Dom Orani adverte que a poltica precisa servir sociedade, no a partidos

Resultado de imagem para dom orani

Cardeal critica o desvirtuamento da poltica

Deu na Agncia Brasil

O arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Orani Tempesta, diz que mesmo na dificuldade financeira as famlias brasileiras tm que se manter unidas para superar o momento atual do pas. Durante missa para celebrar o Corpus Christi na Igreja de SantAna, no centro da cidade, o religioso destacou que a sociedade precisa pensar mais no Brasil do que em questes pessoais. Que as pessoas pensem mais no outro e no pas e menos no poder, nas preocupaes com o poderio e, sim, no bem das pessoas.

Logo no incio da celebrao, o cardeal disse que o Corpus Christi uma oportunidade de rezar pelo Brasil, intercedendo pelas dificuldades que o pas atravessa, para encontrar caminhos de paz e tica. De acordo com dom Orani Tempesta, o Brasil vive momentos de intolerncia e preciso repensar o pas.

IRRESPONSABILIDADE – Segundo o cardeal, parte das dificuldades atuais se deve falta de responsabilidades de gestores que nos levaram situao assim.

Que todos sejam atentos s necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas. Que o dilogo e o respeito venam o dio e os conflitos. Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliao. Que a poltica esteja, de fato, a servio da pessoa e da sociedade e no dos interesses pessoais, partidrios e dCorrupo

Em outro momento da missa, dom Orani alertou para os problemas da corrupo e da violncia no Brasil. Estamos indignados diante de tanta corrupo e violncia que espalham morte e insegurana. Pedimos perdo e converso. Cremos no Vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do pas: injustia e desigualdade, ambio de poder e ganncia, explorao e desprezo pela vida humana.

MAIS SOFRIMENTO – Em entrevista aps a celebrao, o arcebispo afirmou que os desvios que ocorrem no pas tm levado sofrimento aos brasileiros.

Tanto na minha fala como na orao pedimos para aqueles que exercem poder que exeram em benefcio do povo, para pessoas, principalmente, mais carentes, e no para si mesmos, destacou.

9 thoughts on “Dom Orani adverte que a poltica precisa servir sociedade, no a partidos

  1. Em todo o tempo que Deus tem me concedido viver, sempre soube que h corrupo, mas no da magnitude que existe no Brasil, em todos os lugares, parece uma cultura que est entranhada no ser humano, quando assumem posies de poder, s pensam em se locupletar atravs do cargo que ocupam, tem poder para movimentar R$ bilhes de reais e dlares, a vem a tentao e procuram tirar proveito, preciso que os rgos fiscalizadores se empenhem em tecnologia para impedir que isto acontea, o pas precisa de um choque de moral nos polticos, justia e fazer o que correto, esperanas no tenho, temos a liberdade, mas ela ser cobrada, no sei se pelo povo em geral, mas um dia, nem que seja aps a morte sero cobrados.

  2. Pois ! Eu gosto quando o indivduo mata a cobra e mostra o pau no sentido literal, e lgico.
    Gostaria que os religiosos, quando falassem de poltica e passassem a dar “conselhos” tambm informassem quem foi que atirou o pais na situao que agora criticam.
    So engajados na poltica, inclusive partidria, mas quando suas opes se revelam desastrosas, ai vem com as desculpas de sempre, generalizando os culpados.
    A nossa situao atual da lavra do lula e do PT,
    apoiados pela CNBB inclusive a escolha do Temer como vice na chapa, foi abenoada pelo morubixaba petista.
    Portanto dar nome aos bois, fundamental.

  3. Empresrios e investidores j no creem no cumprimento da agenda econmica do governo. O pessimismo aumenta a cada dia e h a previso de volta da retrao do Produto Interno Bruto no 2 trimestre, aps a leve recuperao no comeo do ano.

    A avaliao de que a equipe econmica no conseguir impor a agenda de austeridade fiscal diante do enfraquecimento poltico de Michel Temer. A lista de benesses do Planalto s custas do Oramento aumenta a cada dia.

    https://goo.gl/TnaxGw

  4. Nosso Cardeal D. ORANI TEMPESTA aponta defeitos de nossa Poltica ( Administrao Pblica), mas no d a soluo.
    A soluo um Sistema de Controle com o qual os Administradores Pblicos “fiquem enquadrados” e OBEDEAM a vontade da maioria do POVO.
    Os Banqueiros no se preocupam com quem vai ocupar a Gerncia/Tesouraria de suas Agncias, porque tem um excelente Sistema de Controle e isso implica em que sua vontade perfeitamente executada pelos Gerentes.
    Temos que fazer igual na Administrao Pblica.
    possvel fazer isso, pelo menos melhorar muito o que existe.
    No adianta s se queixar.
    necessrio estudar o que outros POVOS que passaram pelo mesmo problema antes fizeram, e adaptar a soluo para Ns.
    Soluo,os problemas tem.

    • Prezado Bortolotto, temos que comear pelo judicirio com juzes ntegros, que respeitem a lei e acima de tudo a Constituio. Quando os togados fazem acordos para defender os “seus” sinal de que a corrupo est fora de controle. O caminho vai ser longo e dificilmente vai ser trilhado em apenas uma dcada. Espero que no seja necessrio rolar sangue para que a mudana acontea.

  5. Prezado Sr. PAULO 2

    O Regime Democrtico ( Governo da Maioria com respeito pela Oposio Minoritria), evolui para melhor, por Tentativas e Erros.
    Nessa Crise Poltica Moral em que vivemos, temos que fazer uma Reforma Poltica.

    A nosso ver, que inclua pelo menos:
    1- Clusula de Barreira alta para reduzir os principais Partidos Polticos a 4.
    2- Eleies Primrias para a escolha dos Candidatos de cada Partido.
    3- Mecanismo de Recall de maus Representantes.
    4- Voto Facultativo.
    5- Todos os rgos Fiscalizadores, ( Tribunais de Contas, etc) preenchidos por Auditores Profissionais.
    Etc, Etc.

    Abrs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.