Esportivas, observadas e comentadas

Este repórter há 9 dias: Nadal não será campeão

Não adivinho nada. Apenas análise, observação, constatação, conhecimento. 70 dias parado, tendinite no joelho. Voltou em Toronto e Cincinati, ele mesmo previu: “Se chegar às quartas, excelente”. Não chegou.

O Aberto dos EUA

No primeiro jogo, fisioterapeuta para o tornozelo. No segundo, para o abdômen, passou o tempo massageando o local. Ganhou de Gonzalez com dois sets no tiebreak. Contra Del Potro, 6/2,6/2,6/2. Quer dizer, duas quebras em cada set. Quase sempre em 40/0 ou 40/15, o adversário operava a reviravolta. Numa delas, em 30/40 Nadal fez dupla falta.

Cumprindo tabela

Expressão corporal penosa, de dor e sofrimento, demonstrando cansaço, não ia nas bolas, tudo ao contrário do que foi chamado de “touro miura”. Nem se diga que Del Potro seja épico ou invencível. Foi Nadal que perdeu. Tenho que insistir: não adivinho, embora esteja sempre acertando, no esporte, política, economia. Sou aplicado, independente e sem compromissos.

Rebaixamento anunciado e infalível

O Sport confirmou sua ida para a Série B, desde a 15ª rodada. O Flunimed desde a 18ª. Quer dizer, o Flunimed, se vencer 9 jogos e empatar 2, ainda pode “brigar” para ficar na Série A.

Barrichello, aos 37 anos: a segunda sem tirar

Depois de ter ganho em Valência, garantiu que venceria ontem, em Monza. Não negou fogo, quase de ponta a ponta, assustando o “companheiro” Button. Hamilton, com o terceiro lugar garantido, parou (por que?) no meio da ultima volta.

Saudades da Série A

5 clubes lutam e lutarão para não preencherem os outros 2 que se juntarão a Sport e Fluminense em 2010 na Série B. Estão em igualdade de condições.

Os espantosos kenianos

Thessalonica, Grécia. 5 mil metros, 11 finalistas. 7 eram do país. Os três primeiros, lógico, do Kenia, chegaram tão juntos que a medalha de ouro devia ser dividida em três. Centésimos de segundos de “diferença”, o que é isso?

Estacionamento proibido

Palmeiras, Internacional e Goiás, perderam extraordinárias oportunidades de dispararem no G-4. O Goiás então não sai do lugar.

O grande pavor de Nelsinho Piquet

Não é a FIA, Briatore, a Renault, a justiça civil ou criminal. Seu maior obstáculo para continuar na Fórmula 1: os colegas. Quando for ultrapassar alguém haverá sempre a dúvida invencível: Piquet virá para bater? Não é nem problema de Ética e sim de sobrevivência. (Exclusiva)

Ultrapassagem permitida

Atlético de Minas, Grêmio, Santos, Flamengo e Vitória, aproveitaram muito bem o fim de semana. De todos o que teve mais facilidade foi o Flamengo. Como eu disse há 15 dias: não muito perto do G-4, mas totalmente distante do rebaixamento.

Federer pode ser campeão

Agora, segunda-feira. Ontem venceu Djokovic, hoje enfrenta Del Potro. Nenhum favorito, mas o número 1 tem mais categoria.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *