Está em curso um processo de erosão da democracia”, mas não há golpe, diz Barroso

Resultado de imagem para barroso

Barroso ressalva que os militares brasileiros se democratizaram

Gustavo Schmitt
O Globo

Ao analisar a situação econômica e social do país em palestra na capital paulista nesta sexta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso fez um diagnóstico dos problemas da educação. Sem citar diretamente políticos ou ministros do governo federal, Barroso criticou a abordagem de pautas de costumes como o foco dos problemas do ensino brasileiro.

Para o ministro, as políticas públicas devem mirar questões como a evasão escolar no Ensino Médio, o déficit de aprendizagem e a falta de atratividade da carreira do magistério.

ASSOMBRAÇÕES – “Quem achar que o problema da educação básica no Brasil é escola sem partido, identidade de gênero ou saber se 1964 foi golpe ou não foi golpe, está assustado com assombração errada” — afirmou o ministro.

No entanto, Barroso negou que tenha feito qualquer referência política em seu discurso. Afirmou que sua análise parava na conjuntura política de 2018, mas que se tratava apenas de como proteger as instituições num cenário político em que há ascensão de lideranças políticas populistas com aspirações autoritárias.

Para o ministro do Supremo, está em curso um processo de erosão da democracia.

NÃO HÁ GOLPE – “O que há de relevante é que essa crise da democracia não foi produto de golpes. Tem sido causada por líderes populares e populistas eleitos pelo voto. E chegando ao poder, eles vão tomando providências. Concentra-se poder no executivo, persegue-se o líder da oposição, censura-se a imprensa aqui e ali, e empacota-se o Pudiciário acolá. A soma disso leva ao autoritarismo” — disse o ministro.

Apesar do alerta, Barroso assinalou que não vê riscos no país. Ele afirmou que as ditaduras da América Latina sempre dependeram do suporte das Forças Armadas e que este não é o caso do Brasil de hoje.

DEMOCRACIA – “Nos últimos 30 anos, as Forças Armadas brasileiras se democratizaram. Por isso, não vejo risco” — afirmou o ministro.

Barroso também saiu em defesa da reforma da previdência e de uma simplificação tributária. Segundo a visão do magistrado, o sistema brasileiro é injusto e acaba pesando mais sobre os mais pobres.

6 thoughts on “Está em curso um processo de erosão da democracia”, mas não há golpe, diz Barroso

  1. Não há Democracia no Brasil, nunca houve. O que sempre existiu por aqui atende pelo nome de plutocracia putrefata com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia fantasiado de democracia só para enganar a freguesia, forjada pelo sistema político podre, forjado pelo golpismo ditatorial, pelo partidarismo eleitoral e seus tentáculos, velhaco$, protagonizada pela direita, esquerda e centro, dos quais, no Brasil, há 129 anos, somos todos vítimas, reféns, súditos e escravos, fantasiados de cidadãos e cidadãs, conjunto da obra esse que representa o velho que já morreu mas que nem morto, infelizmente, não se rende ao novo de verdade que precisa se estabelecer, tal seja o projeto novo e alternativo de política e de nação, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, rumo à Democracia de verdade, Direta, com Meritocracia Eleitoral.

  2. O plano do governo é destruir o pouco que resta do ensino superior público, o único que faz pesquisas científicas relevantes, e fingir que os diplomas das privadas (que são as lobistas por trás disso tudo) atestam conhecimento, para garantir que sejamos 3o. mundo para sempre.

    Se trata de um projeto de nação de uma elite parasitária que bate continência para os países estrangeiros e que diz abertamente que eles são melhores do que o Brasil. Não é só o presidente. São as pessoas que ele representa.

    A elite só não gosta do anacronismo das olavetes.

  3. Todo muno sabe aqui no rj… que esse ai é um traidor do lula..que o indicou…andava atrás do pt…com a cara mais lavada e cinica …para ser indicado ao stf…e agora posa de bom moço…sabe de nada …um subserviente nato…um nó cego ..abre a boca e só fala asneiras … traidor…devia ao menos ser leal com aquele que o indicou após longa penitência …traira para mim é seguidor de joaquim silvério dos reis …
    YAWHE SEJA LOUVADO..sempre…

  4. Mais um marxista pedante infiltrado no STF. De tudo que o vulturino sinistro falou, destaco essa parte: “persegue-se o líder da oposição, censura-se a imprensa aqui e ali”. Pergunto: quem é o perseguido líder da oposição? quem foi que censurou a imprensa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *