Estratégia de Dilma é destruir Cunha para evitar impeachment

Carlos Newton

Está em marcha a estratégia do Planalto para destruir o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, para inviabilizar a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Na opinião do chamado núcleo palaciano, se Cunha for afastado da direção da Câmara, o mandato da presidente estará preservado, porque não existem provas materiais do envolvimento direto dela nos atos de corrupção.

Até agora, o Planalto vem levando a melhor, mas o principal problema é que Eduardo Cunha não admite renunciar e continua contando com apoio da maioria dos deputados.

RISCOS DA ESTRATÉGIA

A estratégia do Planalto está sendo bem-sucedida, Cunha vai ter de se virar para escapar da condenação no Supremo, caso Fernando Baiano confirme as acusações de Júlio e fique provado que o deputado recebeu propinas por meio de pagamentos no exterior, entregas em dinheiro em espécie, simulação de contratos de consultoria, com emissão de notas frias, e até transferências para igreja vinculada a Eduardo Cunha, sob a falsa alegação de que se tratava de doações religiosas, vejam como vai longe a criatividade dos políticos.

Mas a estratégia pode fracassar se ficar demonstrado que a campanha de Dilma recebeu mesmo doações ilegais, conforme afirma o empresário Ricardo Pessoa, ou se o TCU considerar irregulares as pedaladas fiscais que Dilma continua aplicando ainda hoje, na maior desfaçatez, para burlar a Lei de Responsabilidade Fiscal. Se acontecer uma dessas hipóteses, o presidente da Câmara, mesmo debaixo do bombardeio do processo no Supremo, poderá cumprir tranquilamente seu dever de abrir o processo de impeachment da presidente da República, para mandá-la ao espaço. Como diria Roberto Carlos, Cunha é fera ferida, no corpo, na alma e no coração.

Este é o quadro, hoje. Amanhã poderá piorar.

16 thoughts on “Estratégia de Dilma é destruir Cunha para evitar impeachment

  1. Concordo com José Muniz, entre o sistema mafioso do PT e Eduardo cunha, fico com
    o Cunha., além disso, denunciado não quer dizer culpado e se Cunha conseguir o
    impeachment da Dilma, ainda que realmente tenha levado os 5 milhões, merece ser
    perdoado. Lembre-se que Jesus perdoou o bom ladrão.

  2. Que situação chegamos Sr. Newton,
    Mesmo o Talebanjeguis eduardo cu-nha ser ladrão corrupto há muito tempo, vem desde o primo do marco aurelio roubando o erário público, ele vale muito, pois está contra o desgovierno da Petebrás……..
    As pessoas já foram mais honestas…..
    Inversão total de valores.

    Vou contar mais essa piada pronta na Terrinha do Seo Manuel das Tamancas
    eh!eh1eh

  3. Que situação chegamos Sr. Newton,
    Mesmo o Talebanjeguis eduardo cu-nha ser ladrão corrupto há muito tempo, vem desde o primo do marco aurelio roubando o erário público, ele vale muito, pois está contra o desgovierno da Petebrás……..
    As pessoas já foram mais honestas…..
    Inversão total de valores.

    Vou contar mais essa piada pronta na Terrinha do Seo Manuel das Tamancas…
    eh!eh1eh

  4. A estrategia de capturar Renan, anunciar na Globo, e o dividir o congresso e alugar a opiniao publica para enfraquece-los ainda mais.

    Outra estrategia e a camuflagem e o incomodo.

    Dezenas de “cinquenta reaus” cervaram transeuntes cansados, que retornavam dos seus trabalhos, impedindo a sua passagem, ontem a noite.

    A tatica petista chavista e incomodar e aparecer, passando a sensacao de que dormimos no Brasil e acordamos na Venezuela.

    Por toda a ausencia e incompetencia regulatoria e de fiscalicao, nao temos security contra a intervencao ilicita.

    Apertem os cintos, escondam suas carteiras. Vivemos o terror de um arrastao no terrestre busao. Esses maus politicos sequestraram o aviao.

  5. Newton que mal lhe pergunte, voce é ancião da Assembleia de Deus?
    Eduardo Cunha aprendeu a roubar na Furnas de Fernando Henrique,cuja lista, que so tinha lideres e presidentes de partidos, que apoiavam o FHC foi esquecida pela midia corrupta e companheira.
    Hoje so o DEm e Psdb dão apoio integralao Fiel ladrão achacador , se ele3 abrir o bico e contar o que fez em Furnas complicará a Republica dos Ladroes dos anos 90, aquela republica que o Paulo Francis falava em milhoes de dolares, dos diretores da Petrobras de FHC e Rennó, em Bancos Suiços.

  6. Newton, o Cunha ainda tem bala na agulha. Veja o que diz a Constituição Federal no art. 53:

    “§ 3º Recebida a denúncia contra o Senador ou Deputado, por crime ocorrido após a diplomação, o Supremo Tribunal Federal dará ciência à Casa respectiva, que, por iniciativa de partido político nela representado e pelo voto da maioria de seus membros, poderá, até a decisão final, sustar o andamento da ação.
    § 4º O pedido de sustação será apreciado pela Casa respectiva no prazo improrrogável de quarenta e cinco dias do seu recebimento pela Mesa Diretora.
    § 5º A sustação do processo suspende a prescrição, enquanto durar o mandato. “

  7. Como disse Helio Fernandes: “se Dilma for derrotada por esse que só pensa em seus cinco milhões (ou 277) e não nos mais de 200 milhões de titulares do poder que exerce por delegação, não merece mesmo terminar o mandato com tamanha incompetência”.

    Por falar no Hélio e no Millor, creio que a alma da Tribuna da Imprensa impressa continua aqui, o outro blog está muito aquem e parece até que é financiado pelos interesses do status quo que abarca o PT. Lá ele não escreve mais, só repetem texto antigos e filtrados pelos interesses dominantes do perfil ideológico parcial de lá.

    Sinto muita falta do Hélio Fernandes. Tem notícias dele? Ele está bem de saúde?

    Uma alma livre e criativa não sobrevive em um meio engarrafado e maniqueísta.

    Por oportuno, venho destacar que fera ferida é uma grande e bela música.

    Mas a politicalha só tem corpo de corvo, não tem alma e nem coração…

    Acabei com tudo
    Escapei com vida
    Tive as roupas e os sonhos
    Rasgados na minha saída

    Mas saí ferido
    Sufocando meu gemido
    Fui o alvo perfeito
    Muitas vezes no peito atingido

    Animal arisco
    Domesticado esquece o risco
    Me deixei enganar
    E até me levar por você

    Eu sei quanta tristeza eu tive
    Mas mesmo assim se vive
    Morrendo aos poucos por amor

    Eu sei, o coração perdoa
    Mas não esquece à toa
    E eu não me esqueci

    Não vou mudar
    Esse caso não tem solução
    Sou fera ferida
    No corpo, na alma e no coração
    Não vou mudar
    Esse caso não tem solução
    Sou fera ferida
    No corpo, na alma e no coração

    Eu andei demais
    Não olhei pra trás
    Era solto em meus passos
    Bicho livre, sem rumo, sem laços

    Me senti sozinho
    Tropeçando em meu caminho
    À procura de abrigo
    Uma ajuda, um lugar, um amigo

    Animal ferido
    Por instinto decidido
    Os meus rastros desfiz
    Tentativa infeliz de esquecer

    Eu sei que flores existiram
    Mas que não resistiram
    A vendavais constantes

    Eu sei que as cicatrizes falam
    Mas as palavras calam
    O que eu não me esqueci

    Não vou mudar
    Esse caso não tem solução
    Sou fera ferida
    No corpo, na alma e no coração

    Não vou mudar
    Esse caso não tem solução
    Sou fera ferida
    No corpo, na alma e no coração

    Sou fera ferida
    No corpo, na alma e no coração

    Sou fera ferida
    No corpo, na alma e no coração

    Se tivesse alguns milhões para torrar acertaria primeiro a minha cara e depois sumiria no mundo. Difícil acreditar que esses feiosos têm tanto dinheiro. O Renan é o único pegador, cabeludão, sorridente e jovial do grupo, mafioso e charmoso, bem ao estivo Al Capone com sífilis, Paulo Maluf o eterno e Sarney cinematográfico, poderoso chefão, exterminador do futuro e highlander, seu substituto natural…

    Vejo o Cunha como uma hiena ou mais ainda como um urubu machucado, prestes a ser devorado por outros carniceiros iguais a ele e não como uma fera ferida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *