Donald Trump era sincero quando anunciava sua posio ultra conservadora

Resultado de imagem para Trump charges

Charge do Clayton, reproduo de O Povo/CE

Pedro do Coutto

Ao longo da campanha eleitoral, o candidato Donald Trump fazia questo de colocar em destaque sua posio ideolgica de ultra conservador, ocupando uma faixa de extrema direita que dividiu os prprios republicanos. mas no o eleitorado, tanto assim que se tornou vitorioso nas urnas decisivas. Muitos podero ter pensado que se tratava de uma estratgia. Mas no era s isso. Suas palavras eram verdadeiras, representavam seu pensamento mesmo.

O reflexo na opinio pblica chegou a tal ponto segundo a Folha de So Paulo que o Google e o Facebook, gigantes da Internet, resolveram vetar nos sites publicitrios a veiculao de notcias falsas e, ao mesmo tempo, analisar a colocao de matria distorcidas, pois, em ambos os casos, favoreceram Trump. O Google e o Facebook certamente possuem as respectivas provas e vo passar a dedicar mais ateno ao plano tico, impedindo a circulao de inverdades. Tarefa difcil, mas necessria; so bilhes de mensagens dirias,. Os motivos so muitos e abrangem mltiplos setores.

Mas no caso dos pronunciamentos de Donald Trump, ele no enganou. Ao contrrio. Est comeando a fazer exatamente aquilo que se comprometeu a realizar, deslocando a prxima Casa Branca ao plano do radicalismo.

NOMES ESCOLHIDOS – Reportagem de Henrique Gomes Batista, correspondente de O Globo, e a anlise do New York Times, traduzida pelo O Estado de So Paulo, deixam claro o rumo do presidente eleito, com base na seleo dos escolhidos para compor seu governo.

O general Michael Flynn, que ser conselheiro para Segurana Nacional, em passado recente defendeu o uso de tortura para obter confisses. Flynn situa-se ao lado de Stephan Bannon, editor de um site racista, escalado para estrategista do governo que assume em janeiro.

O quadro ideolgico atual tem um precedente no passado, mas que resultou em efeito inverso. Ocorreu nas eleies de 64, um ano aps a morte de Kennedy, quando Lyndon Johnson derrotou Barry Goldwater.

GUERRA DO VIETN – O conflito no Vietn estava crescendo e se tornando cada vez mais dramtico para os EUA. Goldwater vai televiso e afirma que por traz dos guerrilheiros do Vietn estava a China de Mao Tse Tung e Chou En Lai, portanto ento comunista. Eleito, disse o republicano, acabo com a guerra do Vietn lanando uma bomba atmica na China.

Minutos depois, entra em cena Johnson, na mesma rede, e afirma simplesmente: quero avisar aos americanos que o meu adversrio no est falando somente para agradar seus eleitores. E faria isso mesmo se chegasse a Washington. Boa noite, completou. Com isso, Barry Goldwater foi derrotado, alcanando apenas 1/3 dos votos.

LEMBRANDO O GENERAL – Goldwater inspirou-se naquela noite de outubro numa afirmao do general Douglas Mac Arthur, heri da guerra no Pacfico e nomeado em 45, depois das bombas em Hiroshima e Nagasaki, governador geral do Japo. Havia a guerra da Coreia, com a regio Norte contra a do Sul, com os EUA apoiando a segunda. Hoje so dois pases. O confronto comeava em 49, a China de Mao dando suporte regio Norte.

Mac Arthur d uma entrevista ao New York Times e ao Washington Post, sustentando que a soluo seria jogar uma bomba atmica contra Pequim.

O presidente Harry Truman o demitiu imediatamente. Afirmou que uma deciso desse porte pertencia exclusivamente ao presidente da Repblica. Truman havia sido vice de Franklin Roosevelt e assumiu em abril de 45, sendo reeleito em 48. Sabia tomar decises. A diviso da Alemanha, uma delas, freando a expanso do poder de Stalin. Decidiu o Plano Marshall que, atravs do Banco Mundial, permitiu a reconstruo da Europa e a conteno do comunismo.

Bem. voltando a Donald Trump, ele, claro, no Goldwater. Mas parece um pouco.

9 thoughts on “Donald Trump era sincero quando anunciava sua posio ultra conservadora

  1. Aqui na bannia, o Jair Bolsonaro j comea aparecer em todas as pesquisas. inclusive a frente de alguns “suspeitos de sempre”, de vencer as eleies.
    A verdade que tanto l como c, o povo j esta cansando dos polticos “bonzinhos” que s querem distribuir dinheiro pblico em troca de votos.
    O Trump todos os dias tem que derrotar os inconformados, a turma do politicamente correto, que achava que apos um negro, deveriam os americanos eleger uma mulher.Tudo ao seu tempo. No dia que aparecer uma mulher que no tenha como nica qualidade o fato de ter sido primeira dama e seja comprovadamente competente, devem no s os americanos, mas qualquer pais do munda, aproveitar a competncia e promover sua eleio
    A Hilary seria a Dilma do Obama.

  2. A Globalizao fomentada pelas grandes Corporaes Americanas DESINDUSTRIALIZOU os EUA. Apareceram nos Estados mais industrializados os famosos Rust Belts.
    Enquanto a Indstria, grande geradora de Salrios altos minguava, cresciam os Servios: Fazedores de Hamburguers nos McDonalds, Repositores no Wal-Mart, Enfermeiros, etc,etc.

