“Eu sou o samba, a voz do morro sou eu mesmo, sim senhor”, cantava o genial Zé Kéti

Resultado de imagem para ze keti

O cantor carioca Zé Kéti era a voz do morro personificada

Paulo Peres
Poemas & Canções

O cantor e compositor carioca Zé Kéti, nome artístico de José Flores de Jesus (1921-1999), sentiu a sua carreira começar a deslanchar em 1955, quando o seu samba “A voz do morro”, gravado por Jorge Goulart, pela Continental, fez enorme sucesso na trilha do filme “Rio 40 graus”, de Nelson Pereira dos Santos. “A Voz do Morro” mostra em sua letra que o samba é a única voz valorizada no morro, transformada em um condutor de alegria do Rio de Janeiro para o resto do país.

A VOZ DO MORRO
Zé Kéti

Eu sou o samba
A voz do morro sou eu mesmo sim senhor
Quero mostrar ao mundo que tenho valor
Eu sou o rei dos terreiros

Eu sou o samba
Sou natural daqui do Rio de Janeiro
Sou eu quem levo a alegria
Para milhões
De corações brasileiros

Mais um samba, queremos samba
Quem está pedindo é a voz do povo do país
Viva o samba, vamos cantando
Essa melodia do Brasil feliz

2 thoughts on ““Eu sou o samba, a voz do morro sou eu mesmo, sim senhor”, cantava o genial Zé Kéti

  1. É isso aí, a RPL-PNBC-DD-ME é o samba, é natural é brasileira, e veio para trazer libertação, alegria e felicidade ao país inteiro. Quem diria, hein ? Péricles e Iza apaixonados, pela pessoa errada. Muito pior é a situação do Brasil, dividido em três bandas, a saber: uma apaixonada pelo Bolsonaro (direita) a outra apaixonada pelo Lula (esquerda), e a terceira banda, desde Junho da 2013, à procura de um novo amor que lhe faça feliz para o resto da vida. https://www.youtube.com/watch?v=QX-Rtdvu5zs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *