Esposa de Eduardo Bolsonaro diz que casal vive “perrengue” com salário de R$ 33 mil

Nora de Bolsonaro diz que “faxina” própria casa para economizar

Lucas Pestana
Correio Braziliense

Nas redes sociais, a psicóloga Heloísa Bolsonaro, casada com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), fez uma espécie de desabafo para desmentir o que ela chamou de “glamourização da vida política”. “Quero que vocês entendam que não é esse luxo. A gente não fica andando de iate e barco à toa, de jatinho, de primeira classe. A gente passa muito perrengue também”, disse em uma série de vídeos no Instagram.

A psicóloga, que no vídeo diz não trabalhar atualmente, vive com o marido, que recebe, como deputado federal, salário bruto de R$ 33.763, teto do poder legislativo, sem contar benefícios a que tem direito, como auxílio-moradia (no valor de R$ 4.253) ou apartamento funcional.

“PRIORIZAR GASTOS” – Na sequência de vídeos Heloísa Bolsonaro, conta que a vida política não os deixa faltar nada, mas que é preciso priorizar os gastos. “A gente investe muito em viagens, nosso maior investimento de dinheiro é sempre esse. Eu também faço escolhas, como vocês. Esses tempos, eu fiz a unha, era uma francesinha por R$ 60. Achei caríssimo. Não que o valor da manicure não mereça. Tudo bem, é o trabalho dela e ela põe e preço que quiser, mas eu acho caro pagar isso”, disse.

Em outro momento, ela revela que faz faxina em casa. “Às vezes eu faxino minha casa porque não quero gastar naquela semana. O salário do Eduardo é muito bom… eu não estou trabalhando, mas estou me reerguendo e quero muito voltar a trabalhar, preciso sentir isso de ter uma independência financeira”, explicou.

MODÉSTIA NO HAVAÍ –  Heloísa também lembra da virada de 2017 para 2018, quando o casal passou no Havaí. “Quando a gente vai pros Estados Unidos, economiza. A gente foi pro Havaí, mas nosso almoço era US$ 2 ou US$ 3, no mercadinho… ficava até mais magrinha, maravilha”, brincou. “Político é rico se já for de família, se já vem de uma família de bens ou então aplicou e economizou o salário.”

Segundo a psicóloga, está nos planos do casal juntar dinheiro para o futuro. “É lógico: político, sim, tem um dos salários mais beneficiados do serviço público brasileiro. É um salário maravilhoso. A minha vida e do Eduardo é maravilhosa, não nos falta nada. Mas a gente ainda está se programando para o futuro, pensando em investimentos e acumular bens, porque a gente quer ter uma família e viver confortável. Mas a gente também faz sacrifícios e escolhas. Não podemos fazer tudo o que queremos”, garantiu.

AUMENTO PATRIMONIAL – De acordo com à Justiça Eleitoral, Eduardo Bolsonaro, teve um aumento patrimonial de 432% em quatro anos. Eleito deputado pela primeira vez em 2014, Eduardo declarou naquele ano patrimônio de R$ 205 mil. Em 2018, informou que possui bens em um total de R$ 1,395 milhão, incluindo aplicações e imóveis. É o maior aumento de patrimônio registrado pelos candidatos da família Bolsonaro.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Heloísa Bolsonaro diz passar por “perrengue” com salário de R$ 33 mil do marido, Eduardo

Uma publicação compartilhada por Retratos da Vida (@retratosdavida_extra) em

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGFica até difícil adjetivar a declaração da nora do presidente diante de tantos sentimentos e palavras que se degladiam em uma reação à falta de bom senso. Com milhares de pessoas enfrentando uma crise que se estende há anos, sem saber para onde correr, em um país que não encontrou o seu rumo, e no qual muitos vivem abaixo da linha de pobreza, a moça busca audiência através da falta de pudor em tentar se incluir na fila do pão. A matéria não citou que os parlamentares ainda têm direito a verba de R$ 30.788,66 a R$ 45.612,53 por mês para gastar com alimentação, aluguel de veículo e escritório, divulgação do mandato, entre outras despesas. Dois salários no primeiro e no último mês da legislatura como ajuda de custo, ressarcimento com gastos médicos. Do início ao fim, uma afronta. (Marcelo Copelli)

68 thoughts on “Esposa de Eduardo Bolsonaro diz que casal vive “perrengue” com salário de R$ 33 mil

  1. Coitada da moça. Quase chegou a Washington. Agora nem navegar à toa no Paranoá ela pode.
    Aposto que têm muito desempregado folgado que vai nadar todo final de semana nas prainhas do Lago sem se preocupar com contas para pagar.
    Imagino que num futuro distante todas essas injustiças possam ser projetos legislativos de avaliação para a implantação de possíveis melhorias.

  2. O ALTISSIMO SEJA LOUVADO…SEMPRE ..

    Eu pregunto aos 60 milhões que deram seus votos ao pai deste degenerado de alma (Eduardo ) … Cuja esposa nos brinda com essa assertiva medonha e afrontosa.. Como vcs se sentem agora vendo tudo isso que se passa quando sabemos que o que essa degenerada sem alma fala é o que TODA familia pensa ?

    Cada dia somos prendados com pérolas iguais a essa, e demais situações bem elencadas pelo Sr. Marco em seu PS…no fim desta noticia .

    Tempos estranhos e malignos ..agora afrontosos.

    YA SEJA LOUVADO SEMPRE .

    Salmo 103 a todos

  3. Como se dizia antigamente: chorando de barriga cheia. Isso é próprio da elite perversa, que não são capazes de se emocionar com a miséria do povo brasileiro.

  4. Lucas Pestana demonstra o tipo de reportagem que qualifica um bom ou mau profissional.
    Neste caso, em tela, um profissional tendencioso, parcial, maldoso, e péssimo jornalista!

    Existem quase 600 parlamentares no antro de venais, vulgo congresso nacional, e seria somente a esposa do Eduardo que se apresentaria dessa forma, alheia à realidade nacional?!

    Não vejo nada útil e informativo esse modo jornalístico de se criticar alguém indiretamente ou, pior, mediante declarações obtidas das mulheres dos parlamentares que vivem mesmo em outro patamar, e muito acima daquele que o povo possa imaginar!

    Em consequência, uma esposa jovem, inexperiente, deslumbrada com a posição do marido e, ainda por cima, nora do presidente, quis dizer que cuida da sua vida, que apesar do salário de deputado, ela passa por uma que outra “perrengada”.

    Não acredito que tenha tido a intenção de insultar o cidadão brasileiro, creio que não.
    Por mais dondoca que seja, esta moça não seria tão soberba, arrogante e prepotente com a população.

    Se a intenção do Mediador foi a de causar impacto e raiva com este artigo, comigo aconteceu o contrário, ou seja, deploro a postagem por entendê-la desnecessária, maldosa, e que nada traz de aproveitável para o momento atual as declarações da mulher do deputado federal Eduardo Bolsonaro.

    Se ela vive “apertada” com mais de 30 mil por mês, que organize melhor o seu orçamento doméstico, agora, a questão que deveria ser levantada e discutida deveria ser com relação aos altos proventos dos parlamentares!!!!

    Não é a esposa do Eduardo que despreza o pobre e miserável, mas o congresso, que, ainda por cima, rouba, explora e manipula o povo.

    A mulher do parlamentar quis ser verdadeira e autêntica nas suas declarações, independente da sua falta de experiência em não se dar conta do que disse e suas implicações.

    Logo, acusá-la de, “a moça busca audiência através da falta de pudor em tentar se incluir na fila do pão.”, sinceramente, trata-se de uma conclusão muito aquém da capacidade profissional do Redator, que tem se mostrado competente quando substitui Carlos Newton.

        • “Lula é cachaceiro”

          “Lula é ladrão”

          “Lula é o maior criminoso que já passou por este planeta”

          “Lula é o o líder da maior quadrilha que já assaltou este país”

          “Lula quebrou a Petrobrás”

          “Lula quebrou o país”

          Esses são os discursinhos prontos que as viuvinhas Lula ao contrário adoram zurrar por aqui e por aí…….

          Mas os quadrúpedes se “esquecem”, convenientemente, que com todos esses “atributos” de Lula, usa-lo como papel higiênico para passar pano para seus políticos de estimação significa nivelar a pocilga Brasil né, quadrúpedes?

    • Tem que focar no principal sem perder o foco nos demais e o repórter, a meu critério, fez o que devia ser feito. A postagem foi realizada pela própria esposa do Eduardo que é “psicologa formada” – imagine se não fosse!

  5. Só fofoquinhas.

    Quando essa imprensa vai deixar de ser o pior tablóide do planeta?

    Assim não dá , editor.

    Quando coloquei um artigo do Instituto Mises, que se dedica a mostrar a eficiência do capitalismo verdadeiro, até com críticas a muitos países que se dizem de direita, vc o corta.

    O Instituto Mises tem mais de 50 anos. É sério, apartidário.

    Desenhando: o Instituto Mises existe para contribuir para uma sociedade rica e não pobre e não para fazer política. Se dedica à economia.

    Quem não sabe que o dinheiro é que resolve a boa sobrevivência, então vá a países socialistas e até em alguns com governos de direita.

  6. Na mesma linha criativa e realista de Carlos Newton, Marcelo Copelli disse tudo em poucas e suficientes linhas. Nada mais a acrescentar. Copelli retratou, com talento e engenhosamente, a realidade, que foi escondida e a que foi exposta pela moça “reclamante”.
    Também é duro ouvir o presidente do STF dizer “suspendo a sessão para o almoço”. Ou “suspendo a sessão por causa do avançar da hora” (isso, por volta das 18:30h). Ou, ainda: “Suspendo a sessão em razão de compromissos que teremos mais tarde”. Como se o compromisso primeiro e único dos ministros não fosse julgar os processos.

  7. O significado de perrengue para a esposa do Eduardo, deve ser nadar.em.dinheiro.
    Muita gente apostou em um novo Brasil mas o que se vê é isso aí.
    Mas, convenhamos, muito melhor Bolsonaro do que Hadad.
    Caso o poste de luiz Inácio vencesse as eleições, a situação seria pior.

  8. Mario Jr.,
    eis um estudo sério sobre a comparação do capitalismo praticado em alguns países da Ásia e da AL. Concordo com ele, mas admito que é um caminho difícil. O instituto Mises prega o liberalismo que não dá certo. Assim como o capitalismo excessivamente estatal. Mas leia. Os fatos corroboram a tese. https://arxiv.org/pdf/1701.03770

    • O Instituto Mises não prega. Apenas aponta falhas dele quando mal aplicado. Inclusive critica os EUA, mostrando suas falhas ao tentar regulamentar demais a atividade produtiva.

      José Vidal, vc tem que entender que quando um burocrata do estado se mete em qualquer atividade, seja ele pertencente a governos de direita ou esquerda, ele mais atrapalha que ajuda.

      Um exemplo: o México, Cuba e até o Brasil cujos governos se meteram na atividade dos jogos de azar os proibindo, perderam bilhões de dólares em receita.
      Voce quantos bilhões de dólares correm em Las Vegas ou Mont carlo?

      Não é melhor os governos arrecadarem dinheiros assim e usá-los na boa educação, do tipo: ‘cada um é responsável por si e que não espere o estado para fazê-lo na sua vida pessoal?’

      Vidal, onde rola dinheiro, um mendigo tem roupa, abrigo e come bem como nos EUA, em que há muitos moradores de rua, por problemas mentais , drogados e até aqueles que gostam dessa aventura.

      • Mario Jr.,, leste o artigo?
        Na AL, os exemplos do Brasil e muitos outros (excesso de dirigismo estatal) e Chile (excesso de liberalismo que não é inclusivo) não deram certo.
        Portanto não concordo com muitas teses do instituo Mises. E falas dos EUA, mas acontece que lá o governo gasta muito mais em proteção social do que aqui no Brasil.

        • Li, mas prefiro mesmo discorrer sobre o bem estar social, a partir dos resultados visíveis, procurando entender suas causas.
          Assim, exemplificando, pelos números temos um EUA, que apesar dos pesares , é o melhor país do mundo ou o menos pior.
          O estado mais pobre dos EUA é mais rico que a Alemanha.
          No caso da proteção social, eu citei o cinturão de abrigos das cidades dos EUA, em sobra cama, roupa e alimento para quem mora na rua. Mas, isto não é só o governo de lá que pratica, a maioria da população de cultura cristã banca.
          Enfim , como já disse num post lá atrás, onde tem dinheiro até mendigo se alimenta bem. Sem racionamento de comida como em Cuba.

  9. Essa reportagem retrata bem a desigualdade existente no Brasil.
    Acho até que a imprensa foca insuficientemente nesse assunto. Deveria haver muito mais reportagens desse mesmo tema.
    Não é possível que mantenhamos perenemente essa situação de tais disparidades salariais entre servidores públicos em todas as esferas.
    Os privilégios e penduricalhos para algumas castas são injustificáveis.
    Agora falando do geral: no Brasil, proporcionalmente, em geral quem ganha mais, paga menos impostos.
    Como justificar a isenção de impostos para donos de aviões, iates, etc?
    Como justificar a isenção de impostos sobre lucros e dividendos?

    Mas estamos preferindo cobrar a conta em cima do lombo de quem ganha menos, de quem já tem muito pouco para sobreviver.
    Isso sim é corrupção moral, mas ela parece intangível para muitos.

    , .

    • Vamos resumir, José Vidal: este país sempre foi assim, dominado pelo crime na política.
      Aí aparece a esquerda dizendo que vai mudar isso, mas quando no poder piora mais ainda, pois além dos roubos e da corrupção a que ela adere, ainda quer que sigamos o exemplo de Cuba e da Venezuela.

      Enfim, não vejo muita esperança para este país, pois para desmontar este gigantesco e caro estado criminoso e transformá-lo num estado capitalista, que é o que enriquece um país, há um praticamente intransponível abismo.

  10. Eu também sei o que é querer intensamente uma coisa e não poder obtê-la. É triste. Sempre sonhei em ter um Steinway (piano famoso para os incultos); sonhei em morar em Paris e casar com a Brigite Bardot (mesmo coroa ainda deve ser boa), mas nada disso consegui. Hoje moro perto da Lagoa no Rio com o coração vazio de saudades da Cidade Luz que nunca vi.
    Ai, vida marvada.

  11. Observo, surpreso, que antigos defensores das esposas de parlamentares flagrados em roubos, corrupção e demais crimes, sempre tiveram da parte de alguns colegas a solidariedade e compreensão porque mulheres desses envolvidos.

    Não vejo diferença neste caso.
    Se a moça não se deu conta do que disse, certamente não o fez por mal, mas pela sua inexperiência e ser esposa de um parlamentar!

    Leio até mesmo tratados sobre o capitalismo com essa reportagem pífia, e Nota do Redator que, a meu ver, deixou muito a desejar!

    De uma hora para outra essa jovem mulher é a culpada pela pobreza, miséria, desemprego, inadimplência do povo, desespero, desesperança – mas aonde que foi parar o bom senso?!

    Jogar prá cima dessa mulher as injustiças, segregações e criminosas diferenças sociais, MENOS àquelas pessoas responsáveis exatamente por essa disparidade absurda com as vidas dos parlamentares com as sobrevivências da maioria absoluta do povo brasileiro, sinceramente, mas é menosprezar a inteligência alheia!

    Agora, cada um de nós não só é livre para postar o que quiser, como deve considerar uma que outra pergunta em razão da sua mudança de atitude com relação às esposas de quem quer que seja.

    O excelso Dr.Beja, que permanentemente estou ao seu lado, concordando plenamente com os seus artigos quanto comentários, causou-me surpresa ao elogiar o Redator.
    Não que não o devesse ou pudesse, longe disso, mas porque deixou de compreender o deslumbramento da moça e a sua inexperiência absoluta em face da idade, contribuindo e concordando em colocar a guria na fogueira, de modo a queimar as suas vaidades e soberba, possivelmente.

    A menos que me digam, mediante argumentos sólidos e verdadeiros, e não sofismas e falácias, que esta postagem foi útil para apresentarmos sugestões de melhorias para o povo pobre e miserável, desempregado e endividado, então vou aplaudir delirantemente a conclusão do Redator, e me penitenciar pelo erra clamoroso que cometi.

    Mas, até lá, lamento profundamente os comentários tão ácidos e desproporcionais contra essa mulher, esposa de um parlamentar, assim como poderia ser de qualquer pessoa.

    Se até a dª Marisa, falecida esposa de Lula, a mulher de Eduardo Cunha, ex-jornalista, eu não as acusei de nada, e tive o apoio de pessoas muito importantes que fizeram o mesmo, decididamente a minha surpresa, agora, com a mudança de comportamento quanto a essas declarações sem qualquer importância no cenário político e social do Brasil, diferente dos anteriores!

    Enfim, afirmo a todos que o ódio ainda não habita o meu coração, mas me deixa revoltado e indignado a injustiça, exatamente a minha constatação com esta reportagem e a Nota do Redator, afora muitos comentaristas que mudaram radicalmente suas posições!

    • O ALTISSIMO SEJA LOUVADO ..SEMPRE ..

      Prezado FB …sejas coerente …meu caro amigo . O que o Sr. Marco registrou foi simplesmente magistral ..meu caro, pare com partidarismo, o PT , já era , agora quem está ai está seguindo uma linha tão canalha quanto foi a era PT, meu nobre ..e olhe que fui eleitor do PT.
      Vc escreve que estão tentando “maldizer” o Degenerado do Sr. Eduardo, cuja esposa fala bobagens ..sem se dar conta que com seus escritos acirra-se mais ainda a divisão social de nossa pátria, pois sendo quem é devia é primar por sobriedade e respeito para com aqueles que vivem com muito menos, na verdade amigo isso já é da familia..o que mesmo ? Menosprezar as pessoas..ridicularizar os demais irmãos Brasileiros, e finalmente efetuar deboches contra os mais pobres e desvalidos .

      Puxa FB …sejas mais coerente com sua Cosmovisão.Se não deixa transparecer que vc não confirma suas palavras…e com isso torna um mero camaleão.
      abços.

      YA SEJA LOUVADO SEMPRE …

      SALMO 103 A TODOS .

      • Observo que tens me patrulhado, Jesus.
        Tuas críticas são invariavelmente dirigidas a mim, que não tenho problema algum em recebê-las, ler, e decidir se respondo ou não.

        Neste caso, apenas deixei a minha posição sobre as esposas dos envolvidos em crimes ou quando mulheres de parlamentares cometem um que outro deslize pelas declarações publicadas.
        Culpá-las pela arrogância, soberba, prepotência ou falta de sensibilidade pela situação nacional, a meu ver soa demagógico, inoportuno e inadequado.

        Definitivamente não resolveremos tais disparates atingindo quem usufrui do salário do marido ou companheiro ou esposa do parlamentar, mas exigindo mudanças no sistema salarial e de concessões a regalias e mordomias, auxílios e indenizações pessoais que goza o parlamento.

        Mais a mais, Jesus, a tua interpretação ou conceito da tal Cosmovisão que tanto salientas, foge completamente à realidade do povo e país, cujos mundos são diferentes, antagônicos, dificultando sobremaneira que o cidadão seja alvo da consideração governamental por causa de suas necessidades.

        Assim, despejarmos caminhões de pedras em cima da mulher do Eduardo é algo patético, sem sentido, sem qualquer objetivo prático.

        Mas esta é a minha maneira de entender essa questão, e dela não me afasto porque não li nada a respeito que me fizesse mudar o meu entendimento sobre o que disse essa moça.

        Agora, se o tema postado fizesse uma crítica ampla, abrangente, a respeito da vida nababesca que se concedem através de leis elaboradas no sentido de enriquecê-los e protegê-los, e mantê-los cada vez mais impunes sobre os crimes praticados, eu seria o primeiro a aplaudir, mas não dessa forma.

        Por outro lado, Jesus, o incoerente não sou eu, porém aquele que não consegue tecer uma frase sem colocar o nome de Deus, até mesmo para ofender e insultar quem não gosta ou não simpatiza.

        Se os meus escritos lidos por meia dúzia de pessoas – e olhe lá – acirram a divisão social da nossa pátria (sic), decididamente estás me adicionando uma importância muito maior que os três poderes constituídos têm consigo!

        Ou exageraste de maneira até mesmo ridícula dons que não tenho ou, então, queres transformar um assunto sério, apesar da sua nulidade, em piada, e comigo.

        Se pudesses pensar um mínimo que fosse, terias te dado conta da asneira que publicaste com esta frase, e me responsabilizando – eu, somente, e mais ninguém!! -, que acirro as diferenças sociais do nosso país!

        Jesus, te orienta!

    • Caro Bendl, certeiro como de costume. Realmente somar com os jornalões no afã de desqualificar a pessoa unicamente para atingir, de fato, o atual governo é lamentável. Tema adequado para conversa de manicures no salão…
      O Brasil está sob nova direção. Tenham decência e não queiram desqualificar a moça por vingança contra seu marido. Parabéns, Bendl, por manter-se firme na trincheira em defesa da razão. Saudações

      • Caro Rodrigo,

        Se as declarações da mulher do Eduardo Bolsonaro fossem importantes à elucidação dos problemas gravíssimos que temos, eu seria o primeiro a concordar com o tema postado e a Nota da Redação.

        Mas não é, pelo contrário, acirra mais ainda e, de maneira incorreta, a ira contra o clã Bolsonaro.

        E o que mais me deixou decepcionado, diz respeito à omissão de se apontar os verdadeiros culpados pela declaração inconveniente dessa moça, que, inexperiente, jovem, deslumbrada pela posição do marido e nora do presidente da República, quis dar a entender que era organizada no orçamento doméstico, mesmo que seja uma fortuna os ganhos do parlamentar!

        Ora, ora, as baterias deveriam apontar para o parlamento, que se concede salários milionários, mais indenizações imorais e ilegais, mais auxílios financeiros de todos os tipos, além de planos de saúde absolutos, incluindo familiares.

        Um parlamentar não sai por menos de 500 mil mensais, incluindo assessores, carros, motoristas, seguranças, número de funcionários à disposição no congresso, gabinetes, água, luz, cafezinhos, açúcar, água mineral, refeições …

        Por que se deixar de fora os verdadeiros culpados pelo que disse a mulher de um deles, como se ela fosse o cerne da questão nacional?!

        Mais ou menos, Rodrigo, como culpar o homem pela existência do diabo, se não tivesse sido Deus que o criou!!

        Mais ou menos como culpar a Eva por ter comido a fruta proibida, menos considerar quem a fez alimentar-se do que não devia foi a cobra, a causa da expulsão do Paraíso.

        Em outras palavras:
        Exatamente como o célebre “caçador de marajás”, que declarou que daria um tiro certeiro na inflação, mas acertou o povo, o inocente!

        Sabe, meu caro, causa-me espécie que não nos damos conta do quanto é falha e ridícula a nossa pontaria!
        Então culpamos a arma!

        Um forte abraço.
        Saúde, muita saúde.

  12. A inutilidade quis passar-se “por uma do povo”, para ajudar a família de selvagens a fazer-se admirada pela frugalidade da vida que leva. A evolução patrimonial de todo o desprezível clã que o diga.

  13. Que tal um movimento para cortar em 50% o salário de TODOS os parlamentares do país como foi feito no Chile?
    E de quebra colocar este valor como TETO INTRANSPONÍVEL para o judiciário inclusive?
    Quem coloca o guizo na hiena?

  14. “Guarde o equilíbrio. Paixões e desejos desenfreados são forças de arrasamento na Criação Divina”
    ——-
    “Semeie o amor. Pense no devotamento daquele que nos ama desde o princípio.”

    ——-

    “Não lhe doa a acusação indébita. Você pode realizar muitos planos valiosos, em contraposição aos acusadores gratuitos”.
    ————-

    “Lembre-se de que o mal não merece comentário em tempo algum.”

    ( Chico Xavier)

  15. “Não julgueis, para que não sejais julgados.
    Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

    E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
    Ou como dirás a teu irmão:
    Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?

    Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.”

    Mateus 7:1-5

  16. Aleluia, Carlos de Jesus, Aleluia, Béja, Aleluia, Luiz Francisco!
    Aleluia aos homens de boa vontade.

    “Não faça de suas mãos lanças para lutar sem proveito.
    Use-as na sementeira do bem”

    (Chico Xavier)

  17. “Ajude com suas orações todos os irmãos:
    -Que jamais encontram tempo ou recursos para serem úteis a alguém;
    -Que se declaram afrontados pela ingratidão em toda parte;
    -Que trajam os olhos de luto para enxergarem o mal, em todas as situações;
    -que devoram precioso tempo dos ouvintes, falando exclusivamente de si;
    – Que desistem de continuar lutando na luta humana;
    -Que se acreditam emissários especiais e credores dos benefícios de exceção”

    ( Chico Xavier)

  18. Mas o profeta que tiver a presunção de falar em meu nome alguma palavra que eu não tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conheceremos qual seja a palavra que o Senhor falou? Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás.
    Deuteronômio 18:20-22

    Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos; porém a árvore má produz frutos maus. Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
    Mateus 7:15-20

    Rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a Cristo nosso Senhor, mas ao seu ventre; e com palavras suaves e lisonjas enganam os corações dos inocentes.
    Romanos 16:17-18

  19. Minha cueca tava lavada
    Foi um presente que eu ganhei da namorada!

    YOU ARE WHAT YOU “IS”

    Lurdinha surtando, Bendl despirocando que nao pode ver uma loira….
    O nome dessa mulher se resume no que é e no lugar em que está:. Praga….

    PRAGA ATRÁS DE PRADA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *