Em Barcelona, Nadal chegou a mais uma final, vitória de número 500. A final,amanhã, será a 501.

Helio Fernandes

Sem Federer e Djokovic, os espanhóis ficam absolutos, logico e evidente com o campeonissimo à frente, sem a menor discussão. E o ranking atual é tão fragil e sem adversários importantes, que Nadal enfrentou o jogador de ranking número 56, um croata desconhecido.

2 a 0 Nadal, em 1 hora e 27 minutos, pouquinho mais dos que as outras 4 vitórias. Enfrentará outro espanhol, Almagro ou Ferrer. (Depende do tempo, que ontem, nao permitiu muitos jogos).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *