Era só o que faltava… Paulo Guedes afirma que todo mundo ganha com dólar alto?

Paulo Guedes vira meme após fala sobre empregadas domésticas viajando para a Disney - Montagem/UOL

Fotocharge reproduzida do UOL Notícias

Pedro do Coutto

O ministro Paulo Guedes é o rei de criar confusões para o governo. Depois de se referir à fantasia de que empregadas domésticas viajavam para Disney, sustentou que o dólar mais alto é bom para todos, o que é um rematado absurdo.

Reportagem de Manoel Ventura e Gabriel Martins, em O Globo de quinta-feira, expõe clara e diretamente mais uma enorme falha do ministro da Economia. Em matéria de comunicação política, o titular da pasta é um desastre, acumulando erros em série.

PRÓS E CONTRAS – O dólar mais alto pode ajudar aos exportadores, mas atinge negativamente as importações brasileiras. E atinge mais ainda as empresas brasileiras que possuem dívidas com base na moeda americana. Caso da Petrobrás, que se endividou, principalmente durante o governo Dilma Rousseff.

Portanto, feito um balanço comparativo, a subida do dólar prejudica mais o Brasil do que ajuda no comércio exterior.

Mais uma vez Paulo Guedes atrapalha a articulação política e com isso prejudica a imagem do governo Jair Bolsonaro.

BC INTERVÉM – Voltando a alta do dólar, ontem mesmo o Banco Central interveio no mercado financeiro, colocando estoque da moeda na bolsa de São Paulo, exatamente para conter a elevação do dólar no país.

Como se constata, a subida do dólar não interessa ao sistema financeiro do Brasil, pois se interessasse o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, não teria autorizado a colocação de dólares no mercado justamente para evitar sua subida. Paulo Guedes, assim, terminou sendo apanhado na sua própria contradição.

Impressionante a capacidade de fantasia que o ministro tem quando ingressa no tema salário. Dizer que as empregadas domésticas, com dólar baixo, iam de duas a três vezes por ano a cidade de Orlando, é um exagero completo.

MALUQUICE COMPLETA – Duas a três vezes por ano nem as familias de classe média poderiam desembolsar na viagem de lazer. Basta ver qual o preço que teriam de ter pago para levar seus filhos. Afinal de contas, viajar para a Disney exige um grupo de pessoas com quem dividir as distrações.

Mas existe um outro aspecto envolvendo a questão: o menosprezo acentuado por Paulo Guedes a seguimentos sociais contidos nas menores faixas de renda.

Se não houvesse desemprego e o valor do dólar fosse de 1,80 reais, seria uma descriminação preconceituosa colocada para um setor social que compõe a classe em empregadas domésticas.

TUDO ERRADO – A verdade é ao contrário. Se a situação do país permitisse que as empregadas domésticas viajassem com tal frequência, seria um sinal de que o megadesenvolvimento econômico estava se realizando num ritmo capaz de refletir favoravelmente na estrutura do consumo e na incorporação dos segmentos sociais, que antes não poderiam alimentar esse sonho.

Este é o panorama que Paulo Guedes traçou para tentar apoio no Congresso para seu projeto de reforma administrativa. Que fazer?

A subida do dólar, na verdade, é sempre preocupante sinal de alarme no mar de Brasília.

11 thoughts on “Era só o que faltava… Paulo Guedes afirma que todo mundo ganha com dólar alto?

  1. Aqui no Brasil, a classe média se acostumou a ver Operários (Diaristas) ganhando cinco vezes menos que do que deveriam ganhar.
    Uma Diarista nos EUA ganha U$950,00 por semana. Ela tem condição financeira de passar as suas férias nas praias do Caribe.

  2. Licença…

    1) https://noticias.uol.com.br/colunas/leonardo-sakamoto/2020/02/13/por-que-guedes-fala-tao-mal-de-pobre-psicanalista-christian-dunker-explica.htm?utm_source=facebook&utm_medium=social-media&utm_campaign=noticias&utm_content=geral&fbclid=IwAR3UJy8yE8Nck8QpciCAIv_gOXD6O3iOZAzxlV791KXOgAKVA1PwFxnEY3g

    2) De acordo com a Lei do Retorno, as autoridades que ficam falando mal dos pobres, é bem possível que na próxima reencarnação/renascimento, elas voltem pobres para aprenderem a ser mais simples, mais humildes, mais humanos…

  3. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO opina que nosso Câmbio subindo um tanto, mais prejudica nossa Economia como um todo, do que a beneficia.
    Em outras palavras um Câmbio R$ 4 X 1 US$ Dollar, é mais produtivo para a Economia como um todo, do que a R$ 5 X 1 US$ Dollar.

    Embora não sejamos Especialista, tendemos a discordar nesse Ponto.

    Quando o US$ Dollar sobe:

    PERDEM: Os que tem Dívida em Dollar; os Importadores; As Empresas Nacionais que consomem muito Insumo importado; Os Consumidores de Produtos Importados (China): a Inflação tende a subir, SELIC viés de Alta.

    Quando o US$ Dollar sobe:

    GANHAM: Os Exportadores; Os Industriais;
    Os Serviços Nacionais; o Turismo Nacional. O Balanço de Pagamentos Internacional tende a melhorar.

    Mudanças bruscas no Câmbio são danosas mas uma tendência de alta como agora é benéfica, baseado no seguinte raciocínio: Um Modelo (Nacional-Desenvolvimentista PRIVATISTA com tolerância a Empresa ESTATAL ESTRATÉGICA) funciona melhor com nossa Moeda um pouco Sub-Valorizada, como faz a China nestes últimos 40 Anos.
    Como a Inflação IPCA desde o Plano Real Jul/1994 até Jul/2019 foi de 508%, e o Câmbio Jul/1994 (Plano Real ) partiu de 1US$ Dollar = 1 Real, portanto está atrasado em relação a Inflação de no mínimo 15%, pois 4,35 Reais = 1 US$ Dollar. Estamos com o Real super-Valorizado em no mínimo 15%.

    A nosso ver, está certo o Ministro da Fazenda PAULO GUEDES nesta questão do Câmbio se desvalorizar +- 15%, desde que a transição não seja brusca, mas sim lenta gradual e segura ao longo de 1 Ano. A Economia como um TODO mais ganhará do que perderá.

    Abração.

    • Há equívocos em suas contas. Por exemplo, quando há a desvalorização da moeda nacional e o aumento de preços, como o dos combustíveis, desvalorizam-se os salários e há redução do consumo interno, refletindo no desaquecimento da economia, considerando ainda que com o aumento das exportações a oferta se reduz no mercado interno e o preço dos produtos sobe, alimentando a inflação. Ou seja, a roda da economia gira ao contrário.

  4. KKK até o ano passado a demissão do Posto Ipiranga iria causar uma convulsão neste País, hoje ela causaria uma convulsão mas positiva desta vez. A hora do boçal se livrar deste incompetente está passando, ou o boçal vai esperar que o dólar chegue a 5 por 1? Mexa-se boçal, o tempo urge, enquanto isto o real definha.

  5. Caro Bortoleto;

    O IPCA no Brasil, de Junho/1994 até Jan/2020, subiu 6,22 vezes ( você prefere calcular em percentual ).
    O IPC dos USA, no mesmo período subiu 1,73 vezes.
    O cambio, teoricamente deveria compensar esta diferença de 3,59 vezes.
    O Real partiu de 1,00 e está em 4,33.
    4,33 é 20% maior que 3,59.
    PS : Precisaríamos de um estudo mais aprofundado através de uma cesta de moedas, pra saber se o ponto de partida em Junho/1994, era um ponto equilibrado.

  6. Prezado Colega Sr. VICTOR MARINS,

    Acho que “sua Secretária digitou mal, a minha as vezes também faz isso”.

    IPCA Brasil Jul/1994 até Jan 2020 = 6,22 vezes
    IPC USA ” ” ” ” = 1,73 vezes
    Diferença………………………………….= 4,49 vezes

    O Real a 4,33 ainda estaria abaixo de 4,49.

    Por outro lado, pelo índice do Big-Mac do Jornal The Economist que traduz o Poder de Compra de cada Moeda/País, nos coloca em 7º no Mundo com US$ 4,8 contra US$ 5,67 USA e o mais alto do Mundo Suíça com US$ 6,71.
    Somos o Preço de Big-Mac mais alto do México até o Estreito de Magalhães. Preços Jan/2020.

    O REAL está sobre-Valorizado em +- 15 a 20% sem dúvida.

    Abração.

    • Isso não é piada; é fato.
      Vale lembrar, que quando o dólar começou a subir (variação dólar x real), o Trump se mostrou incomodado, ameaçando corrigir essa vantagem que o Brasil leva com isso, através de impostos em produtos brasileiros.
      E foi bem lembrado (pelo Sr.) que a China faz isso manipulando o cambio a anos.

  7. Caro Bortolloto;

    A minha conta está correta.
    Se os preços no Brasil subiram de 100 para 622 e nos EUA subiram de 100 para 173, a diferença ( a ser ajustada pelo câmbio ) é de 3,59.
    622 divididos por 173, resulta em 3,59.
    abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *