Esportivas, observadas e comentadas

Ferrari: dobradinha

Alonso primeiro, Massa segundo. O pior que poderia ter acontecido ao brasileiro: a contratação do espanhol pela equipe italiana. Vitória fácil, dificilmente Massa reverterá a situação. Schumacher, o maior ganhador de todos os tempos (“não preciso de dinheiro”) ficou em sexto lugar, equivale a vexame. Como acalmar o EGO? Barrichelo e Button, que saudades de 2009.

Fluminense perde o
primeiro ponto para “pequenos”

Passada a fase extraordinária da permanência na Série A, (ninguém acreditava, muito menos eu) parece que acabou o gás. Contra o América, um empate injustíssimo. O América merecia vencer, e facilmente.

O dinheiro do petróleo
pelo menos ajuda o esporte

É uma das maiores desigualdades do mundo: só existem muito RICOS e muito POBRES. Não há classe média. Esbanjam dinheiro. No tênis pagam por fora (como se fossem partidos brasileiros) para os 4 primeiros do ranking comparecerem. Ontem, Campeonato Mundial de Atletismo e Fórmula 1.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *