Em mais um memorável almoço da Tribuna, tentamos acertar o mundo….

Antonio Rocha

Quinta-feira, 20 de setembro, quase véspera do inicio da Primavera; mais uma vez nos reunimos no Restaurante da Estação dos Bondinhos de Santa Teresa para saborearmos conversas, amizades e um bom tempero do local.

Presentes: Antonio Carlos Fallavena, que veio do Sul, saiu antes do término, pois estava indo para Curitiba; Carlos Newton, nosso editor e a jornalista Jussara Martins; o poeta, compositor e advogado Paulo Peres e a sra. Cristina Peres; o empresário Bernardo Grunewald, filho do lendário jornalista José Lino Greenwald; Carlos Vicente Mordaz (que de mordaz não tem nada) é muito gente boa, acompanhado de Daniel Fonseca, funcionário da Petrobras; o nosso patrono Pedro do Coutto e os aniversariantes, ambos no dia 19/09, Darcy Leite, o atleta do blog, e Antonio Rocha, o locutor que vos fala.

Fotos, bons papos e os bondinhos para lá e para cá, indicando a vida impermanente, tudo é movimento, que não para…

SEM A MORENA – Desta vez, a misteriosa e sedutora morena não apareceu, acreditamos que pode ter sido, na ocasião anterior, uma miragem coletiva, delírio em função das cervejas… um completo enigma.

Ponderamos os pós e contras da política atual e este escriba que vos fala chegou a conclusão que a TI é como uma grande família: tem o pessoal de direita, de esquerda, de centro etc., e todos no final se entendem ou se desentendem.

Eu, de minha parte, aprendi algumas noções de Estatística com , Pedro do
Coutto, o famoso comentarista político da Rádio Jornal do Brasil AM, pois sendo eu professor de Literatura, minha praia está mais para as poesias e músicas do Paulo Peres do que as matemáticas da vida, que reconheço são importantes.

ALTOS PAPOS – Darcy Leite me dava dicas de alimentação, recomendando também natação, malhação e semelhantes. Falou da meditação que ele faz nas caminhadas, falou sobre o famoso aqui e agora dos budistas, e do mantra que ele aprendeu com os tibetanos.

A jornalista Jussara Martins presenteou-me com vários números do semanário budista Brasil Seikyo, que a meu ver, de tão bom, deveria ser vendido em bancas de jornais e também circular online.

Nosso bom editor me deu de presente uma bonita camiseta branca, simbolizando a Paz que todos almejamos para o blog, articulistas e comentaristas.

11 thoughts on “Em mais um memorável almoço da Tribuna, tentamos acertar o mundo….

  1. Estão espalhando pela aí que a camisa branca recebida de presente do editor-auditor tinha a inscrição: “Com Bolsonaro e não abro”. Guarde-a bem que pode valer uma fortuna no futuro.

    • A constituição americana foi feita por 55 notáveis, 39 dos quais a assinaram, dura 229 anos, teve só 27 emendas, e serviu de base para forjar a nação mais poderosa do planeta.” (Jornalista Alexandre Garcia)

      • Blá blá blá blá.

        Brasil não é Estados Unidos…

        Se queres que o Brasil vire um país de primeiro mundo, crie-se leis e regras baseadas na CULTURA BRASILEIRA.

        TODOS, eu disse TODOS, os países que viraram potencias econômicas, ou seja lá o que isso queira dizer, viraram potencias porque adaptaram a cultura dos seus países para a economia, administração, e outras áreas, para uma situação de menos burocracia e intervenção estatal.

        COPIANDO de forma bisonha a “Constituição Americana” para o Brasil, é tiro no pé e perda de tempo.

        Esse pessoal americanizado prova que são PREGUIÇOSOS E BURROS, pois não conseguem nem elaborar leis e regras adaptadas a cultura brasileira.

        VOCÊS SÃO MUITO BURROS!

  2. Amigos da TI
    Só agora retornei a minha terra! Porto Alegre – Rio – Região dos Lagos – Curitiba – São Paulo – Porto Alegre. Ufa!
    Após 11 dias longe de minha terra, mas também a trabalho, agradeço a mais esta oportunidade de, mesmo rapidamente, confraternizar com CN e seus discípulos.
    Agora de volta ao trabalho.
    Abraço e muita saúde a todos os amigos.
    Mandarei fotos aos arquivos da TI.
    Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *