Dunga de calculadora em punho

Quando acabou o jogo contra a Coréia do Norte, com o gol inesperado e a diferença de apenas 1 gol, perguntaram ao treinador: “Esse gol contra prejudica o saldo do Brasil?”. Imediatamente, a resposta: “Não estou interessado em saldo de gols”.

Ontem, hoje e entrando em campo amanhã, Dunga não pensa (?) em outra coisa, a não ser no número de gols. Se ganhar, tudo resolvido, falta apenas saber quem será o adversário nas oitavas. Se não ganhar, aí, o que ninguém esperava, vai depender de Portugal, apesar dos nossos colonizadores estarem muito mal.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *