Eduardo Bolsonaro diz que será “eleito governador” e acusa PT de mandar matar Celso Daniel

Discussão começou após Eduardo ser questionado sobre Queiroz

Danielle Brant
Folha

Em discurso exaltado nesta segunda-feira, dia 11, em comissão da Câmara que debate prisão em segunda instância, o líder do PSL na Casa, Eduardo Bolsonaro (SP), sugeriu que deve concorrer a governador, sem especificar o estado e apesar de a Constituição vedar que seja eleito enquanto o pai, Jair Bolsonaro, for presidente.

O deputado também acusou o PT de mandar matar o prefeito de Santo André Celso Daniel. As declarações foram feitas na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que, com um atraso de mais de quatro horas, começou a debater nesta terça a  Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de prisão em segunda instância, de autoria do deputado Alex Manente (Cidadania-SP).

QUEIROZ – Eduardo respondia a críticas da deputada Érika Kokay (PT-DF), que questionou onde estaria Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na Assembleia do Rio de Janeiro que movimentou R$ 1,2 milhão em suas contas.

“Falou anteriormente aqui a deputada que virou ré na semana passada por rachadinha [desvio de parte dos salários de servidores do gabinete]. Está querendo falar de Queiroz”, começou o filho do presidente Jair Bolsonaro.

ACUSAÇÃO – “O PT é o partido que mandou matar Celso Daniel. Todo mundo sabe disso”, complementou, inflamando a oposição. A Polícia Civil de São Paulo concluiu que a morte do prefeito se tratou de crime comum. O Ministério Público de São Paulo, porém, sustenta que houve motivação política.

Celso Daniel teria sido assassinado porque havia decidido acabar com o esquema de propina no transporte, cuja finalidade seria abastecer o caixa dois do PT. O partido sempre negou as acusações. Nesta segunda-feira, Eduardo negou que a PEC seja um esforço conjunto parlamentar para prender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

AMEAÇA – “Agora, eles querem construir a narrativa de que nós estamos aqui trabalhando para prender o Lula”, disse. Deputados do PT reagiram ameaçando processar o filho de Bolsonaro. “Pode mandar. Só enche a minha bola. Cuidado que eu vou ser eleito governador. Fizeram isso com Jair Bolsonaro e não funcionou. Obrigado, PT. Quanto mais vagabundo estiver me acusando na Justiça, melhor para mim”, disse.

Eduardo afirmou que a obstrução da oposição era um “subterfúgio” para tentar “maquiar” a realidade. “A gente está lutando aqui com medo desses milhares de presos que vão ser soltos”, complementou.

STF – Lula foi solto na última sexta-feira, dia 8, beneficiado por um novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) segundo o qual a prisão de condenados somente deve ocorrer após o fim de todos os recursos. O petista, porém, segue enquadrado na Lei da Ficha Limpa, impedido de disputar eleições.

O ex-presidente foi condenado em três graus da Justiça sob a acusação de aceitar a propriedade de um tríplex, em Guarujá, como propina paga pela empreiteira OAS em troca de contrato com a Petrobras, o que ele sempre negou.

RECURSOS – A pena do ex-presidente foi definida pelo Superior Tribunal de Justiça em 8 anos, 10 meses e 20 dias, mas o caso ainda tem recursos pendentes nessa instância e, depois, pode ainda ser remetido para o STF.

Nessa condenação, Lula já havia atingido em setembro a marca de um sexto de cumprimento da pena imposta pelo STJ. Por isso, mesmo antes da recente decisão do Supremo, ele já reunia condições para deixar o regime fechado de prisão.

Além do caso tríplex, Lula foi condenado em primeira instância a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem no caso do sítio de Atibaia (SP). O ex-presidente ainda é réu em outros processos na Justiça Federal em São Paulo, Curitiba e Brasília. Com exceção de um dos casos, relativo à Odebrecht no Paraná, as demais ações não têm perspectiva de serem sentenciadas em breve.

4 thoughts on “Eduardo Bolsonaro diz que será “eleito governador” e acusa PT de mandar matar Celso Daniel

  1. Quando menos precisamos de distração, o filhote do Jair Idiota aparece para atrapalhar tudo. Cale-se, cara, você é antipático e tido como grosseiro. O melhor é se esconder por algum tempo. Suma!

  2. .
    se será “eleito governador”
    eu não sei, nem interessa,

    mas, quem mandou matar o
    prefeito Celso Daniel,
    todo o Mundo, o Universo,
    via internet,
    já sabe !!!

    e foi solto !!!

    apurem com S.E.R.I.E.D.A.D.E !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *