Empreiteiros farão delação premiada, diz o procurador Janot

Janot: “Delação é um rastilho de pólvora. Vem um atrás do outro”

Severino Motta
Folha

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, espera que a prisão de executivos e presidentes de grandes empreiteiras do país na operação Lava Jato faça com que muitos dos detidos busquem o instituto da delação premiada para tentar reduzir o tamanho de suas penas.

“Isso é um rastilho de pólvora. Quando um começa a falar, o outro diz: Vai sobrar só para mim?’. E aí eles começam a falar mesmo.”

Questionado sobre a possibilidade de haver uma quadrilha operando no desvio de recursos da Petrobras, Janot afirma que “em princípio sim, tudo indica que sim, mas está cedo para falar ainda”.

À Folha, o procurador fez ainda um balanço de sua gestão no comando do Ministério Público e rechaçou críticas de que recomendou o arquivamento de muitos inquéritos no Supremo Tribunal Federal desde que assumiu o cargo, em setembro de 2013.

NOVAS DELAÇÕES

Isso é um rastilho de pólvora. Quando um começa a falar, o outro diz: Vai sobrar só para mim?’, e aí eles começam a falar mesmo. Todos vão negociar. Se um abrir a boca, abre todo mundo. Um me perguntou: E se eu não tiver ninguém para entregar?’ Eu disse: Sempre tem, você pode se entregar, se entregue, autodelação’. Eu só não aceito perdão judicial [no acordo de delação]. Se for um crime que tenha já semiaberto, sempre que for possível eu vou botar o aberto. Vá cumprir pena em casa, sem problema nenhum.

EMPREITEIROS

Em principio é fraude em licitação, lavagem de dinheiro, crime contra o mercado e corrupção ativa.

Elas [empreiteiras] diziam que eram alvo de concussão [exigência de dinheiro por parte de funcionários da Petrobras]: Eu sou obrigado a dar, senão eu não consigo participar desse negócio e eu morro à míngua’. Se puder me explicar como a fraude à licitação decorre de concussão, eu concordaria com a tese. Como a concussão te obriga a fazer um cartel, fraudar uma licitação e ganhar um dinheirão? Está sendo extorquido para ganhar dinheiro? Para ter que botar US$ 100 milhões no bolso? Vamos combinar, não é. A delação quebrou com essa ponte.

PRESÍDIOS

A gente ainda vai pegar esse dinheiro. Hoje são cerca de R$ 700 milhões bloqueados [dos empreiteiros]. Se as empreiteiras vierem [fazer delação], nas cláusulas do acordo, vamos colocar a exigência para a construção de presídios. Nós vamos ter que fazer licitação para construir? Não. Eles vão me dar é in natura’.

POLÍTICOS

São muitos fatos e muitas pessoas. Há também muita gente que não tem foro, mas tem relação com o fato. O que estamos investigando? Pagamento de propina com dinheiro desviado da Petrobras. As empreiteiras faziam o retalho das licitações. Teu lote é aquele, teu lote é aquele outro. Eu pego meu lucro, engordo ele, os outros engordam mais. Essa diferença entre meu lucro e o que engordei vai irrigar o sistema. Desse dinheiro, pelo que entendi do [ex-diretor da estatal] Paulo Roberto Costa, você tem dinheiro destinado a caixa dois de campanha.

INTERFERÊNCIA

Estava visível que queriam interferir no processo eleitoral. O advogado do Alberto Youssef operava para o PSDB do Paraná, foi indicado pelo [governador] Beto Richa para a coisa de saneamento [Conselho de administração da Sanepar], tinha vinculação com partido. O advogado começou a vazar coisa seletivamente. Eu alertei que isso deveria parar, porque a cláusula contratual diz que nem o Youssef nem o advogado podem falar. Se isso seguisse, eu não teria compromisso de homologar a delação.

LEGADO DA LAVA JATO

O sistema republicano e a Justiça começam a mudar de paradigma. A Justiça de três, quatro anos para cá, não é mais uma justiça dos três Ps, de puta, de preto, de pobre. Ela está indo em cima de agente político e de corruptor. Acho que [essas novas operações e prisões] serão o grande propulsor da reforma política. E esse sistema é corruptor mesmo, se continuar esse sistema não vai mudar nada, pois vamos derrubar essas pessoas e outros virão ocupar esses espaços. O efeito que estou apostando é a reforma política.

ARQUIVAMENTO

Eu arquivei 65 inquéritos, desses, cinco envolvem o senador Cícero Lucena (PSDB-PB). Em dias separados pegou uma motoca, botou caixa de som e começou a fazer propaganda eleitoral. Instauram-se cinco inquéritos, crime eleitoral, ambiental e de trânsito. Outros cinco da Kátia Abreu (PMDB-TO). Uso de armas da República em papel da CNA (Confederação Nacional da Agricultura). Há caso de deputado que cometeu crime quando era prefeito, mas foi verificar e ele não era prefeito no período. Arquivei um do senador Fernando Collor (PTB-AL). Alguém num avião ouviu que o Collor havia mandado matar o PC Farias e abriram inquérito de homicídio. Você precisa ter um mínimo de elementos para abrir inquérito. No STF se perguntavam como esses casos poderiam estar lá, ocupando a pauta do Supremo. O que eu fiz? Tirei o que tinha de lixo. E mais vai sair. Dizem que eu arquivei só do PT. São 20 do PMDB, 8 do PSDB e 3 do PT.

INQUÉRITOS ABERTOS

Eu requisitei a instauração de 29 inquéritos. Coisas que têm fundamentos. Também apresentei 11 denúncias contra parlamentares. Isso sem contar o trabalho na Lava Jato, na operação Ararath [que apura crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro em Mato Grosso]. A atuação está visível.

6 thoughts on “Empreiteiros farão delação premiada, diz o procurador Janot

  1. A M que Aécio jogou no ventilador para ganhar a eleição com certeza vai sujar o PSDB. Formação de Cartel , dólares para o exterior. Se Aécio tivesse ganhado a eleição, acertaria tudo. Mas Aécio perdeu, um desastre se aproxima. A estratégia destruidora da campanha de Aécio vai acabar por destruí-lo. Isso é o que dá contar com o ovo na galinha.

  2. A campanha do PSDB teve como foco a acusação de corrupção no governo do PT. Petrobras, mensalão foram exploradas ao máximo. Acusaram tanto que atingiu as poderosas empreiteiras , seus donos e gerentes foram presos por causa da acusações do PSDB, e todo mundo sabe que o PSDB é acusado de envolvimento com fornecedoras de equipamentos eletromecânicos cartelizadas. A estratégia de campanha não os fez ganhar a eleição. Agora, babou.Os políticos do PSDB não escaparão.

    Fabula de Esopo – O urso e a raposa
    Um urso de gabava de ser um amigo do gênero humano: Quando um homem morre , dizia , não toco em seu cadáver. Ao ouvir isso a raposa retrucou: Se pelo menos devorasse os mortos em vez dos vivos ! Violentos, hipócritas e frívolos tirem as máscaras.

  3. PT faz merda, joga no ventilador e diz que material fétido dos outros.
    Resultado: o país todo “enlameado”.
    Tática suicida: quando for feita análise do material, facilmente chegarão na origem, aos autores da “caca”.
    Alguns comentaristas, no afã de defender o indefensável, colocam a cara na janela para defender os pulhas que os contrataram ou os “ganharam” no papo.
    Quem inventou a tal de “delação premiada” sacaneou todo o grupo. Agora, quando olham o Marcos Valério na cadeia, sentem arrepios. Vão entregar todos, até os grandes chefes.
    Incêndio morro acima não tem água que apague!

  4. Quem deve estar dando cabeçadas na parede ao saber das curtas e longas da operação Lava-Jato, da delação premiada, deve ser o operador Marcos Valério… que chance eu perdi!

Deixe uma resposta para Renato Lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *