Dirceu diz a apoiadores que 2019 foi “ano de vitória”, mas que “é hora de lutar, combater, não apenas resistir”

Resultado de imagem para dirceu solto

Liberdade de José Dirceu representa um acinte à cidadania

Deu no O Tempo

Em mensagem de fim de ano distribuída a seus apoiadores nesta quinta-feira, dia 26, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu disse que 2019 “foi um ano de vitória” e que o pior já passou. “Foi um ano de vitória. Lula livre. Nós passamos, acredito eu, pelo pior”, disse Dirceu no áudio distribuído via rede social.

O ex-ministro foi solto no dia 8 de novembro poucas horas depois do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva. Ambos foram beneficiados pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que extinguiu a prisão após condenação em segunda instância.

PROPINAS – Condenado a 30 anos, nove meses e dez dias de prisão na Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro, Dirceu estava preso desde maio deste ano depois de ser condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) em processo que envolve o recebimento de R$ 7 milhões em propinas por contratos superfaturados da Petrobras com a empresa Apolo Tubulares.

 Foi a terceira passagem de Dirceu pela cadeia por corrupção desde o escândalo do mensalão. Antes ele havia sido preso em 1968, pela ditadura militar, durante o congresso da União Nacional dos Estudantes em Ibiúna.

APOIO – Na mensagem, Dirceu agradece o apoio que teve de simpatizantes durante a série de viagens que fez pelo Brasil para promover sua autobiografia “Zé Dirceu: Memórias volume 1”.

“Sou otimista com relação ao nosso futuro. Vamos retomar o fio da história. Vamos construir um Brasil justo, livre e soberano. Um Brasil que cuida da sua terra e do seu povo (…) não é este país de (Jair) Bolsonaro, (Sérgio) Moro e (Paulo) Guedes, é o Brasil de Lula, o Brasil daqueles que tombaram lutando pela liberdade, pela democracia mas também pelo socialismo”, disse o ex-ministro.

PREVISÕES – Nas palestras que fez durante o lançamento de seu livro, Dirceu fez previsões menos otimistas do cenário político depois da eleição de Bolsonaro e disse que o domínio da direita vai se estender por anos.

No áudio distribuído nesta quinta-feira, apesar do otimismo, ele diz que a “luta será longa”. “É hora de lutar, combater, não apenas resistir. Temos que construir uma alternativa a este desgoverno. E podemos construir. Depende só de nós (…) Superamos já a dor e o sofrimento e olhando com otimismo e alegria o futuro. Sem ilusões. Sabemos que a luta será longa e prolongada mas sabemos que vamos retomar o fio da história”, completou o ex-ministro petista.

18 thoughts on “Dirceu diz a apoiadores que 2019 foi “ano de vitória”, mas que “é hora de lutar, combater, não apenas resistir”

  1. Dirceu, grande lider politico. Entra para a história como protagonista, que levou a esquerda ao poder.

    A queda de Dirceu foi a brecha para os derrotados da direita armassem sua vingança.

    Mas derrotados pelo povo uma vez, serão em breve derrotados, outra vez.

    O campo democrático popular logo volta ao poder para colocar os interesses do povo em primeiro lugar.

    A farra dos derrotados da direita bolorenta será breve.

  2. Solto pela covardia de ministros desonestos do STF,o bandido se sente a vontade para vomitar bravatas.
    O mal cheiro da sua imundície vai longe, e os brasileiros dignos não o suportam, mas sabe que o matuto metido a maandro voltará a cadeia por obra dos bons brasileiros do congresso.

  3. Mais um feito de Jair: Brasil concentra mais de 85% dos casos de sarampo nas Américas.

    Governo BBB que governa pensando apenas na bala, boi e biblia.. não liga para o povo.

    • No entanto, 99% das crianças brasileiras estão vacinas, segundo estatísticas oficiais.
      https://nacoesunidas.org/regiao-das-americas-confirma-mais-de-15-mil-casos-de-sarampo-neste-ano/
      Mas há uma enorme população desassistida neste país, embora sua existência fosse negada no tempo das fanfarras lulistas, onde todos os pobres viviam viajando de avião usando sandálias havaianas do Joesley. Se o PT ainda estivesse no poder, Fraulein Greta Thunberg estaria profundamente indignada com tantos aviões da propaganda lulista e tanta poluição. O PT tem mesmo muita sorte de estar fora do poder e do papel de vilão.

    • Alex, essa ai vc também pode por na conta dos celerados canhotos, pois até final dos anos 90 o Brasil era o único pais no planeta que conseguia vacinar 90% da população em um único dia, mas ai veio os canhotos e tudo mudou, não existe mais o dia da vacinação e o sujeito vai quando que e se quiser e deu no que deu , é o mundo canhoto se revelando.

  4. Botox Cubano, não tem jeito.
    Não aprendeu nada na cadeia.

    Pra manter o monopólio da oposição,esse calhorda apostou quanto pior é melhor.

    Ainda no Governo Temer, parceiros de falcatruas,esse canalha mandou a CUT, cruzar os braços e praticaram os maiores atentado aos trabalhadores.

    Em relação o eleito Bolsonaro,o filme se repetiu, sabotaram CIRO GOMES,di todas as maneiras com mentiras e compra di votos,se perfilando aos Bolsonaristas.

    A dita,direita ?
    Quê direita ?

    Houve troca,sai o CV,
    entra o pessoal do condomínio..

    Querem tudo explicadinho,nos mínimos detalhes, pergunte ao personagem SARAIVA.

  5. Safado! Tiveram o poder nas mãos durante longos anos e o que fizeram, além de roubar e jogar o país na sua pior crise econômica? Ele e seus comparsas de crimes, o chefe incluso, deveriam pedir desculpas aos parentes daqueles que morreram nas filas de atendimento dos hospitais, aos milhões de desempregados jogados na rua da amargura. Enquanto muitos sofrem neste final de ano devido às safadezas que esses criminosos cometeram, a quadrilha comemora suas viagens, passeios, ceias e almoços livres e impunes. Um dia eles pagarão seus crimes, de uma forma ou de outra.

  6. O Alex Cardoso mostrando sua face complacente com corrupção, traição e assassinatos. Visivelmente está muito preocupado com os interesses do povo e do Brasil. É o perfeito perfil da nova esquerda do país. Grande Alex Cardoso.

  7. -Pois é!
    -Se não fosse pela pedra chamada BOLSONARO, o Lula hoje seria presidente e o Dirceu, ministro.
    NENHUM dos demais candidatos teriam a menor chance de derrotar os petistas nas urnas.

    -Era isso aí que você queria?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *