É preciso haver um maior equilíbrio na política internacional

Resultado de imagem para TRUMP CHARGES

Charge do Izânio, reproduzida de Altos Humor

Francisco Vieira

Creio que o presidente Donald Trump apenas esteja jogando para a arquibancada interna, para acalmar, unir o eleitor americano por algum ideal comum. É só ver que os russos e sírios foram avisados, antecipadamente, sobre o ataque, e, pelo que foi noticiado, morreram apenas seis soldados sírios, sentinelas sacrificados como buchas de canhão.

Nos próximos cinco anos a Rússia ainda será inferior aos Estados Unidos, militarmente, pois as novas armas e mísseis hipersônicos ainda são protótipos. Mas depois desse tempo, com o crescimento militar da China e os bilhões de dólares originados pela venda de gás ao chineses, os americanos terão que aceitar dividir o quintal mundial com pelo menos outros dois players…

ALGO NO AR – Os generais americanos já disseram que a militarização do espaço será imprescindível para a defesa da infraestrutura militar. Novas bombas e novos mísseis nucleares já estão sendo fabricados. Muito mais destrutíveis, precisos e difíceis de serem interceptados.

E ainda tem ingênuo no Terceiro Mundo achando que os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, todos armados com armas nucleares e financiadores das ONGs que estão espalhadas nos países atrasados, mas com recursos minerais, estão interessados pela conservação da natureza, pela camada de ozônio e pela qualidade do ar na parte de baixo do Equador…

Mais do mesmo assunto: https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201704078088665-e-preciso-exigir-verdade-sobre-ataques-dos-eua-na-siria/

 

14 thoughts on “É preciso haver um maior equilíbrio na política internacional

  1. Soberania Política não tem nada a ver com Padrão de Vida – IDH.

    O Paquistão e a Coreia do Norte, embora muito pobres, tem Soberania Política.

    Vamos ver se o Presidente TRUMP lança Mísseis Tomahawk sobre a pobríssima Coreia do Norte como fez ontem contra a Síria.

  2. Virgílio,

    Veja a tua relação acima e perceba, salvo alguma exceção que eu não lembre, que QUEM NÃO TEM ARMA NUCLEAR é porque não tem riquezas que possam ser usurpadas ou é porque ESTÁ SOB A PROTEÇÃO DE QUEM TEM, ok???

    Estes são os países que não têm armas nucleares, pois estão sob a proteção do MENINO FORTE DA RUA, para não dizer do planeta, os Estados Unidos/OTAN:

    PAÍSES MEMBROS DA OTAN – Alemanha, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Espanha, Grécia, Países Baixos, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Turquia, Hungria, Polônia, República Tcheca, Bulgária, Estónia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia e a Eslovênia.
    O Japão e a Coreia não precisam da OTAN por já serem bases americanas, mas ambos têm forças armadas.
    O saque entre as nações existe desde “os tempos de Roma antiga” e não acabará tão cedo, por isso a prudência manda não esquecermos das lições de história.

    Quanto à postagem principal, entenda apenas como um “comentário na madrugada”, destituído de maiores detalhes, ok? E tomara que a ameaça americana fique apenas nessa escaramuça.

    Abraços.

    • Por estarem longe do Atlântico Norte, Austrália, Japão, Taiwan, Coreia do Sul, Nova Zelândia…… são MNNA ( Major non NATO Ally) protegidos por Armas Atômicas EUA.
      Aqui nas Américas temos a OEA.
      Há, Professor, o senhor sabe tudo isso melhor do nós.
      Hoje, sem Arma Nuclear não há total SOBERANIA POLÍTICA.

  3. A mídia sueca e européia, culpam novamente um caminhão pelo atentado. É um verdadeiro surto de caminhões assassinos!

  4. Prezado Francisco Vieira,

    O parágrafo final do teu artigo foi antológico, e faço questão de repeti-lo:

    “E ainda tem ingênuo no Terceiro Mundo achando que os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, todos armados com armas nucleares e financiadores das ONGs que estão espalhadas nos países atrasados, mas com recursos minerais, estão interessados pela conservação da natureza, pela camada de ozônio e pela qualidade do ar na parte de baixo do Equador…”

    Chico, o pessoal que impede o desenvolvimento de um país ter a sua defesa em condições de protegê-lo, a intenção verdadeira é para que ladrões no poder tomem conta do governo e o povo não tenha como expulsá-los ou, se houver uma revolta, eles pedem ajuda para as nações que se alinham ideologicamente e com armamentos pesados!

    O objetivo petista sempre foi de dividir o Brasil.
    Petistas de um lado, o Brasil Oriental, e brasileiros do outro, a República Federativa do Brasil.

    Espertos, mal intencionados, hábeis em distorcer a verdade não desejam uma nação coesa, unida, mas um país onde podem mandar e desmandar, e permanentemente no governo.

    Observa que a nossa condição, de um gigante sul-americano, que poderia ser o celeiro do mundo, hoje não tem produção suficiente para a sua própria população!

    Importamos até hoje trigo do Canadá e Argentina??!!

    A Amazônia está tomada de ongs que estão roubando as nossas riquezas e levando-as embora, demarcando o país territorialmente ainda por cima!

    A Região é porta aberta para o tráfico de armas e drogas, guerrilheiros, contrabandistas;
    Nossas fronteiras não podem ser vigiadas a contento pela falta de material e pessoal;
    O Brasil está entregue aos estrangeiros.