    O Candidato TRUMP (70) Republicano, espertamente prometeu a grande Massa da Populao Branca No Universitria, ( os grandes perdedores na Globalizao), que lembravam do bom Padro de Vida de seus Pais que trabalharam na Indstria quando a Indstria Americana era predominante, de simplesmente trazer esses Felizes tempos de volta. MAKE AMERICA GREAT AGAIN.
    Se vai conseguir isso ou no, vamos ver.

    • Prezado Sr. Flvio Jos Bortolotto … Saudaes!

      http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2016/12/12/trump-escolhe-banqueiro-do-goldman-sachs-para-dirigir-conselho-economico.htm tem: “O ex-presidente democrata Bill Clinton criou este Conselho em 1993, ano em que assumiu o poder, para ser assessorado em matria de economia nacional e internacional.” … Isto, aps ter ganho as eleies, com o mote: “ a economia, estpido”

      https://pt.wikipedia.org/wiki/Robert_Rubin: “Robert E. Rubin (29 de agosto de 1938) trabalhou durante 26 anos na firma Goldman Sachs, chegando posio de “co-senior partner”, antes de tornar-se diretor do Conselho Econmico Nacional da Casa Branca de 1993 a 1995 e Secretrio do Tesouro de 1995 a 1999, durante os dois mandatos de Bill Clinton. Foi presidente Citigroup de novembro a dezembro de 2007[1] e permaneceu como conselheiro da empresa at janeiro de 2009.[2][3]”

      Robert Rubin o pai do Capitalismo Financeiro … em que a Produo o de menos – e se produz onde mais barato!!! o que levou Globalizao DA PRODUO … … … enquanto a renda se foi concentrando cada vez mais!!!

      Agora, Trump convoca novamente o Goldman Sachs para reverter em favor de seus eleitores – pois Trump da PRODUO!!! !!! !!!

      Washington, 12 dez 2016 (AFP) – O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, escolheu nesta segunda-feira o nmero dois do banco Goldman Sachs, Gary Cohn, para dirigir o Conselho Nacional Econmico da Casa Branca.
      “Gary Cohn colocar a servio dos americanos seu talento como homem de negcios”, destacou o futuro presidente em um comunicado.”


      “Compartilho a viso do presidente eleito Trump de garantir que cada trabalhador americano tenha um emprego seguro em uma economia florescente e estaremos totalmente comprometidos em construir uma nao forte, que cresce e prospera”.”
      … … …
      … … …
      … … …
      Na traduo simultnea, conforme nosso ilustre editor CN: Trump escolhe o Goldman Sachs para reverter a lambana que fizeram … … … de igual modo, Temer precisa EXIGIR de Meirelles e Goldfjan que corrijam os erros passados que levaram o Brasil situao de hoje … … … at agora o BC est s enrolando – e Temer PRECISA dar uma de Trump, antes que acabem com o Brasil!!! !!! !!!

      Forte abrao do (pe)emedebista dos histricos Liono Ramos Ferreira.

  3. Creio que a primeira vez que vou em sentido contrrio ao P. Coutto, mas est tendencioso a escrita. analisarcom base em um nome um governo que nem comeou. Se. Possvel quando chegar em casa volto falar sobre o assunto.

  4. A anlise de mercado com relao China de que Trump jogar pesado para obter concesses at atingir um ponto de equilbrio que considera mais favorvel aos interesses do seu grupo.

    Nada h de novo nesse oportunista malandro que s busca mais grana e poder para si e para os seus.

  5. Acho preocupante essa histeria com “notcias falsas”. Na prtica uma tentativa de estabelecer um ministrio da verdade Orwelliano. Quem vai dizer quais so as notcias falsas e quais as verdadeiras? O governo americano? O Zuckerberg? Os jornales americanos, que trataram como verdade absoluta engodos como os do arsenal de destruio massiva do Iraque e a matana dos bebs do Kuwait, na guerra do golfo? Lembram quando o PT, no tempo em que ocupou o Palcio do Planalto, tambm quis combater a divulgao de ‘notcias falsas’, principalmente aquelas de corrupo em seu governo? Notcias ‘verdadeiras’ parecem ser s aquelas que agradam aos poderosos de planto.
    Hillary Clinton teve o apoio da quase totalidade da imprensa e gastou no mnimo 680 milhes de dlares em propaganda – h quem fale em mais de um bilho, mas talvez isso tambm seja ‘notcia falsa’. No entanto foi derrotada por notcias falsas’? Ou ser que o noticirio da grande mdia e a propaganda massiva simplesmente no refletia a percepo dos eleitores americanos? Quem est desempregado ou subempregado, e v seu padro de vida decair no vai se convencer que o pas est timo s porque a TV e os jornais lhe dizem isso dia e noite.

  6. Cabe aqui um pequeno lembrete!
    A china tambm tem bombas atmicas!
    E ema vez mao ts tung chegou a declarar que a morte de uns 300 milhes de chineses no seria to dramtico para quem j tinha mais de 1 bilho de habitantes!
    Por isso bom no ficar cutucando o drago com vara curta!
    Se a morte de umas 4000 pessoas num atentadozinho como o wtc j provocaram tanta comoo, inimaginvel o que seria a morte de milhes num ataque atmico!
    Sr. Bus, melhor dizendo, sr. Trump, crie juzo e pare de molecagem!
    Muitos de ns adoramos e admiramos os eua, mas no podemos concordar e apoiar atos estpidos como esses de ficar hostilizando a china! J bastam as besteiras que foram feitas no iraque e na libia!

Deixe um comentário para chegamais Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.