Dono da SmartFit pediu a empresários que financiassem rede de intrigas contra o Legislativo

Corona financiou publicações e vídeos com conteúdo ofensivo ao STF

Alice Cravo
O Globo

O empresário Edgard Gomes Corona, de 63 anos, dono da maior rede de academias da América Latina, fundador da Bio Ritmo e Smart Fit, pediu em grupo de empresários financiamento para impulsionar mensagens contra o Legislativo. No grupo “Brasil 200 Empresarial”, Edgard escreveu que “Temos de impulsionar estes vídeos. Precisamos de dinheiro para investir em mkt”, depois de compartilhar pelo menos quatro mensagens contra o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM).

O print foi apresentado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes em sua decisão que deflagrou a operação desta quarta-feira. Edgard está entre os empresários investigados no inquérito que apura fake news e ameaças ao Supremo.

SIGILO QUEBRADO – Por determinação de Moraes, responsável pelo inquérito, Edgard Corona teve o sigilo bancário e fiscal quebrado, além de ter sido alvo de busca e apreensão na operação desta quarta-feira. Ele deverá ser ouvido pela PF no prazo máximo de 10 dias.

Em sua decisão, Moraes pontua que o empresário é um dos possíveis financiadores de inúmeras publicações e vídeos com conteúdo ofensivo ao STF, bem como mensagens que defendem a “subversão da ordem” e incentivam a “quebra da normalidade institucional e democrática”.

INDÍCIOS – Ainda de acordo com o ministro, há indícios de que essas mensagens sejam disseminadas por robôs para que atinjam um número expressivo de leitores. É essa a estrutura financiada pelo grupo de empresários, incluindo Edgard Corona, que são investigados no inquérito. Alguns fazem parte de um grupo de WhatsApp chamado “Brasil 200 Empresarial”, onde organizariam o impulsionamento das publicações.

Criado em 2018 para dar suporte à tentativa de Flávio Rocha, dono da varejista Riachuelo, de se candidatar à Presidência, o “Brasil 200 Empresarial” conta com cerca de 300 empresários, entre eles os de grupos de varejo como Havan, Polishop, Bio Ritmo, Centauro e Gocil Segurança.

Edgard tem negócios no México, Chile e República Dominicana, além de ser dono de empresas no ramo agropecuário e imobiliário. Procurado pelo GLOBO, a assessoria do empresário disse que “Edgard Corona está à disposição da Justiça para os devidos esclarecimentos em investigação do STF”.

ATIVIDADES ESSENCIAIS – Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro incluiu academias de ginástica no rol de atividades essenciais, para que sejam retiradas das proibições de abertura durante a pandemia de Covid-19. A medida teria sido pedida por Corona.

Aberto em março do ano passado por ordem do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, o inquérito é tocado pelo ministro relator Alexandre de Moraes,  por designação de Toffoli. O inquérito foi aberto por meio de portaria, e não a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), como é a praxe. Apesar de incomum, a situação está prevista no Regimento Interno do Supremo.

Seis deputados federais bolsonaristas são investigados: Bia Kicis, Carla Zambelli, Daniel Silveira, Filipe Barros, Cabo Junio Amaral e Luiz Philippe de Orléans e Bragança. Todos os seis ainda estão filiados ao PSL.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
–  Para quem não havia entendido o motivo da inclusão das academias de ginástica entre as atividades essenciais em plena pandemia por Bolsonaro, agora, desenhado, pode entender. Quando o presidente diz que as pessoas precisam voltar às rotinas, não está preocupado com a população, mas com os empresários que o apertam diariamente e cobram a fatura do apoio. (Marcelo Copelli) 

10 thoughts on “Dono da SmartFit pediu a empresários que financiassem rede de intrigas contra o Legislativo

  1. Em tempos onde homens saudáveis agem como garotinhas de internato de freiras, apavorados com a perspectiva de serem contaminados por um vírus da gripe, de baixa letalidade, não me causa nenhuma supresa o vil comentário do Sr Copelli … foi-se o tempo da “mentes sãs em corpos sãos”.

    PS: que eu saiba, inexiste lei que proiba um cidadão de doar o seu dinheiro para pessoas ou grupos que criticam autoridades. O escárnio e o riso são armas indispensáveis para controlar a sanha dos poderosos.

    • Policarpo fez um comentáril vil, asqueroso e desinformador.

      Fake news propaga calúnicas, difamações, desinformações, falsos temores, e também destrói reputações. É crime, não é liberdade de expressão!

      E o SARS-CoV-2 não é um vírus classificado dentre os causadores das gripes comuns, dos subgrupos chamados de “influenza”.

      É um vírus causador de uma complexa enfermidade chamada de Covid-19, bastante agressiva, imprevisível, mutiladora e mortal. A ciência mundial tem dito isso.

      Por fim, torço para que Policarpo tenha um belo encontro com vírus SARS-CoV-2, para que aprenda uma boa lição. Ou que aprenda vendo familiares seus lutando contra esse inimigo traiçoeiro. Mas não sou em quem decide isso, e sim o Criador do Universo, que certamente fica zangado comigo (e com razão) por esta minha torcida.

      • Juca, tenho observado bem a casuística clínica brasileira, em ralação à Covid-19, que vem se acumulando, vinda dos colegas médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e até cirurgiões-dentistas.

        E é cada vez maior o número de pessoas com comportamentos negacionistas, perante essa enfermidade, que por ela estão adoecendo. Ou que estão tendo familiares contraindo a traiçoeira infeção.

        Uma grande parte das pessoas consegue superar a doença, sem sequelas ou internações hospitalares. Mas passam por momentos de medo e apreensão.

        Mas outra parte delas precisa de internação e até mesmo UTI. Algumas estão tendo AVC desencadeado pelo vírus SARS-CoV-2, tromboses que causam amputações em membros inferiores, dentre outras complicações. E quando a morte não vem, podem ficar com graves sequelas.

        – Negacionistas, cuidado, o vírus pode estar à espreita de você e seus familiares!

  2. ACREDITE SE QUISER, a Democracia Direta com Meritocracia, conforme propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o projeto novo e alternativo de política e de nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, é a única coisa limpa, pura, honesta e verdadeira que existe na política do Brasil, sob o teto da república 171 do golpismo ditatorial, do partidarismo eleitoral e seus tentáculos, velhaco$, à paisana e fardados, sustentados pela mentira, pela enganação e pelo capital velhaco. E que, pois, doravante, seja a Democracia Direta, com Meritocracia, o nosso norte, e seja o que Deus quiser.

  3. Policarpo está em casa debaixo da cama de quarentena e fica estimulando as pessoas irem a s ruas e monitorado pela família que sabe da gravidade do vírus.Todos estes bolsonaristas covardes estão em casa de quarentena

  4. Esse empresário e o líder do Brasil 300, grupo de empresários que financiam o gabinete do ódio.
    Dono de Academia, que um decreto recentemente liberou para funcionar no Isolamento Social. O argumento de atividade essencial não se sustenta. Mas, estamos diante de um vale tudo, vale o que vier, desde que atenda meus interesses.
    O dono da Havan, Polishop, Riachuelo, Madero, Bioritmo, Centauro, Habbib’s, Coal, todos envolvidos nesse processo de direita que vai destruir o Brasil, porque colocam brasileiros contra brasileiros, enquanto o vírus ataca a gente.
    Nós estamos num mato sem cachorro. Caminhando para o abismo, por quem está no Poder e não precisava disso.
    Pátria triste e todos com medo do amanhã.
    O risco de uma divisão do país é grande e acho que as Forças Armadas não vão querer isso para o Brasil. Olhem para o passado, A Revolução Farroupilha, a Revolução Constitucionalista de 1932.
    É muito barulho por nada, mas, uma fagulha pode detonar a nação. Cada um de nós, precisa olhar esse aspecto e não colocar mais lenha nessa fogueira física e na fogueira das vaidades.
    É necessário acabar com a Reeleição no Brasil, instalada pelo FHC. Bolsonaro na campanha prometeu que iria acabar com a reeleição, mas parece que esqueceu. Uma coisa e a campanha eleitoral, outra coisa é a realidade e a sede de Poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *