Em apenas quatro anos, Rose fez 23 viagens acompanhando o presidente no Aerolula

Carlos Newton

As noticias se sucedem e demonstram – com cada vez mais detalhes – que a proximidade de Rosemary Nóvoa de Noronha ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva era tamanha que a ex-chefe do escritório regional da Presidência em São Paulo, em apenas quatro anos, fez 23 viagens internacionais no AeroLula, visitando 32 países.

Reportagem de Rubens Valente, na Folha, mostra os percursos percorridos por Rose no período de 2007 a 2010, quando ela ostentava um passaporte diplomático, que prevê tratamento especial em viagens internacionais, permitindo acesso a fila de entrada separada nos aeroportos e tornando dispensável o visto nos países que o exigem.

Rose, como é conhecida, foi indiciada na semana passada na Operação Porto Seguro da Polícia Federal. Ela é acusada de fazer parte de uma organização infiltrada no governo para obtenção de pareceres técnicos fraudulentos. No sábado, Rose foi exonerada do cargo de confiança que ocupava.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *