Dona Dilma com bola da cristal, fala sobre os juros em 2015. Que maravilha viver. E nesse 2015 “adivinhado”, ela ainda será presidente? Ou já estará como ex?

Helio Fernandes

De fazedora a adivinhadora: “Dentro de 4 anos, o Brasil terá taxas de juros compatíveis com o exterior”. Serão como os EUA (0,25%, condicional) ou ZERO-ZERO, como o Japão?

Outra visibilidade de Dona Dilma: essa previsão é para março de 2015. Ela “viu” no horizonte, que ainda será presidente? Pelo calendário sucessório e a vontade de Lula, ela sairá em 1º de janeiro de 2015, bem longe da “adivinhação”.

***

O FMI VOLTOU

Passou um tempo desaparecido, sem infernizar a vida dos países tipo Brasil. Agora, expediu ou expeliu “recomendações” para o nosso crescimento. Principal: “O Brasil tem que ir mantendo o superávit primário de 3 por cento”. O Brasil é o único país do mundo que tem esse SUPERÁVIT para pagar (amortizar) as dívidas, e o resto que se dane.

***

MANTEGA BOMBARDEADO

Nos meios governistas se discute a saída ou permanência do ministro da Fazenda. Na verdade, vem contrariando tantos interesses poderosos, que a dúvida é sobre o tempo que lhe resta.

Mantega tem errado muito, mas sempre sem se submeter a grupos empresariais. Desde que as medidas para fazer o dólar subir não deram certo (ainda no governo Lula), começaram a “exigir” a sua cabeça. Mantega errou o que Palocci deixou, maldição. E Palocci é o ponta de lança para tirar Mantega do cargo.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *