Em plena Copa do Mundo, um poema que retrata do momento brasileiro

Peres quer ter alegria no ano inteiro

Carlos Newton

O advogado, jornalista, analista judiciário aposentado do Tribunal de Justiça (RJ), compositor, letrista e poeta carioca Paulo Roberto Peres, no poema “ Copa 2018”, mostra a sua desilusão com o momento atual do Brasil.

COPA 2018
Paulo Peres

Não estou fazendo greve contra o futebol
Mas contra certas autoridades
Que fazem do cidadão-contribuinte-eleitor
A fonte de sua corrupção governamental

Nesta Copa do Mundo
Não pintarei a rua onde moro
Nem colocarei bandeiras
Muito menos fitas verdes e amarelas

A Copa sabor desemprego, transportes,
Segurança, habitação, saúde e educação
Talvez tenha início em outubro
Caso o povo vote consciente.

6 thoughts on “Em plena Copa do Mundo, um poema que retrata do momento brasileiro

  1. Paulo Peres, Nelson Rodrigues já dizia que “o futebol é o ópio do povo”. Verdade, a partir de hoje, 14 de junho, o povo sentirá mais alivio com o futebol jogado lá na Rússia. Faremos uma pausa nas noticias de complô contra Lava Jato, foro privilegiado, prisão coercitiva, prisão preventiva. Sérgio Moro, o justiceiro, o Todo Poderoso.
    Durante aproximadamente duas semanas o povo não vai se preocupar com ” sabor desemprego, transportes,
    Segurança, habitação, saúde e educação” Depois, tudo voltará ao normal, ou seja a desesperança, porque o povo ainda não aprendeu a votar.

  2. Obrigado por apagar o meu comentário. Eu sei que é difícil encarar a verdade. E a verdade a que me refiro, seu redator, é a mania tola que os brasileiros têm de julgar as pessoas pelo numero de diplomas e títulos. Profissionais devem valer pela habilidade na profissão e a demanda do mercado. Ser advogado, economista, poeta, letrista, e etc, só denota que a pessoa não sabe o que quer. Considere que isso é apenas minha opinião.
    Abraços afetuosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *