Em entrevista à TV Band, Dilma revolta os aposentados

http://www.cartacapital.com.br/politica/dilma-defende-criminalizacao-da-homofobia-em-entrevista-7680.html/dilma-e-boechat/@@images/2ff99328-a1a2-4b38-8525-e7a5aa17352c.jpeg

Dilma se recusa a repor as perdas dos aposentados

Deu em Voz do Aposentado

Reeleita para o cargo de presidente da República, Dilma Rousseff (PT) revoltou aposentados que assistiram sua entrevista no Jornal da Band, direto do Palácio do Alvorada. Perguntada pelo jornalista Ricardo Boechat sobre a possibilidade de olhar com maior atenção a situação dos aposentados, que reclamam das perdas em seus vencimentos, Dilma simplesmente fugiu da questão e deu a entender, infelizmente, que nada vai mudar.

O âncora relatou que na rádio Band News FM, onde ele também tem um programa, vários aposentados “desesperados” mandaram mensagens pedindo que a mandatária fosse questionada sobre medidas que pudessem reverter a perda do valor em suas aposentadorias, causada pela defasagem frente ao salário mínimo e pelo fator previdenciário.

“Muitos ouvintes escreveram: ‘Boechat, consegue uma boa notícia para os aposentados da presidente, hoje à noite’. A senhora tem essa boa notícia para eles?”, questionou o jornalista.

Ao responder, a presidente nada trouxe de bom aos beneficiários do INSS. “Eu tenho uma imensa responsabilidade com a Previdência, tanto com aqueles que estão aposentados e lutam por uma melhoria em suas aposentadorias, como pelos que vão se aposentar”, disse Dilma, que, de forma enviesada, queria sugerir que dar ganhos reais aos inativos seria uma irresponsabilidade.

O raciocínio da presidente se revela uma verdadeira “pérola”, já que recuperar as perdas dos aposentados e beneficiar milhares de homens e mulheres que dedicaram suas vidas inteira ao trabalho é uma temeridade, enquanto tirar dinheiro do caixa da Previdência em benefício dos empresários, como acontece com a política de desoneração da folha de pagamento criada em seu governo, é louvável. Quanta contradição!

Pensamento torto

A presidente ainda procurou fazer um autoelogio ao governo quando proclamou que “69% de todos os aposentados tiveram ganho real, acima da inflação”. Eis mais um pensamento apresentado de maneira torta. Dilma se refere aos aposentados que recebem apenas o piso previdenciário, que, por lei, não pode ser inferior a um salário mínimo.

O que a petista não diz é que, ano a ano, os aposentados e pensionistas que ganham acima do piso estão tendo os seus benefícios achatados, empurrados para apenas um salário mínimo, com reajustes que mal cobrem a inflação.

Para se ter uma dimensão da gravidade do problema, desde a implantação do Real, em 1994, a desvalorização dos benefícios de quem recebe acima do piso previdenciário chega a 81,5% em relação ao salário mínimo. A permanecerem as coisas como estão hoje, em poucos anos, a quase totalidade dos aposentados estarão recebendo apenas um salário mínimo.

“O governo mostra claramente que não tem a intenção de acabar com o achatamento das aposentadorias e, da mesma forma, colocar fim ao nefasto fator previdenciário, que sequer foi citado na resposta. A entrevista da presidente Dilma é revoltante”, condenou Josias de Oliveira Mello, diretor da Admap (Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas) do Vale do Paraíba e da Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos).

“A propaganda eleitoral anunciava ‘governo novo, ideias novas’. Mas, passadas as eleições, vemos que era mais uma peça de marketing. O pensamento, infelizmente, continua o mesmo: aos banqueiros e empresários, tudo; aos aposentados e trabalhadores em geral, nada. Só nos resta promover grandes mobilizações pressionando o governo a atender nossa pauta. Precisamos sair às ruas e mostrar nossa revolta”, acrescentou Josias.

(matéria enviada por Guilherme Almeida)

21 thoughts on “Em entrevista à TV Band, Dilma revolta os aposentados

  1. Já mostramos aqui que os recursos que servem para dar sustentação à Previdência Social vêm do Orçamento da Seguridade Social.

    Só que esses recursos estão, cada vez mais, sendo destinados ao Seguro Desemprego e ao Bolsa Família, que interessam muito mais ao governo, porque dão sustentação aos artifícios populistas de modo a manter a grei no poder.

    É só fazer as contas: o que é melhor, isto é, dá mais frutos eleitorais, agradar a 22 milhões de aposentados do setor urbano, ou agradar 8 milhões de aposentados do setor rural + 14,1 milhões de famílias (43 milhões de eleitores) + alguns milhões de beneficiados com o Seguro Desemprego?

    A resposta é facílima!

    De qualquer maneira, segue abaixo as contas e subcontas da execução orçamentária da Seguridade Social do ano de 2013 para quem quiser analisar.

    RESULTADO PRIMÁRIO DA SEGURIDADE SOCIAL (2013)

    (I) RECEITAS PRIMÁRIAS……………………….R$576,5 bilhões
    (II) DESPESAS PRIMÁRIAS……………………..R$666,6 bilhões
    ———————————————————————————-
    (III) RESULTADO (I – II)………………………….R$90,1 bilhões (DÉFICIT)

    Vamos abrir as despesas primárias do orçamento da Seguridade Social para entendermos melhor o que está ocorrendo investigando o ano de 2013:

    (1) Principais benefícios da Seguridade Social…………………………….R$552,6 bilhões

    (1.1) Benefícios do Regime Geral da Previdência social………………..R$358,6 bilhões
    (1.2) Pagamento a servidores inativos da União…………………………..R$89,1 bihões
    (1.4) Benefícios assistenciais LOAS/RMV……………………………………R$34,3 bilhões
    (1.5) Pagamento de seguro-desemprego e abono salarial………………R$46,6 bilhões
    (1.6) Bolsa Família…………………………………………………………………….R$24,0 bilhões

    (2) Salários dos servidores ativos………………………………………………..R$15,2 bilhões

    (2,1) Previdência Social………………………………………………………………R$4,2 bilhões
    (2.2) Saúde………………………………………………………………………………..R$7,6 bilhões
    (2.3) Demais………………………………………………………………………………R$3,4 bilhões

    (3) Outras despesas de custeio e capital………………………………………..R$98,8 bilhões

    (3.1) Cumprimento de precatórios e sentenças judiciais…………………..R$0,5 bilhões
    (3.2) Benefícios a servidores públicos…………………………………………….R$5,5 bilhões
    (3.3) Ministério da saúde………………………………………………………………R$75,6 bilhões
    (3.4) Demais………………………………………………………………………………..R$17,2 bilhões

    ——————————————————————————————————–
    TOTAL DE DESPESAS (1+2+3)……………………………………………………..R$666,6 bilhões

    Ps.: Lembrando que, se somarmos as despesas com o pagamento de benefícios com a LOAS/RMV (1.4), com o seguro desemprego (1.5) e com o Bolsa Família (1.6), teremos um total de R$104,8 bilhões, que tornam o sistema deficitário.

  2. Este é outro segmento que tem de aprender a se dar valor e deixar de eleger caras de pau. Os aposentados do INSS, com representação capenga – vários estão em entidades misturados com servidores públicos (outro regime), não conseguiram nenhum compromisso dos candidatos à presidência, pelo menos os que tinha chances.
    Mais uma vez derrotados.

    Alguém sabe onde andam nosso representantes na Câmara e no Senado?

    Alguém, no caso do RS, viu o Senador Paim nas campanhas?

    Como gostaria de vê-lo se Aécio tivesse sido eleito!

    Dillma mentiu. Alguma novidade? Dillma não se comprometeu e não se comprometerá: os aposentados continuam votando nos mesmos.

    FFHH disse que éramos”vagabundos”. E o PT, sem dizer, disse que somos “despesas”.
    Na linguagem pode ter diferenças. No valor e nas correções dos benefícios, não!

  3. Não entendo porque esta perseguição com os aposentados do Brasil, mente como sempre fez, é muito ódio dos aposentados, perguntas cabeludas sempre sai pela tangente, enrolando, embromando, é típico desta presidente do país, deve agradecer a estes aposentados que foram para as ruas e pediram anistia para estes que estão prejudicando os aposentados, mais o mundo dá volta e Deus não dorme.

  4. Os aposentados que acreditaram e votaram na Dilma devem voltar a trabalhar e de preferência antes fazer um cursinho no Pronatec como ela aconselhou aquela senhora no debate. Só quem é ingênuo para votar nessa gente, estão no poder há 12 anos e nada fizeram em favor dos aposentados, iriam fazer agora que se reelegeram.

  5. As riquezas que o Brasil possui hoje e esse governo está dilapidando, foram
    construídas graças ao trabalho dos que estão hoje aposentados. Em respeito,
    e por tudo que fizeram, os idosos geralmente aposentados, têm atendimento
    especial em todos os lugares, é o reconhecimento por tudo que fizeram quando
    em atividade. Este governo perverso, vê nos aposentados um empecilho, por não
    poder meter a mão em todo o dinheiro do INSS. Tira dinheiro que pertence aos aposentados
    para atender a outros carentes, é tirar do pobre para dar ao miserável.
    A Presidente Dilma é austera com os fracos aposentados, mas jamais prejudicará a
    companheirada, enxugando a máquina do governo: manterá os 39 Ministérios, cartão
    corporativo a dar com pau, os cargos comissionados, o empreguismo nas estatais e
    mordomias. O que a Dilma (PT) está fazendo com os aposentados, é covardia.

    • Amigo Nélio.
      permita somente uma pequena alteração no teu texto.
      Ao final, gostaria de ter “O que a Dilma (PT) está fazendo com os aposentados, é crime!”
      Abraço e saúde.

  6. Não está nem ai…já botou o boi na sombra.

    Com o pé-de-meia que já deve ter feito, mais a aposentadoria de Presidente, com direito a extras, mordomias e seguranças, a ex-terrorísta do MR8 nunca poderia ter imaginado que ia se dar tão bem na vida… e, . dizem, na melhor idade…

    Enquanto isso, os aposentados do INSS…

  7. É a SOCIALIZAÇÃO…da miséria!!!
    Estes últimos doze anos, são a continuação, aprofundamento, escancaramento e institucionalização das mazelas devidas àqueles que sempre vieram como salvadores da pátria (e do povo) e que, ao atingirem o poder, colocaram em prática suas verdadeiras intenções, desprovidas de qualquer senso moral e ético em relação às suas promessas de campanha. No regime militar sabia-se que estávamos em um regime autoritário e, ao fim dele, finalmente emergiu a “democracia”! Com ela, veio o primeiro redentor (oriundo do regime anterior) o qual proferiu a célebre frase “é dando que se recebe”, seguido pelo “caçador de marajás”, cuja ministra cunhou a expressão ”o povo é apenas um detalhe” , passando por aquele que chamou os aposentados de “vagabundos” para reformar a previdência e, terminando (?), com aqueles que pregavam a ética e combate à corrupção e que vieram para proteger os trabalhadores e os desvalidos e que ” nada sabiam” e, ainda, “não sabem de nada” apesar de qualquer um que pesquisar na internet ou apelar para a própria memória, descobrir que sabe muito mais que eles…
    Em todos essas gestões, foram tomadas medidas com o fito de sanear a previdência e que resultaram somente em prejuízos aos aposentados que ganham acima de um salário mínimo…
    A imprensa denunciou (e denuncia) a utilização dos Fundos de Pensão em ações que afetam o presente e futuro de aposentados e…quase ninguém protesta (a não ser os da VARIG).
    Continuando assim, em breve, muito breve, estaremos todos ganhando o mínimo estipulado pela previdência.
    Enquanto isso, a maioria do povo, que não é militante, fica se digladiando, por santos do pau oco, em vez de se unir para o bem comum, que é o fortalecimento da democracia “responsável”, através do funcionamento correto das Instituições de Estado e não como apêndices dos governos.

  8. Cansei de dizer durante a campanha eleitoral que ela e os demais candidatos não teriam cacife para mexer no fator previdenciário do Regime Geral da Previdência Social. O próprio Aécio também tergiversou na campanha sobre esse tema. Parem de politicar barato sobre esse assunto que se refere ao modelo econômico a que todos nos estamos submetidos.

  9. Ué, mas o PT, quando na oposição, não dizia que iria tirar dos ricos para dar aos pobres? Que iria acabar com os desmandos dos bancos, com as interferências internacionais, com a herança maldita de FFHH?
    Um bando de idiotas acreditou!
    Eu só estou cobrando o que os mentirosos, pilantras, prometeram.
    Hoje, ao invés de tirar dos ricos estão tirando dos pobres.
    Após todos estes anos de corrupção e roubalheiras, o mínimo que o resto de povo que sobrou tem de fazer é jogá-los para fora, ou melhor, na cadeia.
    Quem quiser defender Dillma e o PT que vá às ruas com suas bandeiras sujas, com suas caras de pau.
    Fora Dillma e o PT. Impeachment já!

  10. O que vivemos é uma vergonha, onde estão os DIREITOS ADQUIRIDOS? quando fazemos um contrato somos obrigados a cumpri-lo, enquanto para o DESGOVERNO não respeita nada leva tudo na marra, essa é a maior revolta que nos aposentados temos de ver nossos direitos serem achatados, o que recebo da previdência não da para comprar meus remédios e pagar meu plano de saúde, olhem que eu Pagava 8 Salários mínimos para a DESPREVIDENCIA. E hoje só não passo fome porque tenho filhos que me sustentam, porque para mim isso é IRRESPONSABILIDADE dos desgovernantes, se não estivessem permitido tanta CORRUPÇÃO certamente teríamos aposentadorias maiores.

  11. Esta mulher nao e mae,nem aumenos gostava de seu marido pois:nao esta dando mem um pouco de valor a ele e nem a ela.querendo arruinar tirar os diretos das viuvas com filhos e os aposentados com suas mereca de aposentadoria que mal da para comprar remedios ou algo a mais.voce presidente perdeu a vergonha eo carater.voce e sem escrupulos.etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *