Encontro de Lula com a alta cúpula do MDB mostra que a velha política continua imbatível

Lula é recebido em jantar por caciques do MDB. No cardápio, eleições 2022

Lula ganhou uma estatueta de presente e posou para foto

José Carlos Werneck

O encontro de Lula, nesta segunda-feira, com a alta cúpula do MDB, foi muito importante em termos de aliança política e afastou definitivamente quaisquer possíveis “temores” que alguns setores do empresariado nutriam em relação à sua candidatura.

Com Geraldo Alckmin como companheiro de chapa e o apoio dos caciques do MDB, a candidatura do ex-presidente é considerada, em termos de engenharia política, como imbatível.

ENORME ENTUSIASMO – Lula foi recebido com enorme entusiasmo por José Sarney, Renan Calheiros, o sorridente anfitrião Eunício Oliveira e coroados nomes da política nacional, presentes ao badalado encontro.

Foi um evento político grandioso, no qual Lula recebeu e distribuiu afagos, em meio a muitos risos e brindes à vitória. O cardápio foi primoroso e as sobremesas requintadas. Nada de pão com leite condensado.

Como se vê, o “perigo vermelho” acabou… Tudo será como antes! A elite está com Lula, constata-se.

TEBET DESCARTADA – No encontro, a candidatura da senadora Simone Tebet, considerada pelas velhas raposas como totalmente sem competitividade, foi jogada para escanteio. E a candidatura de Moro foi alvo de muitas piadas.

O ex-presidente mostra que não é nenhuma ameaça às classes dominantes e excelentemente favorecidas. A velha política continua imbatível! Vitória praticamente garantida, comentava-se no encontro. Um conviva mais entusiasmado chegou a afirmar: “Podemos levar no primeiro turno”

Mas ainda falta combinar com os eleitores…

14 thoughts on “Encontro de Lula com a alta cúpula do MDB mostra que a velha política continua imbatível

  1. Bonitinhos mas ordinário$, mais dos me$mo$, a medida em que, sob o aspecto político, nada trazem de extraordinário no sentido das mudanças de verdade, sérias, estruturais e profundas, e de melhorias na vida do país e da população. TANTO LÁ QUANTO CÁ escroto$ há, populistas e personalistas do sistema apodrecido dos me$mo$, nas versões direita, esquerda e centro, que não se fazem de rogados em entupir todos os canais políticos e, por conseguinte, atrapalharem a vida do povo, impedindo que uma nova classe política, qualificada, oriunda da intelectualidade idealista, que tenha noção do que é ser um agente político, um servidor público diferenciado, à moda se não vive para servir não serve para ser servidor público, como propõe a Democracia Direta com Meritocracia, possa chegar ao poder não como super stars a custos faraônicos e fundos partidários bilionários ladrões mas isto sim como servidores públicos normais, com salários normais, conectados à realidade do país e do povo, com autoridade moral, para fazer acontecer o sonho da realização do bem comum do conjunto da população. https://www.brasil247.com/mundo/de-olho-em-voto-popular-macron-reve-reforma-da-previdencia-e-e-chamado-de-eleitoreiro-por-le-pen?fbclid=IwAR14Hf3bNV0bXHsfJsVervbI2ogE7Uz6kq3JBGV4iWdfx4FMznaG8I3FaF8

  2. Tebet a estrela ascendente da terceira via, “totalmente sem competitividade foi jogada para escanteio” … oh! vida, oh! azar.

    A velha bandidocracia política, imprensa prostituída, banqueiros, empresários mamadores, sindicalistas, traficantes, artistas desmamados, presidiários, marginais do STF … enfim, todas as forças das trevas unidas e abraçadas com o ladrão maior, Lula da Silva, para derrotar o candidato da restauração nacional, Jair Messias Bolsonaro.

  3. Essas noticias estão me causando umas dorezinhas de cabeça ; acho que é hipertensão , vou comprar viagra. Dizem que é tiro e …. não tem queda

  4. Quem começou a usar esse termo “Velha Política” foi a Marina Silva, depois foi apropriado pelo Aeciye sua turma. E aqueles que deram o Golpe de 16.
    Tem gente esquecida ou de .emoria fraca – talvez a idade que os neurônios se foram – que gosta de repetir certos erros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.