Estado Islâmico afirma ter queimado vivo o piloto jordaniano

Estado Islâmico ameaça matar piloto jordano até ao pôr-do-sol

Jordanianos protestam contra a morte do piloto

France Presse

O grupo Estado Islâmico (EI) publicou nesta terça-feira um vídeo de um homem sendo queimado vivo em uma cela, e afirmou tratar-se do piloto jordaniano capturado após a queda de seu caça F-16 na Síria, em 24 de dezembro.

Maaz al-Kassasbeh realizava ataques aéreos contra posições do EI como parte da coalizão internacional anti-jihadista quando foi capturado.

Em outro vídeo divulgado nesta terça-feira em fóruns islamitas e sites jihadistas, o grupo Estado Islâmico (EI) fez novas ameaças contra a França, afirmando ter milhares de partidários neste país prontos a realizar ataques.

Cercado de outros seis homens armados e mascarados, um jihadista convoca em francês os muçulmanos a atacarem as milhões de pessoas que protestaram em janeiro contra o ataque à revista satírica Charlie Hebdo, que deixou 12 mortos.

No vídeo, o homem encoraja os muçulmanos atacar com facas policiais e soldados para roubar suas armas.

LIBERTAÇÃO DOS DETIDOS

O EI apela todos os muçulmanos da França a deixar o mais rápido possível o país para territórios sob seu controle no Iraque e na Síria, e exige do presidente francês François Hollande a libertação de todos os islamitas detidos, bem como a liberação de seus passaportes para que se juntem ao EI.

O homem, aparentemente jovem e com uma longa barba, afirma que os autores dos atentados na França eram leais ao EI. Como se sabe, a Al-Qaeda na Península Arábica (Aqpa), baseada no Iêmen, reivindicou o ataque contra a Charlie Hebdo, enquanto o autor do ataque ao mercado kasher disse pertencer ao EI.

8 thoughts on “Estado Islâmico afirma ter queimado vivo o piloto jordaniano

      • Quem criou? Os mesmos que amamentaram durante anos e anos Saddam Hussein, que receberam dinheiro do Kadafi e os atraiçoaram, que mentiram sobre armas de destruição em massa, que destruíram depois o Afeganistão, Iraque, a Líbia, criando nesses países caos, e que tentam em vão nos últimos 3 anos derrubar o Assad na Síria, isto é, os Estados Unidos e seus aliados, Inglaterra, França, Israel e seus vassalos Arabia Saudita, Qatar e Turquia. É só ver os uniformes novinhos e bem equipados que esses terroristas mercenários vestem, os veículos modernos que se movimentam, ouvir os sotaques londrinos e parisienses deles em suas alocuções em inglês e francês, tirar-lhes as máscaras e constatar como entram e saem livremente pela fronteira turca. Por acaso os israelenses não tratam seus aliados feridos da Al Qaeda/ Al Nusra em seus hospitais no Golan ocupado até com a presença solidária e pública de Netanyahu em seus leitos ? Destroem tudo através desses mascarados, criam confusão de siglas para enganar a opinião pública mundial, intrigam com religião para demonizar os muçulmanos e tentam debilitar e dividir a região para lá reinarem com imunidade e impunidade. O senador norte americano John McCain já foi até fotografado ao lado de notórios terroristas da Al Qaeda/Al Nusra na região de Aleppo ano passado, ou seja, no interior do território sírio. Além do mais, quem banca política, econômica e militarmente o golpista general Abdel Fatah el-Sisi no Egito, acoberta em foros internacionais sua repressão diária contra o povo egípcio, deu ordens recentemente para que ele fechasse ainda mais o cerco contra os palestinos de Gaza na passagem de Rafah e criminalizasse semana passada a resistência do Hamas, cercada e bombardeada periodicamente desde 2006 pelo colonizador sionista? Ainda tem dúvida?

        • Se “Quem criou e municiou este – assim chamado – ‘Estado Islâmico’ ?” fosse tema de redação, Chamberlain, seu comentário como redação obteria nota 10.
          Suas últimas palavras lembram-me que a filial sionista aqui no Brasil é a igreja evangélica. Há até um “bispo” idiota que pensa que comprar um sutiã na Saara, dividir ao meio e colocar uma das metades na cabeça o faz se tornar hebreu. Quando não precisarem mais dele, dão-lhe um pontapé na bunda.

  1. Agindo assim esses terroristas que se intitulam “Estado Islâmico” acabam conseguindo um efeito totalmente contrário ao que desejam, e cada vez maior.

    Ou seja, conseguem apenas ampliar o lamentável preconceito e a discriminação dos ocidentais perante os irmãos muçulmanos.

  2. “Em religiões ou em ideologias o hediondo encontra justificativas para sua prática” MJV

    Com o advento da mente, o ideal. Com ele sua sistematização nas religiões ou ideologias. A verdade agora é estabelecida por elas e não mais pela natureza que até é criminalizada por elas.
    O bicho pegou. Não tem volta.
    Acabou o paraíso.
    Salve-se quem puder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *