constrangedor o silncio do Planalto em relao s denncias de Medina Osrio

Resultado de imagem para renan e temer

Renan mandou Temer demitir Osrio e o presidente obedeceu

Carlos Newton

Se arrependimento matasse, o presidente Michel Temer e seu ministro Eliseu Padilha estariam hoje espera das respectivas missas de stimo dia. inacreditvel que dois polticos experientes e consagrados sejam capazes de um ato to idiota, mas to idiota, que chegaa ser inacreditvel. Ao demitir o jurista Medina Osrio sob falsas justificativas, eles conseguiram causar uma crise gigantesca que est desestabilizando um governo fraco e que jamais esteve instvel.

Com isso, perderam logo de cara o apoio dos movimentos sociais criados para forar o impeachment da presidente Dilma Rousseff e que vinham servindo de anteparo ao novo governo. E fortaleceram o movimento Fora Temer, que estava comeando a ser esvaziado.

SILNCIO CONSTRANGEDOR- O silncio do Palcio do Planalto sobre as gravssimas denncias do ministro afastado constrangedor. Sua substituta na Advocacia-Geral da Unio, Grace Fernandes Mendona, acusada de cmplice de Temer e Padilha no boicote Lava Jato, divulgou uma nota imprensa, na qual nem se defende das denncias, apenas insinua que Medina Osrio desconhecia a AGU:

As declaraes veiculadas nos ltimos dias, na verdade, atestam o total desconhecimento das rotinas e procedimentos internos da Instituio, disse Grace, tentando ocultar que a prpria Associao Nacional dos Advogados da Unio fez questo de prestigiar e enaltecer a atuao de Medina Osrio na AGU, em nota oficial:

A ANAUNI manifesta seu agradecimento ao Dr. Fbio Medina Osrio pelos esforos realizados em sua gesto objetivando o fortalecimento das carreiras que integram a Advocacia-Geral da Unio, e pela postura sempre republicana na conduo da instituio, desejando-lhe sucesso nas novas atividades que ir desempenhar profissionalmente.

SEM RESPOSTA O fato concreto que Temer, Padilha e Grace no respondem as acusaes do ex-AGU por uma nica razo no tm o que dizer. Considerado o maior especialista do pas em leis sobre improbidade administrativa e combate corrupo, presidente do Instituto Internacional de Estudos de Direto do Estado, jurista consagrado, Medina Osrio foi convidado a integrar o Ministrio justamente para demonstrar que o novo governo iria apoiar a Lava Jato.

O novo ministro, que amigo pessoal do juiz Srgio Moro, acreditou e imediatamente comeou a trabalhar com esse objetivo. Uma de suas primeiras iniciativas foi abrir processo contra as empreiteiras para que devolvam R$ 12bilhes aos cofres pblicos.

Temer e Padilha imediatamente decidiram afast-lo e passaram a informao ao jornalista Jorge Bastos Moreno, que divulgou a demisso e apresentou falsas justificativas: carteirada no jatinho (desmentida pela FAB); erro na ao da EBC (que no foi defendida pela AGU, mas pela assessoria jurdica da Casa Civil) e outras infmias.

REAO IMEDIATA A demisso foi anunciada num sbado e houve uma impressionante reao. Demonstraram total apoio a Medina Osrio a Associao Nacional dos Advogados da Unio (ANAUNI), a Associao dos Juzes Federais do Brasil (AJUFE), o Movimento de Defesa da Advocacia (MDA) e o Movimento dos Advogados Pblicos Aposentados (MAPA), entre outras entidades.

Temer e Padilha tiveram de recuar e o ministro Medina Osrio retomou o trabalho de recuperao da AGU, cuja atuao tinha sido desvirtuada nos governos Dilma e Lula, quando passou a agir como brao poltico do PT.

E tudo ia bem, embora Temer e Padilha insistissem na campanha difamatria de Medina Osrio, plantando notas desabonadoras sobre ele na Folha, no Globo e no Estado.

MEXEU COM RENAN – O ministro da AGU, que j levadoa famlia para morar em Braslia, no dava importncia s fofocas e seguia seu trabalho. At que resolveu, na forma da lei, solicitar ao Supremo informaes sobre os inquritos de 14 polticos acusados na Lava Jato, para process-los em busca de ressarcimento Unio. E o ministro-relator Teori Zavascki imediatamente autorizou.

Acontece que, entre os 14 polticos estava Renan Calheiros, o Senhor dos Anis, que apoiara a presidente Dilma Rousseff at a undcima hora, jamais fora amigo de Temer e fez uma srie de exigncias para dar suporte ao novo governo no Senado.

E foi assim que Renan tambm passou a pedir a demisso de Medina Osrio, mas Temer e Padilha no sabiam como atend-lo.

GRACE FAZ O JOGO – No desespero, Padilha pediu que sua aliada Grace Mendona, representante da AGU no STF, arranjasse um jeito de impedir que as informaes chegassem a Medina Osrio. Foi assim que surgiu a desculpa esfarrapada de que no havia um HD externo, vejam a que ponto chega a desfaatez dessa gente.

Os bons servios de Grace foram recompensados com a nomeao para sua AGU, mas Renan ainda no est satisfeito e exige que Temer coloque no Ministrio do Turismo, na vaga deixada por Henrique Eduardo Alves, justamente o deputado Max Beltro (PMDB-AL), que ru no Supremo por falsidade ideolgica. E quando Renan manda, Temer tem mesmo de obedecer. Afinal, “tamo junto”.

###
PS
Este assunto da demisso na AGU tem vrias facetas e merece permanente traduo simultnea. A grande imprensa vinha sendo usada para denegrir Medina Osrio, mas parece j ter despertado para a realidade. Como se diz na gria, o buraco muito mais embaixo… Vamos voltar ao assunto, sempre com informaes exclusivas, claro. (C.N.)

16 thoughts on “ constrangedor o silncio do Planalto em relao s denncias de Medina Osrio

  1. Prezado Newton e comentaristas, a que ponto pode chegar o ser humano, assino em baixo dos escritos nesse Blog, que defende a Dignidade.
    A histria da humanidade, tem dois grandes exemplos da queda do poder ladro e egosta, o reinado dos Faras e da Roma dos Cesares.
    Creio em um Deus Soberano e Justo, que com suas Leis Csmicas de Justia, informadas, pelo seu Missionrio Maior, que entre ns chamou-se Jesus, o Cristo, que nos legou o Cdigo da Vida, o Evangelho, vilipendiado pelos homens, que o transforma em “arma de dominao de mentes, materializando seus ensinos, como se a Vida Material fosse nica, com dois destinos aps a morte do corpo fsico: o Cu e Inferno, eternos.
    O artigo do Evangelho, “A cada um segundo suas obras” e “Pagars at o ltimo ceitil”, acontecer no alm tmulo, no Tribunal da Conscincia. Jesus nos deu o ensino da “moeda” dai a Deus o que de Deus, e a Cesar o que de Cesar, significa que no devemos misturar o “sagrado com o profano”, quando cita os Fariseus e Falsos profetas, e prevendo o vilipendio, de sua Doutrina de Amor, com um Pai justo e Misericordiosos, que no nos aniquila, mas nos d a oportunidade, do resgate atravs da Dor que fazemos ao nosso prximo, razes das diferenas humanas no Mundo, nos alerta sobre os falsos profetas, nos fins do tempo, que estamos vivendo, s olhar a Humanidade em seu “desamor fraterno”, vilipendiando os 3 primeiros mandamentos, que nos fala do Amor Divino, a ns, suas criaturas, sejamos os filhos prdigos, recebemos a Luz, e a temos desprezado, razo das dores que vivenciamos, materializam o “Espiritual”, com o medo do inferno eterno, que no existe, para domnio e enriquecimento material.
    Nosso Pai Celestial, sempre nos amparou nessa caminhada para sua Luz, nos mandando, mensageiros, a nos chamar, Jesus, o maior de todos, o assassinamos na cruz infame, e nos ltimos suspiros da vida, nos d o maior exemplo: “Pai perdoa, eles no sabem o que fazem”, e continuamos a no saber, buscamos a riqueza material, efmera e desprezamos a riqueza Espiritual, eterna.
    Os que comandam a Humanidade com o poder poltico ou monetrio, que no usam esse Poder, para o Progresso espiritual, mas criar a Dor e angustia, pagaro caro, cada dor, uma “bola de fogo” que arder na Conscincia no alm tmulo, at uma nova vida na matria, de muita dor e sofrimento, fruto amargo da arvore m que plantou, por desprezar o Amor Fraterno.
    Somos eternos a Caminho da Luz, destino de todos ns, a alcanaremos, um dia, o tempo est na Conscincia e o uso do Livre Arbtrio, que responsabiliza nossas obras.
    Que Deus, nos ajude para o Brasil alcanar seu Destino de “Corao do Mundo e Ptria do Evangelho”, estamos responsveis, para o cumprimento, com nossa vibraes de Amor fraterno e nossa obras, do tijolo, que nos cabe, nessa construo de Amor.
    A Omisso nos torna solidrio com o Bem ou o mal.

  2. Para ser bem sincero, a essa altura nem sei se o Lula est muito preocupado com ‘ 1. instncia ‘ , o fato do Vicente Cndido ter sido convidado para a restrita comitiva do Temer ao G 20 um enorme rastro. Se ele estivesse muito preocupado, bastaria um governador qualquer, tipo Rui Costa , nomea-lo – sem o Bessias – como secretrio que o caso iria para o STJ…
    Acho que aquela declarao ‘ eu sou o Nero, o nico que pode botar fogo nesse pas’ deveria ser somada quela outra : ” Um cara quando est preso entrega at a me ” , o que seria muito prximo a : ” Era uma vez 5 amigos” …

  3. J da para v que a poltica governamental no faz nem um sentido em ajuda o desenvolvimento do pas do vez que entra um para ajuda o Brasil na luta contra a corrupo ajunta as foras ocultas dos polticos em favor a ladruage m onde nos brasileiros depositamos total confiana em mudar o pas mas at agora do lamento de impostos onde alimenta uma corrupo para tapa buracos j ganham bem fazem seus prprios salrios gigantescos em quando temos uma misria de salrio uma misria de aposentadoria na qual cada brasileiro trabalha a vida inteira e tem o dinheiro desviado para fim obiscuros.

  4. Manh, t com a minha panelinha de Inox prontinha pra ir protestar, mas a rua t vazia e as redes sociais esto mudas…..Por que ningum mais fala em ir pra rua agora hein, me?
    Cad aquele japons do MBL???

    • No sei, s sei que as doaes ao MBL eram feitas na conta pessoal dele…. Quem sabe ele no aproveitou essa grana para comprar uma tinturaria, na Baro de Limeira ?

  5. Silncio tumular no Palcio do Planalto…..Se cair um alfinete no cho vai ter gente morrendo de infarto….

    Era uma vez cinco amigos que faziam tudo junto, viajavam, faziam negcios

Deixe um comentário para Roberto Marques Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.