EUA, Egito, ditadura de 30 anos

Helio Fernandes

Depois de manter, apoiar e financiar o ditador Mubarak, o mundo descobre que é preciso tirá-lo, retirá-lo, enxotá-lo do Poder. A Folha aproveita e dá manchete sobre o caso, mas sem ir a fundo na questão: “EUA pedem fim da ditadura de Mubarak no Egito”.

Desses que aproveitaram a internet para jogar Mubarak no lixo, poucos merecem crédito ou atenção. Um deles, o mais respeitado: Mohamed Elbaradei, Prêmio Nobel, que jamais saiu da oposição, não começou agora.

E o silêncio de Obama? Tem a ver com a fortuna que seu país gastou esses anos todos? É evidente que Obama não tinha nada com isso, estava nascendo. Mas devia ter instruído Dona Hillary Clinton para não dizer as bobagens que disse.

 ***

PS – A Secretaria de Estado, quando fala (sempre foi assim), fala pelo governo e pelo país. Vejam se dá para entender Dona Hillary: “Precisamos de uma eleição livre, justa e confiável para escolher o próximo presidente”.

PS2 – Multidões “pedem, ou melhor, exigem, o fim da ditadura Mubarak”. Não é preciso explicar, mas é imprescindível entender: como conseguirão isso? Uma coisa foi obtida: O filho Gamal não será presidente. Mas é que os militares também não queriam que chegasse ao poder.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *