Em projeto de lei, filho de Bolsonaro prope criminalizao do comunismo

ctv-rqw-bolsonaro

Fica provado que quem puxa aos seus no degenera

Julia Lindner
Estado

Um projeto de lei do deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) pretende criminalizar o comunismo. A proposta, apresentada no ano passado, tem o objetivo de alterar as Leis Antirracismo e Antiterrorismo para punir quem fizer apologia do regime com penas que podem chegar a at 30 anos de recluso. O texto est parado na Comisso de Constituio e Justia (CCJ) da Cmara desde junho de 2016, sem prazo para ser apreciado.

No projeto, o deputado relaciona o regime comunista e o nazismo. O comunismo to nefasto quanto o nazismo e, se j reconhecemos em nosso ordenamento jurdico a objeo ao segundo, devemos tambm faz-lo em relao ao primeiro, diz trecho da justificativa.

APOIO TORTURA – Eduardo tambm tenta justificar, no documento, crimes de tortura praticados durante a ditadura. No cabe defesa tortura, mas esta, se ocorreu, no precedeu ao terrorismo. O contrrio verdadeiro. O Estado brasileiro teve de usar seus recursos para fazer frente a grupos que no admitiam a ordem vigente e, sob esse argumento, implementaram o terror no Pas. Os militares, em especial, e os demais agentes pblicos cumpriram sua misso tendo seus eventuais excessos apurados e punidos como de praxe se faz na caserna.

Se aprovado no plenrio da Casa, o projeto do parlamentar tambm incluiria a apologia do comunismo em artigo que, originalmente, pune a apologia do nazismo na Lei Antiterrorista. Pelo texto de Eduardo, seria considerado criminoso quem fabricar, comercializar, distribuir ou veicular smbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que usem a cruz sustica ou gamada, a foice e o martelo ou quaisquer outros meios para fins de divulgao favorvel ao nazismo ou ao comunismo.

PENA DE PRISO – Se as alteraes sugeridas na Lei Antirracismo forem aprovadas, a pena aplicada apologia do comunismo pode ser de 2 a 5 anos de recluso. J na Lei Antiterrorista, o deputado prope que manifestaes polticas, sociais, sindicais ou religiosas consideradas atos terroristas sejam punidos com penas de 12 a 30 anos de priso.

Eduardo Bolsonaro sugere ainda que a apologia do regime comunista poderia ocorrer em atos preparatrios de terrorismo, cuja pena correspondente ao delito consumado, diminuda de um quarto at a metade.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
O ilustre deputado da dinastia Bolsonaro esqueceu de tipificar o crime de canibalismo poltico. Afinal, todos sabem que comunista tambm gosta de comer criancinhas e essa prtica detestvel, inaceitvel e abominvel. Alis, o comunismo deveria ser considerado crime hediondo. (C.N.)

38 thoughts on “Em projeto de lei, filho de Bolsonaro prope criminalizao do comunismo

    • Concordo que a educao, o conhecimento so os motores para o desenvolvimento.
      Fao tambm uma pergunta: o que se iria dizer caso algum propusesse a revogao da lei que considera crime fazer apologia ao nazismo. ?
      Quem nega que nazismo, fascismo e comunismo sejam parentes?

  1. Pois sr. FHC. Tudo culpa sua. Comprou a sua reeleio, no administrou a sua sucesso. Desembocou no Lulo petismo. E agora o seu antdoto. Pobre Brasil.

  2. A idiotice desses politiqueiros vazios e irresponsveis no tem limites. At parecem dinossauros em pleno sculo XXI. o tal negcio, como diria o Raul Seixas, quem no tem colrio usa culos escuro. No tem caf no bule, ficam a tentando achar alguma rebarba que lhe rendam alguns votos, afinal de contas no Brasil o Jurassic Park ainda no foi extinto.

    • Diga isso aos ucranianos descendentes das vtimas do Holodomor. Se que sobraram descendentes.
      Comunismo regime assassino sim e devia ser proibida qualquer manifestao a favor.

  3. Convenhamos, os candidatos esto no nvel da qualidade dos eleitores.
    Para que algum candidato bom se apresente, ter de contar com voto qualificado.
    Com a base de eleitores atuais, os que esto se apresentando como candidatos so suficientes.
    Ora, combater o comunismo com leis como tentar mudar a lei da gravidade na reforma constitucional.
    Fallavena

    • Diga isso aos ucranianos descendentes das vtimas do Holodomor. Se que sobraram descendentes.
      Comunismo regime assassino sim e devia ser proibida qualquer manifestao a favor.

  4. Pegar aquela capa do disco que o Tom Z fez e enganou a censura da ditadura direitinho, e comparar com a cara desse sujeito…
    a mesma coisa! O direitinho c_ _o….

  5. 1) Diz o adgio popular: “Perguntar no ofende” =

    2) O n 1 da revista Veja, trazia na capa, em plena ditadura a foice e o martelo, sero presos e desterrados para os parasos proletrios?

    3) As lojas de construo ainda podero vender as ferramentas foice e martelo?

    4) Eurocomunismo suave, pode?

    5) Foi-se o martelo?

  6. Os eleitores que tem coragem de votar no Bolsonaro, so os que veem comunistas at na sobra deles prprios.
    Enquanto esto preocupados com o comunismo, o processo revolucionrio do Brasil est de vento em popa e muito bem armados, j dominam vrias reas em todos estados do Brasil. a que mora o perigo.. .

  7. Proibir a existncia de certos movimentos polticos e sociais somente aumentam seus seguidores e admiradores, pois se uma tendncia no quer a outra, significa que aquela deve ter atrativos que esta no admite e deseja para os seus partidrios.

    Considerando a natural rebeldia do ser humano, o comunismo que tem a proposta de ser criminalizado pelo deputado sem noo da realidade brasileira, aumentar vertiginosamente seus adeptos!

    A questo que impediria a expanso comunista no Brasil seria atravs da Educao/Ensino!

    O conhecimento sobre os males do comunismo onde foi implantado fora, o genocdio que ocasionou, o cerceamento de liberdades individuais e coletivas, a proibio do direito de ir e vir, somente atravs de estudos, da histria, de pesquisas, menos mediante proibio, exatamente o contrrio do conceito democrtico!

    O comunismo de Newton, que de resto o de ns todos, trata-se de uma utopia!

    Justamente as ideias de Marx e Engels no deram certo porque desconsideraram o ser humano, a sua desobedincia, vaidade, nsia pelo poder, que alteraram a essncia do comunismo, que se transformou em sinnimo de totalitarismo e despotismo!

    O deputado em questo pode at ter boas intenes, em face da vontade frrea dos comunistas brasileiros quererem a luta de classes e uma ditadura do proletariado, mas no dessa forma, de criminalizar o movimento.

    Antes, o parlamentar deveria bater na tecla dos efeitos do comunismo no mundo, quem foi Stalin, os “gulags”, a fome na Rssia e Polnia, os VINTE MILHES DE MORTOS RUSSOS PELO REGIME COMUNISTA, e deixar que o povo decida, por mais estpida e idiota que seja a sua opo pelo comunismo, pois s mesmo muito alienado e imbecilizado!

    Alis, basta verificarmos o comportamento dos comunistas no congresso, para vermos a pantomima e o espetculo deprimente e deplorvel que fazem com a democracia, invariavelmente mentirosos, enganadores, mal intencionados, incompetentes e LADRES!

    O Bolsonaro filho teria que se debruar em questes infinitamente mais importantes que esta, pois at mesmo denota que tem medo dos comunistas, ento quer usar a fora para erradic-los, exatamente a mesma maneira que os comunistas usaram para implantar o regime na Rssia, Coria do Norte, Cuba, China, Laos …

    Que perda de tempo!

    • Prezado Bendl! Novamente ouso manifestar minha modesta aprovao ao seu comentrio. Gostaria, apenas, de aduzir que, como voc disse, a soluo da problemtica est na Educao. Todavia, essa fundamental atividade est funcionando a favor do comunismo, uma vez que o prprio governo introduz atravs do MEC, professores afinizados e Universidade aparelhada, contedos ideolgicos multiplicadores. Assim, a juventude j vai sendo conduzida… Portanto, necessria se faz uma reviso na Educao Sistemtica eliminando sua ao na desconstruo cultural que avana a olhos vistos…

      • Caro Anunnaki,

        Tu ests coberto de razo!!!

        Exatamente neste caso, a escola no pode – deve ser proibida! – permitir contedos ideolgicos em seus contedos!

        Justamente nos ambientes acadmicos que se espraia o mau comunismo, o deteriorado, o alterado, o cultuador de dios e luta de classes.

        No entanto, l se introduz na mente dos universitrios as teses absurdas e ridculas, demaggicas e impraticveis, de sistemas e regimes ideias, que so frontalmente contestados quando se tenta pratic-los, haja vista no se ter considerado o carter do ser humano, a sua imperfeio, seus defeitos, a sua suposta onipotncia!

        Muito bem lembrado, Anunnaki, perfeitamente resgatado esse modo de pensar condenvel nas escolas e Universidades, que deixam a gurizada com as mentes tortas, confusas, repetitivas, meros papagaios a repetirem os mantras de comunistas mal intencionados, aproveitadores, falsos combatentes porque covardes, que jamais iriam para um campo de batalhas!

        Lembra o “guerrilheiro” do Brasil, o ridculo e bundo Z Dirceu, que sequer deu um tiro de festim na vida?!

        Que fez at cirurgia plstica com medo de ser preso?!

        Que omitiu da sua esposa, que lhe deu um filho, quem era na verdade?!

        Pois so os comunistas brasileiros, que levantam o brao com o punho fechado em tempos de paz, claro, pois na guerra so capazes de amputar os membros superiores para no serem identificados, pstulas!

        Valeu, Anunnaki, parabns pela interveno.

        Um forte abrao.
        Sade e paz.

  8. Perguntinha s para incomodar:

    Se desconsiderar a ideologia e o sectarismo e deixar apenas os numeros, esta muito errado criminalizar o comunismo ????

  9. Fred,

    Se criminalizarmos o comunismo, o mesmo dever ser feito com o socialismo, capitalismo, parlamentarismo, socialismo …

    Todos esses sistemas ou regimes de governo apresentam falhas, e erros que redundam na morte de milhes de pessoas porque regidos por … SERES HUMANOS!!!

    O comunismo na sua filosofia excelente!

    Ora, justamente deu errado porque precedeu a luta de classes, a ditadura do proletariado, a sua espcie de vingana contra seus opressores no passado, contra o rico, menos a vida comunitria, solidria, de amparo, ajuda, onde os problemas sociais seriam melhores equacionados.

    Espertos constataram que algum deveria conduzir o povo, manipul-lo, us-lo para atingir o poder.
    Uma vez obtido, este ditador evidente que no iria admitir a dissidncia, ento a democracia deletada e os insatisfeitos ou presos ou condenados morte!

    Nmeros por nmeros, se o comunismo matou milhes pela fora, o capitalismo fez o mesmo pela reteno do dinheiro nas mos de poucos, razo pela qual a morte pela fome, doenas, falta de saneamento bsico …

    O problema somos ns, Fred, e no os movimentos polticos e sociais, repito.

    Um abrao.
    Sade e paz.

    • Prezado Sr. Bendl.

      O Sr. poderia me citar alguns exemplos (se possvel com nmeros) do capitalismo provocando mortes pela fome, doenas e falta de saneamento.?

      OK, tem a reteno do dinheiro nas mos de poucos mas, isto diferente no comunismo ? Ser que Fidel ( tomado apenas como um exemplo dentre tantos outros) era pobrinho ? Ser que ele comia bucho com batata ou ele viveu nababescamente como os “malditos” capitalistas ?

      Para finalizar: O comunismo na sua filosofia excelente! Para quem ???? S se for para a nomenklatura pois para a populao sempre se caracterizou como desastre social.

      Um forte abrao do seu admirador.

      • Fred, meu caro,

        Obrigado pelas perguntas que me diriges, em princpio.

        Vamos l:

        O capitalismo mata milhes de pessoas atravs da especulao financeira, ou seja, bilhes de dlares aplicados na quebra da economia de alguns pases ou altas de preos de commodities ou queda no valor de moedas estrangeiras, que poderiam ter sido investidos na agricultura, no desenvolvimento de medicamentos, na instalao de gua potvel onde no tem, assim como tratamento de esgoto cloacal ou, at mesmo, na expanso das indstrias e consequentemente mais emprego.

        Justamente em razo do cinismo e hipocrisia do ser humano, que prega faa o que digo, mas no faas o que fao, os dirigentes comunistas sucumbiram ao conforto e poder que o dinheiro lhes conferiu, utilizando-se do vil metal para viverem as delcias dos extremos!

        O comunismo na sua essncia e em tese excelente porque h a preocupao com o bem comum, com menos desnveis sociais, com uma vida digna para todos.

        Exemplo?
        A social democracia escandinava, que cobra os impostos mais caros do mundo de seus contribuintes, porm no existindo as enormes diferenas constatadas no resto do mundo entre pobres e ricos!

        Agora, a diferena naquela Regio, a Escandinvia, entre a Amrica do Sul, frica, Amrica Central, Oriente Mdio, parte da sia e Oceania, reside na Educao, no alto desenvolvimento educacional daquele povo, que arca com uma carga tributria altssima, mas sabe que esta arrecadao volta em servios pblicos excelentes, e seus parlamentares e ministros – sistema parlamentarista e monarquia -, o povo confia nos seus representantes porque honestos e preocupados com a cidadania!!!

        Espero ter te respondido as questes formuladas.

        Pergunta o que quiseres que, se eu souber responder, conta comigo.

        Um forte abrao.
        Sade e paz.

        • Obrigado pela ateno e pela gentileza da resposta.
          Quando li sua explicao sobre o capitalismo, tive a impresso que o Sr. narrava a corrupo e no o regime.
          Ao tentar “enfeitar o pavo” do comunismo o Sr. me confundiu mais ainda tomando como exemplos um terceiro regime, (que no estava em pauta)que a social democracia, que seria o autntico (e saudvel) socialismo ANTES de Marx deturpa-lo. Procede ?

          Bem, entendo que este assunto por demais complexo e confuso para ser conversado via este mecanismo. Oxal pudessemos faze-lo numa rodada de chimarro.

          De minha parte vou continuar a tentar achar a ponta do novlo deste bochincho.

          Fraterno abrao.

  10. Se analisarmos os partidos de esquerda, principalmente o PT e o PC do B, veremos que no tem nada de comunistas, so uns oportunistas, que cacarejam para a esquerda e pe os ovos para direita, como dizia o Brizola.
    O maior perigo para haver ditaduras de esquerda,(chamadas de comunistas) a misria, a desigualdade social, a corrupo, a falta de educao e assistncia do povo e principalmente a crescente dominao das organizaes criminosas. Foram esses motivos que levaram a China, Cuba e Rssia a revoluo e a ditadura…

  11. Jacob, meu amigo,

    Por ouro lado, esta mesma misria leva a ditaduras de direita, que foi o nazismo, por exemplo, arqui-inimigo do comunismo e o fascismo, lembro Mussolini.

    Na Amrica do Sul, a ditadura de direita se espalhou pelo Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e chile, que entraram em combate com defensores da ditadura do proletariado, pelo menos no nosso pas, e no pelo retorno da democracia como mentirosamente alegava Dilma Rousseff.

    Alis, neste particular, os militares brasileiros foram infinitamente mais brandos com os dissidentes do que as demais naes, pois tivemos lamentavelmente quase 500 vtimas de ambos os lados nesta luta da dcada de sessenta e incio da setenta mas, na Argentina, os mortos atingem 30 mil, 5 mil no Chile … e a crueldade dos militares argentinos foi qualquer coisa de brutal, imperdovel ou quem no lembra do “anjo loiro”, o tenente Afredo Astiz que, na Guerra das Malvinas contra os ingleses, o “valente e corajoso” oficial da Marinha no disparou um s tiro e se entregou aos inimigos vergonhosamente!

    No entanto, foi maior torturador argentino, sdico, cruel, uma besta humana!

    Hoje se encontra preso, condenado priso perptua!

    Um forte abrao.
    Sade e paz.

    • Sr. Bendl, eu de novo !!! Hoje o Sr. resolveu dar um n na minha cabea.

      Devo entender que ditaduras militares so regimes de direita ?!

      Grato pela pacincia.

      • Fred, meu caro,

        Eis a melhor sntese a respeito j publicada em nosso pas sobre esquerda e direita.

        () Normalidade democrtica a concorrncia efetiva, livre, aberta, legal e ordenada de duas ideologias que pretendem representar os melhores interesses da populao: de um lado, a esquerda, que favorece o controle estatal da economia e a interferncia ativa do governo em todos os setores da vida social, colocando o ideal igualitrio acima de outras consideraes de ordem moral, cultural, patritica ou religiosa.

        De outro, a direita, que favorece a liberdade de mercado, defende os direitos individuais e os poderes sociais intermedirios contra a interveno do Estado e coloca o patriotismo e os valores religiosos e culturais tradicionais acima de quaisquer projetos de reforma da sociedade.

        Representadas por dois ou mais partidos e amparadas nos seus respectivos mentores intelectuais e rgos de mdia, essas foras se alternam no governo conforme as favorea o resultado de eleies livres e peridicas, de modo que os sucessos e fracassos de cada uma durante sua passagem pelo poder sejam mutuamente compensados e tudo concorra, no fim das contas, para o benefcio da populao.

        Entre a esquerda e a direita estende-se toda uma zona indecisa de mesclagens e transigncias, que podem assumir a forma de partidos menores independentes ou consolidar-se como poltica permanente de concesses mtuas entre as duas faces maiores. o centro, que se define precisamente por no ser nada alm da prpria forma geral do sistema indevidamente transmutada s vezes em arremedo de faco poltica, como se numa partida de futebol o manual de instrues pretendesse ser um terceiro time em campo.

        Nas beiradas do quadro legtimo, florescendo em zonas fronteirias entre a poltica e o crime, h os extremismos de parte a parte: a extrema esquerda prega a submisso integral da sociedade a uma ideologia revolucionria personificada num Partido-Estado, a extino completa dos valores morais e religiosos tradicionais, o igualitarismo forado por meio da interveno fiscal, judiciria e policial.

        A extrema direita prope a criminalizao de toda a esquerda, a imposio da uniformidade moral e religiosa sob a bandeira de valores tradicionais, a transmutao de toda a sociedade numa militncia patritica obediente e disciplinada.

        No o apelo violncia que define, ostensivamente e em primeira instncia, os dois extremismos: tanto um quanto o outro admitem alternar os meios violentos e pacficos de luta conforme as exigncias do momento, submetendo a frias consideraes de mera oportunidade, com notvel amoralismo e no sem uma ponta de orgulho maquiavlico, a escolha entre o morticnio e a seduo. Isso permite que forjem alianas, alternadamente ou ao mesmo tempo, com gangues de delinquentes e com os partidos legtimos, s vezes desfrutando gostosamente de uma espcie de direito ao crime.

        No uma coincidncia que, quando sobem ao poder ou se apropriam de uma parte dele, os dois favoream igualmente uma economia de interveno estatista. Isto no se deve ao slogan de que os extremos se tocam, mas simples razo de que nenhuma poltica de transformao forada da sociedade se pode realizar sem o controle estatal da atividade econmica, pouco importando que seja imposto em nome do igualitarismo ou do nacionalismo, do futurismo utpico ou do tradicionalismo mais obstinado.

        Por essa razo, ambos os extremismos so sempre inimigos da direita, mas, da esquerda, s de vez em quando!

        A extrema esquerda s se distingue da esquerda por uma questo de grau (ou de pressa relativa), pois ambas visam em ltima instncia ao mesmo objetivo.

        J a extrema direita e a direita, mesmo quando seus discursos convergem no tpico dos valores morais ou do antiesquerdismo programtico, acabam sempre se revelando incompatveis em essncia: materialmente impossvel praticar ao mesmo tempo a liberdade de mercado e o controle estatal da economia, a preservao dos direitos individuais e a militarizao da sociedade.

        Isso uma vantagem permanente a favor da esquerda: alianas transnacionais da esquerda com a extrema esquerda sempre existiram, como a Internacional Comunista, o Front Popular da Frana e, hoje, o Foro de So Paulo.

        Uma internacional de direita uma impossibilidade pura e simples. Essa desvantagem da direita compensada no campo econmico, em parte, pela inviabilidade intrnseca do estatismo integral, que obriga a esquerda a fazer peridicas concesses ao capitalismo.

        Embora essas noes sejam bvias e facilmente comprovveis pela observao do que se passa no mundo, voc no pode adquiri-las em nenhuma universidade brasileira ().

        Isto que vai acima um trecho do artigo Democracia normal e patolgica 1, de Olavo de Carvalho, publicado no dia 5 de outubro de 2011 no Dirio do Comrcio.

        Se voc no quer ser uma Luciana Genro ou qualquer militante do PSOL, que usam conceitos como rtulos apenas para atacar adversrios ou fazer os velhos aliados parecerem mais moderados do que so (como ao chamar o PT de direita), entender o que os conceitos realmente significam na realidade fundamental para se conectar com ela. (E aos inocentes teis, nunca demais lembrar que o governo militar brasileiro foi estatizante, o que um aspecto esquerdista, embora a esquerda insista em rotul-lo como exemplo-mor de direitismo aplicado.)

        A democracia no Brasil ainda est doente, como mostram mais uma vez as eleies deste ano, disputadas por trs candidatos apenas de esquerda (Dilma, Marina e Acio), mas para cur-la no h dvida de que preciso primeiro saber identificar a doena.

        Que tal, Fred?

        Outro abrao.

  12. Como se sabe o pai vai, de alguma forma, se mantendo na corrida presidencial. Como daqui para frente nas entrevistas que conceder dever obrigatoriamente responder questes como essa imbecilidade provocada pelo filho incompetente, atrevido e despreparado. Vai ficar numa saia justa. Se apoiar a proposta, adeus campanha. Se for contra, demonstra uma dissidncia forte na assessoria, o que dever provocar baixas importantes.
    Apelo cultura e ao conhecimento do comportamento humano dos comentaristas deste blog.
    Como conter imbecis deste tipo ?

  13. Temos o Bolsonaro pai, temos os Bolsonaros filhos: um deputado federal por SP, um deputado estadual e um vereador, ambos pelo RJ. E com esse conhecimento de causa para propor uma reforma poltica o menino Bolsonaro vem falar de proibir apologia ao comunismo?!?!?! So uns pulhas!

  14. O pai teve que sair do Exrcito como tenente para no ser expulso. Ganhou uma promoo de capito que as FA do a quem vai para reserva. Encheu a cabea dos filhos que viraram pilantras. Isso coisa de gente burra. Sem esquecer que esse filho do Bolsonaro na ltima eleio tinha a seu lado um pilantra fantasiado de Hitler, com “bigodinho e cabelo partido ao lado”, Eu j disse aqui que tenho uma bomba para detonar contra o Bolsonaro na hora certa. Mas estou com vontade de dar a bomba para o Jean Wyllys, que sempre humilhado por ele ou pelo Ciro. Ou no dar para ningum e solt-la aqui, prximo da eleio.

      • Marcos Jorge,

        Por favor, deves explicar detalhadamente ao cuspidor-mor do congresso, o deputado com nome de jipe, como dever soltar esta “bomba”, pois o obtuso e mal educado parlamentar poder entender como flatulncia, e emporcalhar o ambiente com fedores nauseabundos produzidos pelo seu estmago em efervescncia, e com as sadas desses gases atravs do vasto orifcio que o caracteriza!

        Explica, Marcos, ao cuspidor, a bomba, por favor!

        Um abrao.

  15. Os Bolsonaro esto 100 anos atrasados. Os comunistas brasileiros no enchem nem um nibus. Veja o Ministro da Defesa. O Comunismo o estgio superior do Socialismo. Quem sabe daqui h 1000 anos o Comunismo no seja implantado no mundo. Estarei vivo para ver.

  16. O prximo projeto de lei de algum dos Bolsonaros ser a legitimao do estupro da mulher bonita ou a proibio do estupro de mulher feia, para poder limpar a barra do Bolsonaro, que disse que no estuprava a deputada porque ela era feia e no merecia. Assim o capito escapar de condenao pelo processo que a deputada move contra ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.