Era só o que faltava: Loures usou jatinho da FAB para receber a mala de dinheiro

1

Loures estava sendo grampeado 

Deu em O Tempo

O ex-deputado e ex-assessor especial do presidente Michel Temer Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) usou um jatinho da Força Aérea Brasileira e dinheiro da cota parlamentar para se deslocar de Brasília a São Paulo e pegar a mala com R$ 500 mil em dinheiro vivo da JBS, que seriam propina destinada a Temer, segundo a delação dos irmãos Batista, donos da empresa. A informação consta no inquérito aberto para apurar o envolvimento do presidente com corrupção e foi divulgada pelo site de notícias BuzzFeed.

Em ligações interceptadas pela Polícia Federal (PF), Loures pede à secretária parlamentar Alessandra Serrazes para marcar sua viagem para São Paulo. O telefonema ocorreu às 9h09 do dia 27 de abril. Rocha Loures disse que tinha um jantar no Estado e que o ideal seria embarcar por volta das 18h. A assessora, então, fez referência a um voo da FAB reservado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD).

DE CARONA – No grampo, Rocha Loures concorda em pegar carona no jatinho: “É, mantém o voo lá com o Kassab, mas imediatamente veja se tem alguma outra opção, porque o ideal pra mim era sair daqui às seis da tarde”.

Segundo o site BuzzFeed, os registros da Câmara mostram que o gabinete de Rocha Loures emitiu uma passagem de Brasília a São Paulo naquele dia por R$ 1.416,79 em nome do deputado, mas Loures acabou indo a São Paulo no jatinho da FAB, com Kassab. “Verifica-se nos registros da FAB que ocorreu um trecho com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações às 19h de Brasília para São Paulo, motivo ‘serviço’ e com previsão de sete passageiros, pousando no destino às 20h55, condizente com o que o deputado narrou no último diálogo apresentado”, diz relatório da PF

VERBA DA COTA – A volta a Brasília, porém, foi paga com a cota parlamentar e ocorreu no dia seguinte, após Rocha Loures pegar a mala com os R$ 500 mil com o executivo da JBS Ricardo Saud, em uma pizzaria em São Paulo. Por volta das 18h30 daquela data, o ex-assessor de Temer foi filmado recebendo a mala.

Fora o bilhete de ida, registros da Câmara mostram outros dois comprados em 27 de abril pelo gabinete do então deputado, mas ele só usou um. Segundo o BuzzFeed, a Câmara gastou R$ 2.765,59 com as três passagens aéreas: uma de ida à capital paulista e duas de volta a Brasília – uma delas não foi utilizada.

Anotações em um celular antigo de Loures sugerem que ele negociou sua indicação para cargos na Caixa e em Itaipu. A Polícia Federal (PF) suspeita que os textos são do final de 2014. Em uma das anotações, Loures escreve uma mensagem a Temer dizendo ter obtido apoio do então presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, para a vaga de vice-presidência de Fundos e Loterias da Caixa. “Michel, acabo de ter ótima conversa com Henrique. Pedi a ele apoio para permanecer em Brasília. Ele concordou e sugeriu a VP da Caixa, ocupada anteriormente pelo Moreira. Ressaltou-me que, pelo meu perfil e estilo, posso ajudá-lo e apoiá-lo (agora e no futuro)”, escreveu o ex-assessor.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGComo dizia o Barão de Itararé, era só o que faltava… Além disso, o taxista Daniel Rosa Pile, que transportou Loures em SP em 28 de abril, contou à PF que o ex-deputado disse que ia pegar “a mala de um amigo” numa pizzaria antes de ir ao aeroporto. Mas agora a PF está atenta para tudo não acabar em pizza. (C.N.)

7 thoughts on “Era só o que faltava: Loures usou jatinho da FAB para receber a mala de dinheiro

  1. Resumindo, o Brasil e sua estrutura oficial passou a ser o quintal da casa desse tipo de “autoridade”. Nós pagamos uma das maiores cargas tributárias do planeta com praticamente zero de retorno e a Lavajato está demonstrando a razão de nossos impostos não retornarem ao povo brasileiro.

  2. Depois que a terrorista Dilma usou os jatos da FAB por 6 anos, qualquer bolota quer usar também…

    Tudo carece de dar o exemplo.
    Dilma na cadeia pelos crimes cometidos da o exemplo, e de bom tamanho…
    Mas concederam a ela essa mordomia pós mandato justamente esses “mafiosos” da hora, com o Chefe da Quadrilha usufruindo dum avião presidencial chapado de HagenDaz pra modela e frutily para o pequeno ‘demian’ ….

    E o povo brasileiro ó, nem a fumaça…
    !!TóP!!

  3. Realmente, para roubar nosso dinheiro utilizam os meios públicos e com passagem pagas com os nossos impostos. Além dos 27,5% de imposto de renda nos contracheques do trabalhador, desconta plano de saúde com valores absurdos, visto que o estado não tem dinheiro para saúde, paga-se escolas privadas, visto que o estado não tem vagas e,ou não fornece ensino público digno. Segurança, o estado também não tem recurso para dar para a população. Com o dinheiro que sobra do trabalhador, se sobra alguma coisa, temos que pagar aluguel que não pode ser descontado no imposto de renda e fazer a compra no supermercado.Em uma compra de gênero de primeira necessidade no supermercado no valor de R$ 665,00 tem de tributo federal R$ 62,00 e de tributo estadual R$119,00 – bando de ladrões. É por isso que político não quer largar o cargo e só pensam em assaltar o estado – deviam tomar conta de nossos impostos e o que fazem? Assaltam os nossos impostos e não fazemos nada? Partido no Brasil sempre foi uma instituição formalizada para assaltar o estado – que nada mais é que o nosso bolso. Como diz CN – quem se interessa?

  4. NA REPÚBLICA 171 DO PARTIDARISMO-ELEITORAL, DO GOLPISMO-DITATORIAL E SEUS TENTÁCULO$, VELHACO$, DOS QUAIS SOMOS TODOS VÍTIMAS E REFÉNS HÁ 127 ANOS, DESGRAÇA POUCA É BOBAGEM. Pelo amor de Deus, e dos seus próprios filhos, netos, bisnetos… , basta de falácias, chega dessa embromação de votar no ruim para evitar o pior. Agora e doravante eu quero apenas eleger e ser representado pelos melhores, e que sejam de fato melhores e mais qualificados do que eu mesmo enquanto seres humanos. Ninguém merece mais continuísmo da mesmice, raso e seco, que, aliás, é golpe, como já disse o Dr. Ayres Britto, ex-STF, aquele que prefere ser pirilampo a ser camaleão. Pelo amor de Deus, basta de mais dos me$mo$. Chega de “quanto pior, melhor”. Urge revogarmos a maldita Lei de Murphy, medida essa que implica em arremessarmos para o lixão da história do Brasil e do mundo o partidarismo-eleitoral, o golpismo-ditatorial e seus tentáculos, velhaco$, tal qual encontram-se formulados, e, bem como a plutocracia putrefata dos me$mo$, com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, com todos os seus mequetrefe$ a bordo da dita cuja, e, por conseguinte, sepultarmos de uma vez por todas, com uma só cajadada intelectual, a maldita guerra tribal dos me$mo$, primitiva, permanente e insana, que, aliás, como pode ser visto a olhos nu, já chegou às raias da demência, da loucura por dinheiro, poder, vantagens e privilégios, sem limite$, à moda tudo para elle$ e o resto que se dane. Basta. Chega dos me$mo$. Fora todo$. Democracia Direta Já, com meritocracia eleitoral, como propõe a Revolução Pacífica do Leão (RPL-PNBC-DD-ME), a Revolução Redentora, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, alicerçado na paz, no amor, no perdão, na conciliação, na união e na mobilização pela mega-solução que tem que ser o sucesso pleno do bem comum do conjunto da população que será atingindo à base do quanto melhor, melhor, tendo como foco o IDH número um do Planeta Terra. Portanto, chega dos me$mo$, fora todo$, Democracia Direta Já. Vem comigo Brasil. Simbora para o futuro. Com a RPL-PNBC-DD-ME o Brasil pode mais, muito mais, vamos dar o Pulo de Leão adiante dos EUA e da própria Europa-mãe, ao invés de ficar aí a vida toda igual mula sem cabeça, empacado no velho lugar comum, dominado pelo velho $istema político podre que já morreu, e que urge ceder espaço à Democracia Direta Já. Apenas as pessoas desprendidas são capazes de elaborar projetos para todos sem pensar e projetar neles antes os seus próprios interesses pessoais. https://www.brasil247.com/pt/247/poder/302523/Pesquisa-aponta-2%C2%BA-turno-entre-Lula-e-Bolsonaro.htm

  5. Kennedy Alencar:

    É fato que a Lava Jato avançou graças a essas colaborações, mas também é fato que elas se transformaram na tábua de salvação de corruptores.

    Como revelou a Lava Jato, Joesley e outros empresários investiram na corrupção para enriquecer à custa de favores públicos.

    A classe política tem muitos defeitos, mas ela não pode pagar sozinha a conta da corrupção no Brasil.

    Acreditar na tese de que a corrupção foi institucionalizada no governo do PT, que reforçou a Polícia Federal e respeitou a autonomia do Ministério Público a ponto de ser vítima dessas medidas, é desconhecimento histórico do que se passou durante séculos no Brasil.

    O PT se confundiu com a corrupção e paga o preço por esse erro.

    As delações são, sim, um ótimo instrumento de combate à corrupção, mas não podem ser usadas para que um lado do sistema corrupto demonize a classe política, como se ela não tivesse feito coisas boas no país.

    Não é justo, porque o Brasil teve avanços graças a grandes consensos políticos a fim de derrotar a ditadura militar de 1964, vencer a inflação e criar um colchão social para proteger os mais pobres, por exemplo.

    https://goo.gl/pffhWX

  6. Lava Jato, corrupção, presos, tudo me faz lembrar
    O processo de Kafka que acordar pela manhã é preso e sujeito a um processo por crime que ele desconhece. A gente vê motorista de taxi contando conversas sobre fulano, como o Grande Irmão dono da verdade. Tá danado!

  7. Quem ainda manda no Brasil são os bandidos mesmo:

    “O tráfico de drogas ordenou a saída dos cerca de 600 usuários de droga da nova Cracolândia, na Praça Princesa Isabel, e a ida deles para a antiga, na Alameda Cleveland, ambas no Centro de São Paulo. A informação é de agentes públicos de segurança e de representantes do poder judiciário e assistentes sociais ouvidos nesta quinta-feira (22) pelo G1.”

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/trafico-ordenou-saida-de-usuarios-da-nova-cracolandia-para-a-antiga-dizem-agentes-de-seguranca.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *