanos é velhíssima..
    Ou melhor, achar que existe o bem ou o mal absoluto.
    Sem perceber a condição humana, cai-se no maniqueismo e aí, a ideologia, a pior escravidão, aquela que tira a alma do indivíduo, determina o certo e o errado. O absoluto.

    Isso não é bom para saúde.

    Esses crentes…

  11. Seu Juca, eu sou um dos bandidos e burros que apoiam o atual regime da Venezuela.
    Mais bandido e mais burro do que você pode imaginar. Dou coice de mula na virilha dos fascistas e entreguistas que nem sequer sabem quem foi e o que fez o luminar Simon Bolívar. Mas repetem a palavra “bolivarianismo” sem se darem conta de que estão falando sobre o que não entendem, mas divulgando o nome do grande vulto histórico Bolívar.
    Como disse antes, você entende de burrice e me descobriu. Perto de você, eu faria de tudo para agir como uma toupeira, já que para argumentar com você não há necessidade de muita inteligência.

  12. Mas o povo já sabe que o líder da oposição venezuelana, Leopoldo Lópes, apontado pelo Presidente Nicolás Maduro como autor de assassinatos e terrorismo, além de responsável pelos protestos no país, disse em um vídeo divulgado no domingo que se entregará hoje à polícia.

  13. Só uma perguntinha:

    Como é que um país que produz tanto petróleo e além disso ainda tem uma grande capacidade hidrica consegue ter um déficit tão enorme em termos energéticos com sucessivos black outs? O bolivarianismo está há mais de 14 anos no poder e não conseguiu resolver essa questão básica. Por quê? A culpa é dos americanos ou da incompetencia 100% venezuelana? Se há razões históricas para tanta hostilidade aos EUA(realmente há) por que não houve uma aproximação maior com China, Rússia e até mesmo o Brasil que poderiam ter auxiliado muito em termos de construção de barragem, refinarias e usinas térmicas. Não aprenderam as lições da Rússia e principalmente da China que deixaram de lado dogmas comunistas ultrapassados e souberam conviver com a competição do capitalismo. Realmente estão começando a pagar um alto preço por anos de incompetencia e despreparo. Esse Maduro é uma besta humana um homem completamente despreparado. Nem o carisma e até mesmo um certo jogo de cintura do Chavez ele tem.O melhor que poderia acontecer para a Venezuela seria ele renunciar e serem convocadas novas eleições. O país está a beiro do caos.

  14. “O bolivarianismo está há mais de 14 anos no poder e não conseguiu resolver essa questão básica (déficit energéticos sucessivos)”. Fácil a resposta, prezado Willy Sandoval. É que você não está lá para resolver esse problema tão simples.
    Em contrapartida, no Brasil dos vastos campos de petróleo e das ultrapassadas usinas hidroelétricas também sofre de apagões, mas nenhum Sandoval conseguiu resolver a charada.
    Coincidência as manifestações da Venezuela com as manifestações do Brasil?
    A China e a Rússia “deixaram de lado dogmas comunistas ultrapassados”. Em compensação, os Estados Unidos deixaram de lado dogmas capitalistas anacrônicos.
    E agora? O mundo está ficando muito igual, muito monótono e muito chato! Estão contrariando até as predições do Apocalipse! Tudo indica que não vai haver Apocalipse porra nenhuma!

  15. Ué, seu Dalton. Mas Fidel Castro não se juntou! Você se esqueceu do Pinochet, Mussolini e do Garrastazu Médici.
    Mas quem disse que existe inferno? Você acredita nessa babaquice? Se acredita, tem medo de ir para lá?
    Tenho a impressão de que Maduro é mais jovem e mais saudável do que você. É bem possível que você vá antes!

  16. “Mao Zedong” é assim chamado pelos países que adotam o idioma inglês. No Brasil e em Portugal se fala Mao Tse Tung. Não seja tão ávido em bajular os EUA e em ser macaco de imitação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *