É inadmissível o PT ter traído as classes trabalhadoras

Roberto Nascimento

A mídia divulga que os bancos e Fundos de Pensão que investiram na Sete Brasil vão ter de registrar perdas de cerca de R$ 2,5 bilhões com a empresa, criada para gerenciar a compra de sondas do pré-sal e que passa por grave crise financeira

A incompetência dos gestores dos Fundos de Pensão das empresas estatais irá prejudicar milhares de aposentados, da mesma forma que ocorreu com os aposentados do Aerus, falido por desvios e incompetência. Milhares de aeroviários foram prejudicados, inclusive pela falta de fiscalização do órgão regulador da Previdência Complementar, um mero detalhe na farra empreendida por gestores dos Fundos, que se consideram reis sem coroa.

É o que dá aceitar sem contestação o sopro do poder para investir o dinheiro dos aposentados em empreiteiras amigas, com o silêncio tumular das Centrais Sindicais e dos representantes das classes trabalhadoras.

Dirão que sempre foi assim e deve até ser verdade, mas na era do Partido dos Trabalhadores, isso dói muito na alma. Chegou a um ponto dilacerante. Não temos mais em quem acreditar. E por que acreditar depois de terem tirado nossa utopia, nossa esperança de que tudo seria diferente!

Como na canção famosa de Ivan Lins e Vítor Martins, “somos todos iguais esta noite…” Fazendo um paralelo, todos os partidos no Brasil são iguais ao longo do tempo, principalmente quando estão no poder. O PT foi apenas mais uma ilusão que se desfez.

10 thoughts on “É inadmissível o PT ter traído as classes trabalhadoras

  1. Roberto, INCOMPETÊNCIA? Não, Roberto, roubo mesmo. Muita competência na pilhagem. O PT é isso, de cabo a rabo. Veja como o petralha chefe se posiciona perante as ocorrências de Petrobrás e de todo tipo de pilantria praticada no governo.

  2. O meu fundo de pensão AERUS está até hoje em liquidação e os aposentados e pensionistas, deste que foi um dos maiores fundos de pensão privados que o Brasil já teve há 9 longos anos, passam por situações as mais difíceis sem falar nos demitidos da VARIG que até hoje não receberam nada que tinha direito dentro do AERUS. Pagaram anos e anos e estão a ver navios nesta triste história. Triste história. Pessoas de idade avançada e que pagaram anos a fio para terem uma aposentadoria digna e tranquila são humilhados e espezinhados principalmente pela Advocacia Geral da União ( na figura do Ministro Luiz Inácio Adams ). Vergonhoso tudo isto.

  3. Toda ideologia ou religião, o que dá no mesmo, trai indivíduo. É a sistematização do ideal, que veio com o advento da mente com a pretensão de “corrigir” uma natureza de milhões de anos. A nossa natureza animal.
    Por essa e outras , no mundo político, os países que funcionam melhor são aqueles em que a liberdade individual prevalece sobre a religião coletivista ou socialista, pois o Homem livre é mais produtivo do que massas dirigidas por estados religiosos ou ideológicos.
    Os EUA estão aí para não nos deixar mentir, como nação em que o governo fica limitado por lei a não interferir na individualidade do cidadão.
    Enquanto isso, já que não cumpriu as promessas fantasiosas de sua ideologia, e a França continua estagnada, Hollande vai visitar Cuba para brincar de socialista com outro bem pior e totalitário.

  4. Bastaria ver o histórico do pete pra ver que não se poderia esperar outra coisa dele, além do que estamos vendo. Deixaram “esqueletos” em todos os lugares por onde passaram.

  5. Discordo! O PT não é igual aos outros! É muito pior!
    Vem praticando e exercendo um PROJETO CRIMINOSO DE PODER, como bem definiu o ministro Celso de Mello.
    OU O BARSIL ACABA COM O PT OU O PT VAI ACABAR COM O BRASIL!

  6. Nunca vi um enquadramento tão perfeito!
    Por Edson F. Nascimento – Psiquiatra e Psicoterapeuta

    Depois de 55 anos de vida, enquanto psiquiatra, parei para refletir sobre o perfil psicológico da imensa maioria dos esquerdopatas.
    Foram péssimos estudantes, a maioria com várias repetições de ano. Mas são de família de classe média, onde sempre sofreram pressão pra “ser alguém na vida”. Como são preguiçosos, sem disciplina e folgados, precisam arrumar um jeitinho para se dar bem e se fazerem passar por coisas que não são, pensam ser! Fingir que é culto, “engajado”, e “crítico”, o que rende pontos. Assim, prestam
    vestibular sem concorrência, de preferência em um curso de Geografia, Ciências Sociais e História.
    Então, começam sua carreira de charlatanismo. Alguns pouquíssimos estão em cursos como Direito, Medicina, Engenharia, Administração, Economia mas, como não são chegados a estudar, terminam por trancar a matrícula ou mudam de curso. E, muito dificilmente, se enturmam quando tentam esses cursos acima e assemelhados.
    Ali, na universidade, encontram todas as ferramentas: professores barbudinhos, livros de esquerda, palestras com “doutores” no assunto; e até o assédio de políticos “guerreiros” do PT, do PC do B et caterva.
    É claro que não estudam nada! Vivem o tempo todo no DCE, ligam-se à UNE, deitados no chão, passeando no campus com aquelas mochilas velhas, calças cargo, sandálias de couro e cabelos ensebados.
    Alguns começam a se infiltrar nos sindicatos e nas reuniões dos Sem-terra. Já começam a se achar revolucionários e reserva intelectual das massas proletárias exploradas; e também das causas revolucionárias.
    Assim, se passam por intelectuais, cultos, moderninhos e diferentes.
    Sentem-se mais seguros para atacar as mulheres, achando que elas são doidas por esse tipo de gente. Começam a ver os amigos que estão trabalhando ou cursando Engenharia, Direito, Medicina, Administração ou Economia como pobres coitados que não tiveram a chance da “iluminação”. Como não trabalham e vivem apenas da mesada, estão sempre sem grana. Aí começa a brotar a inveja, o ódio de quem se veste um pouco melhor ou tem um carrinho popular. Estes, são os chamados “porcos capitalistas” ou “burgueses reacionários”!
    Começam uma fase ainda mais aloprada da vida quando passam a ouvir Chico Buarque e músicas andinas. Nessa fase, já começam a pensar em se tornar terroristas, lutar ao lado dos norte-coreanos, admiram Cuba e, muitos deles, apoiam o Irã e não acreditam no holocausto judeu!
    Fingem esquecer do episódio do muro de Berlim e da queda do comunismo na antiga União Soviética. Não usam mais desodorante e a cada 5 minutos aparece nas suas mentes a imagem de um Mac Donald’s totalmente destruído.
    Mas é claro que o que querem não é a revolução, isso é apenas uma desculpa. Como são incompetentes pra quase tudo, até mesmo para bater um prego na parede, e como sentem vergonha de fazer trabalhos mais simples, por serem arrogantes o suficiente para não começar por baixo, querem saltar etapas.
    Querem, no fundo, a coisa que todo esquerdista (esquerdopata!) mais deseja, mesmo que de forma sublimada: um emprego público!
    Mas, aí surge um outro problema: é a coisa mais difícil passar em um concurso! É preciso estudar (argh!).
    Por isso, sonham com a “revolução” proletária, com a tomada do poder por uma elite da esquerda, nas quais eles estão incluídos, obviamente, afinal são da mesma tribo!
    Consequentemente, ocuparão, por indicação, um cargo comissionado em alguma repartição qualquer, onde ganharão um bom salário para poder aplicar seus “vastos e necessários conhecimentos” adquiridos durante anos na luta pela derrubada do sistema capitalista imundo.
    Nessa fase, mudam e se contradizem: cortarão o cabelo, usarão terno, passarão a apreciar bons vinhos e restaurantes. E, dependendo do cargo que ocuparão, até motorista particular terão! E, sem dó, enfiarão a mão – e com muito tesão – no dinheiro dos cofres da nação!!!
    Claro, que pela nobre causa socialista e para o bem dos trabalhadores, postura sem noção!
    Tenho certeza que, após esta leitura, você lembrou de vários vizinhos, conhecidos, colegas, políticos etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *