Doleiro Youssef passa mal de novo e está internado

http://www.bocamaldita.com/wp-content/uploads/2014/07/doleiro.jpg

Foto mostra Youssef bastante debilitado na prisão

Deu no Correio Braziliense

O doleiro envolvido nas investigações da operação Lava Jato Alberto Youssef foi hospitalizado na tarde deste sábado (29/11). Ele passou mal na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba e foi levado para o Hospital Santa Cruz, por volta das 14h30. Esta é a quarta vez que ele precisa ser encaminhado a uma unidade de saúde. A última delas ocorreu na terça-feira (25/11).Segundo o advogado que representa o doleiro, Antônio Figueiredo Basto, Youssef teve queda de pressão, além de dores abdominais e febre. Ele é considerado o líder do esquema bilionário de lavagem e desvio de dinheiro revelado pela operação da Polícia Federal.

“Eu estive com ele na quinta-feira (27) e me assustei com o quanto ele está debilitado. Há um tempo estamos tentando a remoção dele. Ele está desnutrido e tem uma doença crônica. Vamos esperar a avaliação do hospital agora”, disse o advogado a portais de notícias. De acordo com Figueiredo, desde que Youssef foi preso, ele emagreceu 20 quilos.

Antes de passar mal na quinta-feira passada, Youssef prestou o último depoimento do acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal (MPF). Ele falou por quase seis horas, fechando a última etapa antes da decisão da Justiça sobre o acordo de delação premiada.

2 thoughts on “Doleiro Youssef passa mal de novo e está internado

  1. Não seria surpresa se ele algum dia aparecer “suicidado” ou com algum “problema de saúde” misterioso e mal-explicado… Vão dizer que ele estava deprimido ou doente…Nesse puteiro chamado brasil é isso que geralmente acontece com gente que sabe demais. Pedro Collor, PC Farias e sua amante, Toninho do PT, Celso Daniel foram alguns tiveram versões esdrúxulas para suas mortes.

  2. Sei não…

    Enquanto não enfartar a língua, ele continuará na gaiola. Ainda têm muito para cantar… é um “arquivo” muito precioso, para ser deixado em casa numa “domiciliar”. Ainda mais que ele já teve essa chance. e entrou, de novo no descaminho. Cesteiro que faz um cesto…

    Talvez, se fosse do núcleo político, algum ministro do Supremo iria ter pena do operador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *