Ditadura egpcia no conseguir extinguir a Irmandade Muulmana

Paulo Solon

Certamente por haver previsto o fim do estado Judeu e por haver incentivado os judeus egpcios a deixarem aquele pas, o proeminente lder da Irmandade Muulmana, Essam el-Eriam, foi preso recentemente pelos aproveitadores que tomaram de assalto o governo do Egito.

Mas no de hoje que a Irmandade perseguida pelo imperialismo, j que inimiga do imperialismo e do sionismo. Como declarou o ativista Hassan Al Banna em 1927, Elimine o imperialismo de suas almas e ele deixar suas terras. Na poca, Banna estava se referindo presena britnica em seu pas. Na verdade, foi o primeiro nacionalista a pregar com zelo religioso, mencionando os perigos para o Egito e para o Islam a presena de estrangeiros no-muulmanos. A sharia seria implementada e o Coro seria a constituio do Egito.

Banna fundou a Irmandade Muulmana em 1928. A Irmandade tornou-se o primeiro movimento de massas de dissidentes polticos islamistas na histria moderna. Tudo indica que no vai ser a priso de um ou mais lderes, nem sua declarao de movimento terrorista, que vai extinguir a Irmandade, a qual j inspirou fraternidades similares em outros pases muulmanos.

PERSONALIDADE MAGNTICA

Hassan Al Banna era um orador inato com uma personalidade magntica e capacidade de conectar com o povo de todas as camadas do mundo muulmano. Era preciso e sinttico. Ao contrrio de seus oponentes, Banna no falava sobre democracia e constitucionalismo e liberalismo. Banna foi persuadido, na dcada de 1940, a organizar um ramo paramilitar da Irmandade. Ele via a influncia britnica e o Partido Comunista como inimigos mortais.

Eu disse acima que de nada vai adiantar a priso de lderes da Irmandade, nem sua classificao como organizao terrorista. Como exemplo, cito o fato de o prprio Banna ter sido assassinado em fevereiro de 1949 quando entrou em um taxi na cidade do Cairo. Foi fulminado com tiro queima roupa.

Mas a Irmandade Muulmana continuou. E tentou assassinar Nasser em 1954, o qual havia posto a fraternidade fora de lei, tal como os militares golpistas egpcios esto fazendo agora. A Irmandade era e continua sendo atuante, a ponto de ter derrubado o Rei Farouk no comeo de 1950. Nasser detestava religio, sendo inimigo da Irmandade, apesar de ela haver declarado que o Islam cem por cento nacionalista.

Assim, a Irmandade posta fora de rbita, mas retorna com toda pujana na dcada de 1970. Retomou as rdeas da poltica egpcia dizendo que o Egito e outros estados rabes eram fracos porque no haviam erguido suas naes baseadas em religio, como os Judeus Sionistas haviam feito. Concluram que os Judeus haviam erguido um estado teocrtico.

NO VAI ACABAR

No tem sentido esperar que a Irmandade vai ser varrida e desaparecer, j que ela se baseia em religio. As religies foram criadas pelos homens, no para fazer com que os homens acreditem em deus, mas para aumentar o poder de seus lderes e reduzir o poder dos fiis. Elas aprofundam esse estupor semicatalptico no qual vive grande parte dos mamferos humanos. Usam e abusam das palavras amor fraterno, sem esconder que o que praticam so dissenes contnuas mescladas com dio teolgico, atitude repelente e nauseante para um homem acostumado a funcionar com suas clulas cerebrais.

Quando o New York Times publica que a priso do Sr. Essam el-Erian pe fim a uma carreira que traou a evoluo do grupo atravs de anos de represso, lutas internas, vitrias eleitorais e falncias polticas, vocs sabem que est divulgando uma mentira.

A Irmandade nacionalizou terras, fbricas, imprensa, escolas, associaes profissionais, instituies de caridade, sindicatos (qualquer grupo alm da famlia), seguiu as diretivas de um homem que promoveu todas essas mudanas com uma nova teoria de ao poltica Islamista chamado Sayyid Qutb, que, em 1964 publicou Novos Marcos na Estrada, um livro de enorme influncia sobre os islamistas radicais at os dias de hoje. Qutb havia residido nos Estados Unidos frequentando o Wilsons Teaching College no Distrito de Columbia e a University of North Colorado.

A nova piedade muulmana de Qutb foi forjada exatamente nos Estados Unidos, onde ele ficou chocado com a permissividade sexual aqui reinantes, com o racismo, e com os sentimentos pro-Israel.

LDER ENFORCADO

Sayyid Qutb foi enforcado juntamente com dois outros membros da Irmandade em 1966, sob a acusao de conspirao para tomar o poder.
Atuante e sem fim sempre ser a epopeia da Irmandade Muulmana.

Anwar Al Sadat, como Presidente, fez um pacto com a liderana anticomunista da Irmandade. Mas os Islamistas radicais agiam como Qutb, demandando que o governo implementasse a sharia. Sadat, como se sabe, foi acusado pelos esquerdistas de trair Nasser e a causa rabe. E os Islamistas acusaram-no de trair o Islam. Acabou assassinado em um desfile militar por um tenente anti Israel.

A partir de 1981 vrios grupos clandestinos se formaram para influenciar a histria do Egito. Foi quando l surgiu a palavra Jihad.

Os militares no perdem a chance de matar um presidente pago.

A Irmandade est atuante. E continuar atuante. Mesmo com a deposio do Presidente Mohamed Morsi, com a priso de vrios de seus lderes e com a atitude colaboracionista do Primeiro-Ministro Recep Tayyip Erdogan, da Turquia.

2 thoughts on “Ditadura egpcia no conseguir extinguir a Irmandade Muulmana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.