    Lula e sua quadrilha e, agora, Temer e seus cúmplices, apenas se importam com a política e como roubar o Brasil, pois apátridas, traidores, vendilhões da nação brasileira!

    Pensaste por que Rússia e americanos não dão rasante no cone sul do mundo?

    Pelo fato que nós mesmos estamos nos destruindo, dilapidando o país, deixando-o se desintegrar, de modo que futuramente e espaço curto de tempo, algumas dessas nações poderosas nos incorporem aos seus territórios, assim como Porto Rico ou a Crimeia.

    Os presidentes civis há 32 anos são responsáveis pela nossa catástrofe nacional;
    Eles devem ser acusados de entreguismo, roubo, corrupção, traição, e de abandonarem as nossas defesas, oferecendo o Brasil para quem PERMITIR que ladrões permaneçam no poder, até a nossa falência absoluta, pois ética e moral já estamos na bancarrota e, a economia, se encaminha célere à mesma situação!

    Índia e Paquistão mais pobres do que nós, mas possuem bombas atômicas, então as potências estrangeiras têm um certo receio com eles, pois mesmo esses dois países não terem tempo de reagir destroem a si mesmos, nada deixando aos inimigos.

    E nós?

    Vamos oferecer cafezinho e água gelada aos invasores?

    O povo brasileiro será escravo?

    Que fim levou o Nióbio, que tanto discutimos na TI?

    E nossa extração de ouro?
    Diamante?

    Alguém sabe de alguma informação?

    O governo nos fornece notícias sobre suas explorações?

    A violência, o pais abandonado à própria sorte, ladrões nos comandando, corruptos no Planalto, essas situações vexatórias para uma nação está conectada à sua frágil segurança, pois frágil será a sua polícia, a sua justiça, o seu povo e seus representantes e governantes.

    Excelente artigo, que nos põe para pensar, e as conclusões obtidas não são nada agradáveis e alvissareiras, lamentavelmente.

    Um forte abraço, Xará.
    Saúde e paz.

    • Caro Bendl,
      Seu comentário está perfeito. Vou acrescentar apenas em adendo: qualquer presidente, que queira fazer a independência do Brasil, será retirado do poder, se preciso, a força, enquanto roubar, vender o país por trinta moedas e destruir o Brasil, pode, sem problemas.. As grandes potências, principalmente os EUA aplaudem, assistindo de camarote seu futuro fundo de quintal, por completo.
      Um abraço…

      • Jacob, meu amigo,

        Grato pelo comentário.

        Se hoje estamos nesta condição de pires na mão das grandes potências, que não são somente os Estados Unidos, convenhamos, esta inferioridade devemos aos governantes brasileiros nos últimos sessenta anos!

        Nenhum deles se preocupou que tivéssemos a nossa independência científica e tecnológica. Ou era atender os latifundiários ou os políticos ou os raros capitães de indústrias, como se dizia antigamente, porém nenhum esforço em desenvolvermos patentes brasileiras!

        Se tivéssemos tido um presidente empreendedor, com visão, nacionalista e não entreguista e obtuso, as dimensões continentais do Brasil no plantio de alimentos para o mundo seria a grande troca para se fazer por tecnologia!

        Japão quer o quê?
        Soja, milho?

        Então nos ensine a indústria eletrônica.

        Alemanha quer o quê?
        Carne?
        Então nos ensine a montar grandes indústrias de motores.

        Jamais tivemos um plano de desenvolvimento, mas houve abundância de golpes políticos e estratégias para que esta conduta nefasta e nociva perdurasse até hoje, a política brasileira abjeta e deletéria!

        Os americanos, Jacob, se quiseres saber a verdade, estão se lixando para o Brasil porque nós mesmos estamos nos destruindo, nós mesmos estamos nos entregando de bandeja para qualquer invasor!

        E, pior, nós mesmos estamos nos roubando, Jacob, sem a intervenção e influência de quem quer que seja!

        Porque só falta me aparecer um petista, como aquele energúmeno senador pelo PT, que tentou justificar os roubos do seu partido e cúmplices na Petrobrás, atribuindo a CIA (?!) os assaltos da sua quadrilha na estatal brasileira!

        De Sarney, o mentor dos ladrões presidentes até o imbecil e idiota Temer, arrasaram com o país, a ponto de que não há como nos reerguer sem medidas radicais, e uma delas é fechar o Congresso e intervir no Planalto, evidentemente clamores de quem é brasileiro e ama esta terra, que não quer mais vê-la sendo violentada, roubada, cuspida e abandonada como agora, mas exuberante, bela, desenvolvida e altaneira!

        Um abraço, meu caro.
        Saúde e paz.

  5. Viva!

    O petróleo é nosso!

    Encha o tanque com a “gasolina” mais cara e batizada do mundo, toque o hino nacional, e chore de emoção.

    Viva a soberania nacional dos bananas!

  6. O Genocida sírio, que levou à morte 500 mil pessoas, que usa armas químicas até contra crianças, que empurrou milhões de reefugiados à miséria, vai se comover com o diálogo proposto, pelo exterrorista de araque, que envergonha o Brasil perante o mundo, e ocupa atualmente o Itamarati?

    Dilma certamente deve estar assessorando o “valente chanceler” Aluysio Nunes.

  7. Sei não..

    Que as nações atentem para o momento, cubram os seus telhados, pois dedos estão no gatilho…

    Os arsenais nucleares, se em atividade, têm o poder de aniquilar em horas, o planeta tal como o conhecemos.

    Detalhe: não faltam doidos para acender o pavio…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *