Dirceu é preso em Brasília e será levado para Curitiba

E aconteceu o que José Dirceu tanto temia…

Deu no iG

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi preso preventivamente pela Polícia Federal (PF) em Brasília nesta segunda-feira, na 17ª fase da Operação Lava Jato, de acordo com o advogado dele, Roberto Podval.  Ele foi detido em quando estava em casa, antes de sair para o trabalho, e será levado de avião para a superintendência da PF no Paraná. O irmão e sócio dele Luiz Eduardo também foi preso.

A prisão, que foi feita temporariamente, tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado.

Cerca de 200 policiais federais cumprem 40 mandados judiciais, sendo 26 mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão preventiva, cinco mandados de prisão temporária e seis mandados de condução coercitiva, em Brasília e nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Assim como o ex-ministro, os demais  presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

28 thoughts on “Dirceu é preso em Brasília e será levado para Curitiba

    • Agora os bandidos conseguem passe para o Dia dos Pais e nunca mais voltam. Ao Zé Dirceu foi negado viajar! Faz delação premiada, Zé Dirceu.

    • É Zé Dirceu, faz deleção premiada! Diz a verdade sobre o poderoso chefão que nunca foi te visitar.
      Como prende uma criatura que está com tornozeleira! Preventiva, por que?
      Acho que o Papa Francisco deveria canonizar o sem pecado Juiz Moro! Cadê que ele tem peito para ouvir o Molusco! O São Moro quer superar o Joaquim Barbosa. Negou a ida do Zé Dirceu a terra dos pais no Dia do Pai. Mas muitos bandidos são liberados e não voltam mais!

  1. Com a prisão do Zé Dirceu ( vulgo Zé caroço) e o excelente artigo do Carlos Newton, mais abaixo, a semana começou maravilhosamente bem.
    ALELUIA.

      • Eu sei disto, mas este crápula do zé dirceu, foi o principal articulador que fez de tudo para tirar a Varig do Cenário da Aviação Civil Brasileira…..O dia deste crápula está chegando. E tenho certeza que os outros também terão o seu dia de cão……Dia 16 de agosto todos os brasileiros nas ruas do Brasil para pedir a saída destes crápulas e corruptos do Poder Central do Brasil.

  2. “Ninguém vive impunemente as delícias dos extremos’!
    A prisão de Zé Dirceu – a segunda envolvido em corrupção, a primeira foi o mensalão – comprova a máxima acima.

  3. O Delegado da PF declarou que a J. D. Consultoria repassava grana para blogs… Quais seriam??? O do ex escritor do Cachoeira ou o do homem dos vários CPFs ?

  4. Editora investigada
    Um dos investigados nesta fase é um jornalista da Editora 247. Segundo despacho do juiz Sergio Moro, Leonardo Attuch é suspeito de receber dinheiro por serviços não executados. O ex-tesoureiro do PT teria articulado o repasse de R$ 120 mil para oficializar o “apoio” do partido ao blog do jornalista.

    O MPF chegou a pleitear algumas medidas contra o jornalista, mas o Moro negou. O juiz destacou, em sua decisão, que ainda são necessários maiores esclarecimentos sobre este caso.

  5. A ‘modesta’ reforma de R$ 1,3 milhões foi ‘doação de campanha” …
    “Uma reforma realizada na casa do ex-ministro José Dirceu no município de Vinhedo, no interior de São Paulo, teria sido paga com propina desviada de um contrato da Petrobras. A informação consta de pedido de busca e apreensão do Ministério Público Federal.

    De acordo com o lobista Milton Pascowitch, um dos delatores da Lava Jato, a reforma aconteceu no final de 2012 e início de 2013, após a contratação de uma arquiteta para realizar o trabalho.

    “Milton ressaiu ter contratado, no final de 2012, ini?cio de 2013, [uma] arquiteta […] para que ela executasse a reforma de um imo?vel localizado em Vinhedo/SP, que seria utilizado como escrito?rio e reside?ncia por Dirceu”, afirma trecho da representação.

    “O valor para a reforma, de R$ 1,3 milha?o, teria origem em propina decorrente de contratos da obra Cacimbas II”, acrescentou o Ministério Público Federal.

    Cacimbas é uma das muitas obras contratadas pela Petrobras e investigadas pela Operação Lava Jato.

    Dirceu foi alvo da 17ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Pixuleco, e está detido na superintendência da Polícia Federal, em Brasília, à espera de autorização do Supremo Tribunal Federal para ser transferido para Curitiba.

    O Blog não conseguiu contato com a assessoria de imprensa e advogados do ex-ministro. Mais cedo, eles afirmaram que dariam informações assim que tivessem acesso ao motivo da prisão.
    ( Blog do Matheus Leão – G1 )

  6. Vale a pena ver de novo!!

    Só que dessa vez ele não cantou a musiquinha da abertura do Kamen Rider Black RX!

    O Herói não desiste
    Segue Avante

    O Herói ergue o braço
    Como um gigante

  7. Conforme avançam as investigações da Operação Lava-Jato, percebe-se que Zé Dirceu foi incumbido de criar e descobrir meios que levassem o partido e alguns de seus dirigentes e ele próprio a enriquecer, principalmente ampliando as burras do PT e torná-lo invencível nas eleições pelo dinheiro obtido criminosamente, mas em quantias suficientes para enfrentar qualquer pleito municipal, estadual e federal.
    E foi tanto dinheiro e tanta gente envolvida, que os métodos foram aos poucos descobertos por aqueles que também queriam participar dos golpes, caso contrário, a denúncia à imprensa ou vazamento de informações.
    O mensalão foi assim posto abaixo, através de uma denúncia de um dos participantes do crime contra as instituições, Roberto Jefferson, que dedurou Dirceu, alguns parlamentares e dirigentes petistas, que foram condenados e presos. Uma condenação tão amena em comparação às impostas aos outros acusados que não eram do PT ou pertenciam a partidos políticos, que o STF ficou devendo à sociedade as razões pelas quais tanta diferença no peso das punições.
    Pois agora estamos diante do petrolão, outra invenção elaborada pelo maquiavélico, aliás, criminoso mais próximo e íntimo do poder, Zé Dirceu, novamente.
    Em outras palavras:
    O Zé jamais exerceu as suas funções de ministro e deputado federal, mas somente se debruçou em elaborar formas de roubar o Brasil.
    Zé jamais trabalhou, nunca fez algo de útil ao País, somente lhe deu prejuízo, pois a sua mente é de um criminoso, de um canalha, de um ladrão que, se espera desta vez, um comportamento diferente dos Juízes com relação à punição que receberá, que não pode se igualar à anterior, amena, fraca, mais umas férias que a punição em si.
    E quanto aos tresloucados que rapidamente fizeram uma “vaca gorda” para ajudá-lo no pagamento da multa imposta no mensalão ao petista ladrão, lembro que Zé tem milhões guardados, e deve rir a bandeiras despregadas com esta turma solidária à sua falsa situação financeira, naturalmente opulenta, sólida, rica, e muito bem protegida, evidentemente!
    Qual será o outro escândalo nacional com o envolvimento de Zé Dirceu?
    BNDES, ora.

    • Excelente comentário, amigo Bendl. Comprova-se agora que Dirceu é realmente o número 2 da quadrilha. E o número 1 todos sabem quem é.

      Logo estourarão os escândalos do Eletrolão, do BNDESsão, dos Fundos de Pensão, da Transposição do São Francisco, dentre outros. É só questão de tempo!

      • Por onde andas, Juca?
        Grato pelo apoio, mas a lógica aponta quem é o chefe de Dirceu e quem lhe deu carta branca para agir desta forma, e a cada dia que passa se torna mais evidente.
        Um abraço, meu amigo.

  8. São tantas as notícias envolvendo suspeitas que pairam figuras nos mais altos postos do país que a Procuradoria-Geral da República deve ter esquecido em alguma pilha de processos o pedido de Teori Zavascki a Rodrigo Janot, para que ele se manifeste sobre as mensagens telefônicas citando José Dias Toffoli, encontradas pela Polícia Federal no celular de Léo Pinheiro, o dono da OAS.

    Em 11 de maio, portanto há quase três meses, Teori enviou a Janot o material que recebeu da PF e que VEJA havia publicado uma semana antes.

    Nas mensagens, Léo Pinheiro era convidado para as festas de aniversário de Toffoli, e aparecia pedindo a um funcionário que providenciasse um presente para o ministro.

    Apesar da proximidade, Toffoli votou em uma decisão da 2ª Turma do STF pelo habeas corpus para Léo Pinheiro.

    As mensagens também incluem mensagens de Pinheiro com Benedito Gonçalves, em que o ministro do STJ pedia favores.

    Em maio, a Procuradoria-Geral da República prometeu que Rodrigo Janot se manifestaria em até duas semanas. Até agora, nada.
    Por Lauro Jardim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *