Ex-mulher de Bolsonaro comprou apartamento por valor 65% abaixo do que fixado pela Prefeitura

Pagamento desperta suspeitas de suposta lavagem de dinheiro

Caio Sartori e Wilson Tosta
Estado

Segunda ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle comprou no ano passado um imvel por preo 65% abaixo do que valia, segundo avaliao do municpio. Em vez de desembolsar o R$ 1,2 milho estipulado pela Prefeitura para clculo do Imposto de Transmisso sobre Bens Intervivos (ITBI) na transao, pagou apenas R$ 420 mil.

O pagamento do valor mais baixo, isoladamente, no irregular. Desperta, porm, suspeitas de suposta lavagem de dinheiro por pagamentos por fora principalmente se aparece conjugado a outros indcios de presumidos crimes. Ela prpria investigada desde 2019.

QUEBRA DE SIGILO – Quando Ana Cristina fez a transao, nove familiares seus j tinham sido alvos de quebras de sigilo na investigao contra o senador Flvio Bolsonaro (Republicanos-RJ) por supostos peculato, lavagem de dinheiro e organizao criminosa. A suspeita que fossem fantasmas quando estiveram lotados no antigo gabinete dele na Assembleia Legislativa do Rio. Eles repassariam ilegalmente a maior parte de seus salrios ao ento deputado estadual, eleito senador em 2018. O parlamentar nega ter cometido ilegalidades. Diz ser vtima de perseguio poltica.

Ana Cristina no passou por medidas cautelares nessa investigao. Mas foi em meio unio com Jair Bolsonaro que parentes dela, de diferentes graus, foram nomeados em gabinetes parlamentares da famlia. No mesmo ms da compra do apartamento na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, ela passou a ser investigada pelo Ministrio Pblico do Rio, em apurao sobre o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), irmo de Flvio.

Carlos no filho de Ana Cristina, mas do primeiro casamento do pai dele. Ela foi chefe de gabinete no primeiro mandato do filho “zero dois” do presidente da Repblica na Cmara Municipal da capital fluminense, iniciado em 2001. Ana ficou no cargo at se separar de Jair Bolsonaro, oito anos depois.

OFERTA DE SERVIOS – O imvel comprado por ela em julho do ano passado fica em um condomnio com ampla oferta de servios, como piscina e pizzaria. Atualmente, como mostrou a revista poca, Ana Cristina tem tambm duas salas comerciais, a casa em que vive a famlia, em Resende, no sul fluminense, e um terreno com a casa onde mora, na mesma regio.

O apartamento da Barra foi comprado no dia 19 de julho de 2019 em negcio oficializado em cartrio no centro do Rio. Obtida pelo Estado, a escritura de compra e venda no detalha como o pagamento foi feito. Diz apenas que o valor de R$ 420 mil j havia sido entregue ao casal que vendia o imvel e o dava por quitado.

Os nmeros citados pelo documento mostram um excelente negcio para Ana Cristina. A Secretaria Municipal da Fazenda da capital fluminense arbitrou para o apartamento um valor de R$ 1.194.191,30. Sobre ele, incidiu o ITBI de 3% R$ 35.825,74. Ana Cristina “economizou” R$ 774.191,30, equivalente a 64,82% do valor oficialmente apontado pelo municpio. Ningum, porm, obrigado a seguir essa avaliao, que feita apenas para que o Fisco cobre o que acha justo para que o Errio no perca dinheiro.

CHEFE DE GABINETE – A segunda ex-mulher de Bolsonaro chefe de gabinete de um vereador em Resende. Localizada s margens do rio Paraba do Sul, a cidade de 131 mil habitantes fica a mais de 160 quilmetros da Assembleia Legislativa e da Cmara Municipal do Rio, onde os familiares de Ana Cristina deveriam trabalhar quando estavam nomeados nos gabinetes. Em vrios casos, eles nem emitiram crach funcional das respectivas Casas Legislativas. Bolsonaro e Ana Cristina tm um filho juntos, Jair Renan.

Com as quebras de sigilos bancrio e fiscal, o MP constatou que os parentes de Ana Cristina sacaram 84% dos rendimentos no perodo em que foram funcionrios no gabinete de Flvio na Alerj. Promotores suspeitam que o esquema de recolhimento de salrios era coordenado por Fabrcio Queiroz. Ele cumpre em casa priso preventiva, com a mulher, Mrcia Aguiar, tambm presa.

INVESTIGADO – O Estado mostrou no dia 24 de setembro que, depois da separao, Bolsonaro e Ana Cristina venderam um terreno de 560 metros quadrados num condomnio em Resende. O negcio foi fechado em 2008 por R$ 38 mil, com o coronel da reserva Guilherme dos Santos Hudson. Ele conhecido do presidente h mais de 40 anos e marido de uma tia de Ana Cristina, Ana Maria de Siqueira Hudson. O coronel investigado tanto no caso Flvio quanto na apurao sobre Carlos.

Outro lado. A reportagem entrou em contato com os antigos proprietrios por e-mail e mensagens em redes sociais, mas no obteve retorno. Procurado, o advogado de Ana Cristina, Magnum Cardoso, no respondeu at a publicao da reportagem.

###
NOTA DA REDAO DO BLOGNo se pode deixar de levar em conta que no Rio de Janeiro a Prefeitura fixa o valor venal abaixo da metade do valor de mercado, porque a alquota do IPTU uma das mais altas do pas (3%), enquanto em Braslia de (1%). (C.N.)

5 thoughts on “Ex-mulher de Bolsonaro comprou apartamento por valor 65% abaixo do que fixado pela Prefeitura

  1. Tenho uma sugesto: em vez de caderneta de poupana que rende pouco, talvez fosse melhor criar uma Caderneta Bolsonana em sociedade com a famlia do presidente. Estou certo de que nossos problemas financeiros estariam resolvidos. Os caras so bons para fazer negcios. Nunca vi igual.

  2. Rubem Gonzalez (via Facebook)

    E O MITO MITOU

    Bolsonaro afirmou que o STF era o cncer do pas, mas para defender a doao das nossas cada vez mais raras riquezas correu para se abraar com Tofolli, que ele chamava de petista e comunista e traidor.

    Agora para completar o saque e mais uma vez defender o rentismo internacional, aquele que transformou o Real a moeda mais merda do planeta em 2020 e a nossa bolsa no pior investimento do mundo ele corre para se aliar a Renan Calheiros.

    Sim Bolsonaro se elegeu para romper – segundo a sua prpria revoluo de goela – com os polticos profissionais e a essa altura do campeonato nada mais justo e coerente que se aliar a Renan Calheiros, um jovem e sonhador poltico nordestino, cheio de ideologia e pronto para lutar at a morte pela soberania nacional.

    A pergunta que eu fao aos palha……errr, quero dizer, aos correligionrios que espumavam pelos cantos da boca e chamando at menstruao de comunista por ser vermelha qual a opinio deles sobre essa grande jogada poltica do seu mito……

    Disserem sobre o assunto meus amigos eleitores do Bolsonaro e grandes caadores de comunistas comedores de criancinhas……

    https://www.facebook.com/rubem.gonzalez.568/posts/378293203351241

  3. Mas quem era desonesta e sonegao milhes? Era D Marisa claro. sempre a mesma coisa: o macaco senta se sobre o seu rabo e acusa o coelho de ter rabo grande.

  4. No vejo crime nisso. Muito pelo contrrio! O que parece subfaturamento, nos negcios das mulheres de Bolsonaro, que, em todas as transaes, elas entram com a RACHADINHA para ganharem bnus!
    O que h de errado nessa compra CASADA?

  5. Realmente a ex-mulher do boal fez um verdadeiro “negcio da China”, comprou um imvel por um tero do valor dado pela prefeitura carioca, sendo que este valor corresponde, em mdia a metade do preo real dos imveis. Assim sendo o boal era casado com um mulher extramente sbia quando se trata de ganhar dinheiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.