Estados do Nordeste acionam STF contra Bolsonaro e pedem suspensão do corte do Bolsa Família

Corte seria suficiente para atender cerca de 70 mil famílias

Mariana Carneiro e Guilherme Seto
Folha

Os estados do Nordeste acionaram o STF (Supremo Tribunal Federal) para que o governo Jair Bolsonaro (sem partido) suspenda o corte de R$ 83,9 milhões do programa Bolsa Família. Como mostrou a Folha, o governo retirou essa verba do programa para utilizá-la na expansão da publicidade oficial.

No pedido ao Supremo, assinado pelos procuradores-gerais dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte, eles pedem que o governo federal justifique a concentração de cortes no programa na região Nordeste e recomponha o valor retirado para ser usado pela publicidade do governo.

FILA DE ESPERA – A tesourada promovida por portaria de 2 de junho, do Ministério da Cidadania, foi no segmento destinado a atender as famílias carentes da região Nordeste, onde a cobertura foi reduzida e há fila de espera para ingressar no programa.

Considerando que os beneficiários recebem, normalmente, pouco menos de R$ 200 reais, o valor de R$ 83,9 milhões, segundo técnicos do governo, seria suficiente para atender cerca de 70 mil famílias

PODER A WAJNGARTEN – Reportagem publicada pela Folha nesta terça-feira-feira, dia 2, mostrou que a fila de espera no Bolsa Família entre abril e maio superou 430 mil pedidos, e os recursos transferidos poderiam reduzir essa fila. O governo, porém, optou por reduzir gastos sociais e dar mais poder ao secretário de comunicação do Palácio do Planalto, Fabio Wajngarten, cuja atuação tem sido criticada por suspeita de uso político do cargo.

O pedido de corte no Bolsa Família partiu da Presidência da República e foi aprovado pela Junta Orçamentária, formada pelo ministro Paulo Guedes (Economia) e Braga Netto (Casa Civil).

20 thoughts on “Estados do Nordeste acionam STF contra Bolsonaro e pedem suspensão do corte do Bolsa Família

  1. Ouvi no rádio que o presidente foi visitar o Batalhão de Artilharia. Ai, meu Deus, tamos fundidos. O cara é primário demais, é possuidor de uma ignorância acintosa e de um caracter que não desejo para um inimigo.

  2. Que necessidade tinha Bolsonaro de sacar 80 milhões da verba destinada ao Bolsa Família para usar em propaganda oficial!?

    Que motivo descobriu que precisava fazer esta transferência e jogar no lixo esta fortuna?!

    O presidente segue rigorosamente seus antecessores:
    uma vez eleitos pelo povo, entendem que são os proprietários do país, logo, liberados para fazer o que quiserem conosco e a nação.
    Bolsonaro se julga o arrendador do Brasil por quatro anos.

    Se o STF impedi-lo dessa intenção, os ministros do Supremo serão responsáveis por duas questões:
    Recidivar a doença que existe na relação entre os dois poderes;
    recrudescer a diferença havida entre o Planalto e a Alta Corte.

    Caso deixarem Bolsonaro livre, poderão ser acusados de dois problemas:
    ou estão com medo de Bolsonaro ou
    o STF tem receio de intervenção militar!

    Morto por ter cão, morto por não tê-lo!

    Se os governadores nordestinos são tradicionalmente incompetentes e mal intencionados, iguais ao resto de seus colegas desta Federação, evidentemente acertaram na mosca para deixar Bolsonaro uma arara este fim de semana.

    Se a intenção foi de contar com esse dinheiro para mais ainda aumentar seus currais eleitorais, agora mesmo é que vão ficar sem esta verba que auxilia pobres e miseráveis não morrerem de fome.

    Em outras palavras:
    jamais tivemos tantos incompetentes e corruptos nos governando!

      • Espectro,

        O nosso colega F.Moreno disse uma verdade, abaixo:
        caso deixarmos de ser informados quanto à pandemia, quem morre diariamente e aonde, Bolsonaro poderá ser mesmo acusado por um tribunal internacional de GENOCIDA!

        E dessa vez não será como escrevo de Lula, um genocida, que pelos roubos que praticou de verbas e patrimônio público, matou milhares de pessoas através da saúde e segurança.

        Bolsonaro omitindo esses detalhes de fundamental importância à população brasileira e mundial, incorrerá em crime tipificado, pois poderemos aumentar o alastramento do vírus com os dados adulterados do presidente, informando errado e propositadamente sobre como nos encontramos com o COVID-19!

        Incompetente e mal intencionado, Espectro!

        Nessas alturas se, os militares, que são seus assessores e Mourão, seu vice, concordarem com essa decisão, a ditadura militar em 64 será lembrada daqui a alguns anos como o período mais democrático que tivemos!

        Neste aspecto, peço que os comentaristas que são bem mais próximos ao presidente, pois filho de general ou algum parente que tenha um alto posto como militar, venha a público e nos informe se esta medida será mesmo tomada ou é fake news?!

        E, se levada adiante, concordam com ela ou não?!

        Che, o presidente tá doidão!!!

        Abraço, meu amigo.
        Saúde e paz.
        Te cuida, meu!

      • A piada aqui é ver no que deu dois defensores ferrenhos do Bozolado durante o tempo da chegada desse diabo enxofrento escreverem assim…

        E pior, ter o bagrão GM no STF pra nós salvar desse capeta…
        E pior, ter essa escrotidão do Piadinha enchendo o saco!

  3. Estou lendo no Antagonista que o MS modificou o layout do quadro informativo da pandemia, eliminando os dados sobre mortos e infestados. Com certeza o doido tirou do baú de suas soluções bizarras o dito:”o que os olhos não veem o coração não sente” Ele é tão mal assessorado, que não foi avisado que oficialização de uma medida de desinformação poderia levá-lo a responder um processo internacional sob a acusação de GENOCÍDIO.

  4. A burrice é tão grande que alguns acham que a subnotificacao é porque estão escondendo os números ou manipulando os mesmos.

    A subnorificação se dá por falta de testes, informação essa amplamente divulgada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *