Eike é muito bonzinho e até colocou seu avião a serviço de Cabral e Adriana

Sergio Cabral e Adriana Ancelmo em lancamento de livro do empresario Eike Batista, em 2011

Em suas memórias, Eike não explica a intimidade com o casal

Italo Nogueira
Folha

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo voaram, juntos ou separados, ao menos 13 vezes em jatos do empresário Eike Batista. A utilização dos jatos para o exterior aparece no Sistema de Tráfego Internacional da Polícia Federal como parte da investigação da Operação Calicute, que prendeu o casal sob acusação de obter propina em obras no Estado.

Os aviões de matrículas PR-OGX e PR-AVX, à época de empresas de Eike, foram usados para realizar sete viagens, sendo duas oficiais e cinco a lazer, entre 2009 e 2011. Até então, sabia-se dos empréstimos em apenas três ocasiões – ou seis voos.

Eike declarou, por meio de nota, que “colocou seu avião à disposição do ex-governador”. Procuradas, as defesas de Cabral e Adriana Ancelmo não se manifestaram.

DESDE 2009 – Os dados da Polícia Federal mostram que o primeiro empréstimo ocorreu em julho de 2009. O casal utilizou jato de Eike para retornar de uma viagem a turismo. Cabral havia embarcado nove dias antes para Miami – o sistema da PF não mostra a origem do voo.

Dois meses depois, aeronave do empresário voltou a ser usada por Cabral, junto com outras autoridades, na já conhecida viagem oficial a Copenhague para a sessão do Comitê Olímpico Internacional que escolheu o Rio como sede da Olimpíada de 2016.

Em 2010, Eike disponibilizou o jato para levar o peemedebista para Nova York, onde participou de eventos oficiais com investidores. A terceira viagem já havia sido divulgada, mas nunca confirmada pelo empresário ou Cabral. Em 4 de dezembro de 2010, Ancelmo foi para as Bahamas – Cabral foi no dia 8. O casal retornou no dia 12.

BARCELONA – O jato de Eike seria reutilizado em 8 de fevereiro de 2011. O sistema da PF não informa o destino, mas um site de fotos de aeronaves registrou seu pouso em Barcelona. Eles retornaram no dia 13.

Em 15 de abril de 2011, a ex-primeira-dama voltou a embarcar sozinha no jato de Eike para o exterior. Cabral faria o mesmo três dias depois. Os dois voltaram juntos da viagem a lazer no dia 24.

O último empréstimo ocorreu em junho de 2011. Teve como destino Porto Seguro (BA), para o aniversário de Fernando Cavendish, dono da Delta. O acidente de helicóptero que matou sete pessoas que acompanhavam Cabral revelou e interrompeu o uso particular dos jatos do empresário pelo ex-governador.

“CONTRATAÇÃO” – Eike foi citado na Operação Calicute por ter repassado R$ 1 milhão ao escritório de advocacia de Ancelmo, usado para lavar propina segundo o Ministério Público Federal.

Em depoimento espontâneo aos procuradores, Eike disse que o repasse se refere à prestação de serviço de projeto imobiliário de sua empresa REX, junto com a Caixa Econômica Federal.

“À ocasião [dos empréstimos], o empresário não tinha contrato de prestação de serviço nem recebia pagamentos do Estado. Pelo contrário, usava recursos próprios para patrocinar atividades típicas do poder público, como as Olimpíadas, a implementação das UPPs, despoluição da Lagoa e auxílio a projetos culturais e sociais”, afirmou em nota a assessoria de Eike.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Essa do Eike se oferecer para depor já poderia ser Piada do Ano, mas a explicação que ele deu sobre a contratação milionária de Adriana Ancelmo foi ainda mais criativa e também merece concorrer. É tudo conversa fiada. (C.N.)

7 thoughts on “Eike é muito bonzinho e até colocou seu avião a serviço de Cabral e Adriana

  1. Roubou, fez benesses com o dinheiro que não é dele, atendeu aos seus asseclas, fez média com a mulher enviando vários processos trabalhistas do governo do estado, conseguiram empurrar por anos e mais anos, fui curtir na Europa com mulher e amigos, gastou como se o dinheiro fosse dele, não atentou para o sofrimento do servidor público e do povo que hoje sofre com um governo corrupto, é demais, até quando estes mercenários políticos vão agir e ficarem impunes, está preso temporariamente, mas até quando conseguirem um habeas corpus, é um país da IMPUNIDADE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *