Enquanto Temer cai nas pesquisas, o PT volta a disparar na preferência do povo

Resultado de imagem para pt charges

Charge do Nani (nanihumor.com)

José Marques
Folha

O PT atingiu a sua maior popularidade desde a segunda posse da ex-presidente Dilma Rousseff, em meio à crise política e econômica que atinge o governo Michel Temer. Segundo pesquisa Datafolha, é o partido favorito de 18% da população. A legenda era a líder isolada em popularidade de 2000 até junho de 2015, quando empatou tecnicamente com o PSDB. À época, os simpatizantes dos petistas eram 11% e do tucanos, 9%. Em dezembro do mesmo ano, o PT continuava a pontuar 11% e o PSDB caía a 8%.

Mesmo depois do processo de impeachment de Dilma, a legenda da ex-presidente ainda penava na popularidade. Em dezembro do ano passado, tinha 9%. Voltou a crescer em maio deste ano, quando alcançou 15%.

CHEGOU A 29% – O ápice de popularidade do PT foi no próprio governo Dilma, em março de 2013, pouco antes das manifestações de junho. A sigla havia chegado a 29% de preferência popular.

No levantamento feito entre quarta-feira (dia 21) e sexta (23) com 2.771 entrevistados, o Datafolha aponta em segundo lugar, empatados com 5%, o PSDB e o PMDB. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A grande maioria dos entrevistados, no entanto, não tem preferência por partidos. Esse índice é de 59%. Além de PT, PSDB e PMDB, apenas outras três legendas chegam a pontuar na pesquisa. PSOL, PV e PDT alcançaram 1% cada.

TEMER EM QUEDA – O crescimento na popularidade do PT acontece ao mesmo tempo em que o governo Michel Temer chega à menor marca registrada pelo Datafolha em 28 anos. O presidente foi gravado secretamente pelo empresário Joesley Batista, da JBS, em uma conversa em que ambos tratavam da relação com o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso. O áudio foi entregue como prova na delação do empresário e deverá subsidiar denúncias contra Temer.

Já o PSDB teve um de seus principais líderes, o senador Aécio Neves (MG), afastado do cargo e da presidência da legenda, também por causa de conversas gravadas com Joesley. O tucano foi denunciado por corrupção passiva e obstrução à Justiça.

Para os investigadores, o tucano usou o cargo para atuar em benefício da J&F, a holding da JBS, além da ingerência do PSDB em assuntos governamentais. Aécio nega as acusações.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Para o PT, o governo Temer é a “tempestade perfeita”, conforme indica a pesquisa Datafolha. O problema do PT é a recuperação da economia, que começa se vislumbrar e pode mudar novamente o quadro político, caso se concretize a volta do crescimento. (C.N.)

7 thoughts on “Enquanto Temer cai nas pesquisas, o PT volta a disparar na preferência do povo

  1. Partido por partido, o PT continua sendo o mais vistoso, embora 18% de popularidade seja um desastre partidário, porque não reflete nem mesmo a aprovação do eleitorado cativo. Quanto ao PSDB e PMDB então, fim de carreira, tchau queridos. E o resto então, chega a no máximo 1%, de modo que não valeu nada a luta de partidos como PSOL no congresso, PSTU e outros nas ruas, às vistas do olhar popular. Isso quer dizer, que apenas o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação pode fazer a cabeça da população e a diferença na eleição. O duro é convencer PSOL, PSTU e Cia, que, infelizmente, preferem prosseguir apenas como linha auxiliar do PT, temerosos de levantar a bandeira do novo de verdade, embora não tenham mais o que perder.

  2. A política no Brasil sempre foi mais em torno de pessoas que de partidos. Estes nunca foram muito mais que frentes de interesses ou claques de um líder ou outro.Sempre definham quando estão fora do poder ou quando estão sem lideranças carismáticas disponíveis. Foi assim que o PFL e o PPB (ex-PDS) se acabaram. Só o PT e os partidos comunistas chegaram mais perto de ser verdadeiros partidos, mas hoje estão na vala comum da corrupção. O PT destruiu todas as suas possíveis lideranças futuras, por corrupção ou incompetência (Dirceu, Pallocci, Genoíno, Haddad, etc.), e hoje depende inteiramente do Lula. O PT é só uma formalidade legal necessária à candidatura do Lula.
    Se o Lula voltar ao governo, vai ser para completar os malfeitos de Temer. Os interesses do PT são demais convergentes com o resto da classe politica corrupta para ser de outro jeito.

  3. Sou cético sobre as opiniões difundidas pela Folha, especialmente se elas se fundam em “pesquisas” DataFolha. O PT vai ser visto como lixo e o Lula vai gastar os fundilhos numa cela em Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *