“Está aberta a avenida para privatização da Petrobras”, adverte o general Silva e Luna

No comando de Itaipu, Silva e Luna cortou custos e militarizou empresa

Silva e Luna acordou e agora está contra a privatização

Igor Gadelha
Metrópoles

Presidente da Petrobras até abril, o general Joaquim Silva e Luna avalia que a escolha de Caio Paes da Andrade como novo dirigente da estatal abre de vez o caminho para a privatização da empresa.

“Está aberta a avenida da privatização, se quiserem”, disse o militar à coluna, afirmando que Paes de Andrade é um simplesmente um “preposto” do ministro da Economia, Paulo Guedes, ferrenho defensor da privatização.

GRUPO PRIVATISTA – Caio ocupa a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia. Ele é próximo do novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, também privatista e indicado por Guedes.

Silva e Luna evitou tecer comentários sobre o perfil do indicado, alegando não conhecê-lo. “Tivemos um único contato, para conversar sobre Transpetro, mas não passou disso”, justificou o general.

O ex-presidente da Petrobras avaliou, porém, que só a nova troca no comando não será suficiente para mudar a política de preços de paridade internacional, como querem parlamentares e setores do governo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O general Luna e Silva agora virou nacionalista, mas continua defendendo a política de paridade internacional de preços, uma iniciativa que ressuscitou o monstro da inflação, exatamente quando deveria continuar anestesiado. A opinião desse general não vale a mínima, como se dizia antigamente. (C.N.)  

7 thoughts on ““Está aberta a avenida para privatização da Petrobras”, adverte o general Silva e Luna

  1. Arriaram as calças e se deixarem vendem até a desnaturada mãe pátria, de aluguel e passageira!
    Quem lhes deu essa “autonomia”?
    Só não venham sem “vestir a carapuça” aqui dizer, que foi o povo!

  2. Infelizmente o Brasil tem o governo que merece.
    Não pode ser diferente.
    A grande mídia e agora os(as) influencer fazem a cabeça das pessoas.
    Até de jornalistas que por opção não pesquisam e formam suas opiniões erradas.
    Uma pena que as privatizações são para sempre, amém.

  3. Seria adequado mudarem a decoração da entrada do prédio sede da Petrobrás. Poderiam começar mudando as luzes da entrada , trocando-as por luzes vermelhas , de fraca luminosidade , criando assim um ambiente propicio e adequado ao que acontece lá dentro

    • Generais, praças, policiais, majores, capitães, tenentes, não viraram políticos, viraram foi o país!! Não sou esquerda, nunca fui e nunca serei, mas esse pessoal é a pior coisa que o Brasil já teve, eita safrinha ruim.

  4. O general defende a paridade de preços porque tem ações da empresa e quer continuar ganhando polposos dividendos pagos com os lucros bilionários muito além daqueles antes de 2016, quando a paridade foi imposta e ao povo coube suportar cada vez mais a conta embora o salário mínimo não seja em moeda internacional (euro, dólar.)

  5. Chapolin, o lucro foi desta monta, porque eles pararam de fabricar obras on/offshore aqui no Brasil, criando empregos de qualidade para brasileiros e mandaram tudo para o Sudeste Asiático, lá, eles financiam as construções e depois são ressarcidos com o óleo extraído, e o $$$ que não sai para financiar as construções, fica como lucro.
    No futuro de curto prazo, o óleo extraído paga a conta.

  6. Que seja privatizada o mais rápido possível. Nós, o povo brasileiro, há mais de meio século, somos escalpelados diariamente nas bombas dos postos de combustíveis para sustentar vagabundo apadrinhado por políticos e uma elite de funcionários com salário médio e aposentadoria 10x superior ao do povão.
    Basta!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.