Erros inacreditáveis no ENEM

Helio Fernandes

Não é possível que pelo segundo ano seguido, os equívocos se repitam, a confusão e o tumulto compliquem a vida de milhões de pessoas. As provas devem ser totalmente anuladas, pelo menos o governo tem a chance de uma vez na vida não errar.

Mas como é do seu hábito, estilo e costume, Lula atira no vazio, se atingir alguém já é lucro, no seu “entendimento”. Afirmação do ainda presidente: “Tem gente que não se conforma com o extraordinário sucesso do ENEM”. Ora, presidente, ninguém está contra o ENEM. As provas estão erradas, os alunos não puderam completá-las, o Ministério da Educação reconheceu. Pelo menos uma vez, presidente, por que combater o coletivo quando o erro foi individual, e do seu governo? 

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *