Esportivas, reluzentes, esfuziantes, mas não fascinantes

1. Há dias, observei: a série A, em 2010, pode ter 2 “grandes”: Vasco e Botafogo.

2. Peço desculpas: podem ser três, acrescentem o Fluminense, que desce em alta velocidade.

3. Parreira garante: “Não peço demissão, não serei demitido, vão chegar reforços” Ha! Ha! Ha!

4. Em 2006, a seleção brasileira era (ou se julgava) favoritíssima, nem queremos lembrar do fiasco.

5. A “tática” do Parreira é ficar no limite do treinador, batendo palmas e gritando: “Vamos, vamos”. É a sua capacidade de incentivo.

6. Os árbitros continuam insensíveis e insensatos. Marcam pênaltis que só eles viram, deixam de marcar pênaltis que todos viram.

7. E o iluminado Ronaldo? É o que digo: quando não faz gol, ninguém vê que está em campo. Ontem ainda levou um justíssimo cartão amarelo.

8. O Corinthians “cansou” de vencer. Ontem levou um passeio do Grêmio. Este fez 3 a 0 no primeiro tempo, desistiu do jogo no segundo.

9. Luxemburgo (enquanto se prepara para o Senado) tem que decidir onde morar. Rio ou Porto Alegre?

10. Ah! Pode voltar à Vila Belmiro. Perder de 6 a 3 não consola nenhum treinador.

11. E o palmeiras, hein? Com um interino, ainda não perdeu. E subindo para o G4.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *